País: 
PT Portugal
Nome completo: 
Adolfo António da Luz Calisto
Posição: 
defesa
Data de nascimento: 
Sábado, Janeiro 1, 1944
Topico no forum
14 Messages

Estatísticas do jogador

Equipa Jogos Minutos Amarelos Vermelhos Golos
SL Benfica (Futebol > Seniores > 1966/1967) 2 180 0 0 0
Competição Jogos Minutos Amarelos Vermelhos Golos
Taça de Portugal 2 180 0 0 0
SL Benfica (Futebol > Seniores > 1967/1968) 24 2160 0 0 0
Competição Jogos Minutos Amarelos Vermelhos Golos
Campeonato Nacional 15 1350 0 0 0
Taça de Portugal 4 360 0 0 0
Taça dos Campeões Europeus 5 450 0 0 0
SL Benfica (Futebol > Seniores > 1968/1969) 22 1934 0 0 0
Competição Jogos Minutos Amarelos Vermelhos Golos
Campeonato Nacional 12 1080 0 0 0
Taça de Portugal 8 720 0 0 0
Taça dos Campeões Europeus 2 134 0 0 0
SL Benfica (Futebol > Seniores > 1969/1970) 19 1556 0 0 0
Competição Jogos Minutos Amarelos Vermelhos Golos
Campeonato Nacional 14 1215 0 0 0
Taça de Portugal 2 115 0 0 0
Taça dos Campeões Europeus 3 226 0 0 0
SL Benfica (Futebol > Seniores > 1970/1971) 27 2268 0 0 0
Competição Jogos Minutos Amarelos Vermelhos Golos
Campeonato Nacional 19 1636 0 0 0
Taça de Portugal 7 610 0 0 0
Taça das Taças 1 22 0 0 0
SL Benfica (Futebol > Seniores > 1971/1972) 34 2900 0 0 2
Competição Jogos Minutos Amarelos Vermelhos Golos
Campeonato Nacional 22 1820 0 0 1
Taça de Portugal 5 450 0 0 0
Taça dos Campeões Europeus 7 630 0 0 1
SL Benfica (Futebol > Seniores > 1972/1973) 35 2985 0 0 2
Competição Jogos Minutos Amarelos Vermelhos Golos
Campeonato Nacional 29 2445 0 0 2
Taça de Portugal 2 180 0 0 0
Taça dos Campeões Europeus 4 360 0 0 0
SL Benfica (Futebol > Seniores > 1973/1974) 29 2145 0 0 1
Competição Jogos Minutos Amarelos Vermelhos Golos
Campeonato Nacional 21 1668 0 0 0
Taça de Portugal 4 218 0 0 1
Taça dos Campeões Europeus 4 259 0 0 0
SL Benfica (Futebol > Seniores > 1974/1975) 12 929 0 0 0
Competição Jogos Minutos Amarelos Vermelhos Golos
Campeonato Nacional 10 749 0 0 0
Taça das Taças 2 180 0 0 0
Total 204 17057 0 0 5

Primeiro jogo

11 Jun 1967
Taça de Portugal
Equipa inicial: José Henrique, Paula, Malta da Silva, Adolfo, Jorge Calado, Ferreira Pinto, Diamantino Costa, Santana, Simões, Cavém, Iaúca
Treinador: Fernando Riera

Último jogo

29 Dez 1974
Campeonato Nacional
Equipa inicial: José Henrique, Humberto Coelho, Adolfo, Barros, Simões, Vítor Martins, Toni, Messias, Moinhos, Nené, Móia
Treinador: Milorad Pavic

41865 - Tópico: Adolfo  (Lida 6625 vezes)

Shoky

  • Colaborador
  • ******
  • Mensagens: 166835
  • 02 de Novembro de 2010, 02:26


Nome Completo: ADOLFO António da Luz Calisto
Posição: Defesa Esquerdo
Nacionalidade: Português (Internacional A)
Data de Nascimento: 01-01-1944
Número da Camisola: ?
Pé Preferido: Direito


Épocas ao serviço do Benfica: 9
Total de Jogos pelo Benfica: 205
Total de Golos pelo Benfica: 5
Títulos pelo Benfica:
6 Campeonatos Nacionais (1967/68, 1968/69, 1970/71, 1971/72, 1972/73, 1974/75)
3 Taças de Portugal (1968/69, 1969/70, 1971/1972)

1966/1967
Jogos: 1
Golos: 0

1967/1968
Jogos: 24
Golos: 0

1968/1969
Jogos: 22
Golos: 0

1969/1970
Jogos: 19
Golos: 0

1970/1971
Jogos: 27
Golos: 0

1971/1972
Jogos: 35
Golos: 2 (1 na Liga)

1972/1973
Jogos: 35
Golos: 2 (2 na Liga)

1973/1974
Jogos: 30
Golos: 1 (0 na Liga)
 
1974/1975
Jogos: 12
Golos: 0
« Última modificação: 28 de Janeiro de 2016, 13:38 por Shoky »

Jonny-Venezuela

  • Eusébio
  • ******
  • Viva o Beira Mar!!!
  • Mensagens: 28390
  • 02 de Novembro de 2010, 02:38
Adolfo António da Cruz Calisto. Barreiro. 1 de Janeiro de 1944. Defesa
Épocas no Benfica: 9 (66/75). Jogos: 205. Golos: 5. Titulos: 6 (CN) e 3 (TP)
Outros Clubes: Barreirense, Portimonense e Seixal. Internacionalizações: 15.


                                                         Equipa 1967/1968

Pôs o pé no patamar da glória. Wembley foi a janela escolhida. Adolfo, em meteórico ascenso, parecia uma ilha, só que rodeada de craques por todo o lado. Até se mostrou desembruxado. Pior foi aquele prolongamento, mais George Best, aqui-d'el-rei, o Benfica perdeu a Taça dos Campeões, com o Manchester United, no Maio de 68, que era de festa no outro lado da Mancha.

Mais um produto do vivaz do campo de recrutamento do Barreiro. Luta e futebol, o binómio decisivo. Por isso deu Félix, deu Moreira, deu José Augusto, deu Mário João. Daria Chalana. Como deu Adolfo já no Benfica, para a primeira de 9 temporadas.

Dianteiro nas camadas juvenis, começou a ganhar expressão no posto de lateral direito, apenas se fixando no flanco contrário, depois de Cruz ter renunciado. Adolfo entrou a vencer, ele que havia jogado apenas no Barreirense e no Seixal. Na mega equipa de Eusébio, Coluna, José Augusto, Torres e Simões foi uma limpeza. Uma colecção farta de honrarias. Seis campeonatos e três taças de Portugal haveria Adolfo de fazer constar no cardápios da bola.

Era um lateral do jogo moderno. Versátil, subia no corredor sem constrangimentos tácticos. Com ele, como que vingou un novo fundamento no exercicio da função. A linha divisória da intermediária já não estabelecia a diferença que vai da acção defensiva para a exploração atacante. Foi assim com Adolfo. Um revolucionário.

Na selecção nacional defendeu as cores por 15 vezes. Numa altura em que o vermelho pátrio esmagava o verde e quase fazia inexistir outras tonalidades, Adolfo encontrou na Minicopa, em 1972, no Brasil, o espaço de maior notoriedade. Deixou cartel, como cartel deixaria na campanha europeia que culminou nas meias finais da Taça dos Campeões, com o Ajax, na época a única esquadra suceptivel de barrar a excelência do futebol benfiquista. Eram os tempos de José Henrique e Fonseca; de Artur, Malta da Silva, Humberto Coelho, Rui Rodrigues, Messias, Zeca e Adolfo; Vitor Martins, Jaime Graça, Toni e Simões; de Nené, Eusébio, Artur Jorge, Vitor Baptista, Jordão e Diamantino. Mais, bem mais, que uma selecção Nacional. Como diria o eterno Pinhão, aí que saudades, aí, aí!

Adolfo jogou pela derradeira vez no clube a poucas horas de cair o pano daquele histórico 1974. Deixou quinhão, deixou mérito, deixou responsabilidade, numa das melhores gestações de sempre. E assim justificou o Benfica.



Tópico: Memorial Benfica, Glórias
Autor: Ednilson
Link: http://www.serbenfiquista.com/forum/index.php?topic=22362.0
« Última modificação: 05 de Novembro de 2010, 15:04 por Shoky »

24-7SLB

  • Sénior
  • ****
  • Mensagens: 1783
  • 02 de Novembro de 2010, 02:40
Foi meu treinador nas camadas jovens do Benfica, grande homem, com ele aprendi muito sobre o que é ser benfiquista, tive a honra de puder partilhar com ele grandes memórias dos campeões daquela época, são momentos que vão ficar guardados na minha memória para toda a vida, um privilégio puder ter sido treinado por este senhor, grande mister adolfo!

slbenfica_croft

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 51994
  • 03 de Novembro de 2010, 19:17
Segundo as palavras do meu velho, o Adolfo foi dos melhores laterais que jogaram no BENFICA e mesmo na europa e mto injustamente desvalorizado.

Ainda segundo ele, era um lateral cheio de pedalada, fazia a ala direita ou esquerda com aparente facilidade, com velocidade vindo de trás e bons cruzamentos...um lateral mto moderno que tb aí se destacava dos demais...
« Última modificação: 17 de Setembro de 2011, 14:31 por slbenfica_croft »

slbenfica_croft

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 51994
  • 17 de Setembro de 2011, 02:51
Volto aqui a este tópico quase que a pedido do meu pai, que quando eu era puto, nunca se cansou de elogiar este belíssimo lateral, nas suas palavras.

Ainda hoje diz, que é um crime, ser tão desvalorizado.

Paco Nassa

  • Velha Glória
  • *****
  • Mensagens: 5695
  • 08 de Outubro de 2011, 22:13
Ainda trabalha no Benfica, é actualmente um dos adjuntos dos juvenis B e ainda colabora com o Dep. de prospecção.

Paco Nassa

  • Velha Glória
  • *****
  • Mensagens: 5695
  • 09 de Outubro de 2011, 00:03
Uma rectificação, é da Luz Calisto e não da Cruz.

pcssousa

  • Colaborador
  • ******
  • Até sempre!
  • Mensagens: 73216
  • 13 de Outubro de 2011, 15:22
Aquele a quem o Bola7 persiste em chamar calista... eheheheheh... segundo dizem foi um grande lateral, sim, embora só me lembre de ter visto 2 jogos dele com a camisola do Benfica, gravados claro.

luis.live

  • Eusébio
  • ******
  • Lisboa
  • Mensagens: 20581
  • SL BENFICA
  • 16 de Outubro de 2011, 18:01
do que conheço da história do SL BENFICA nao deve ter havido um lateral esquerdo no SL BENFICA tao bom como ele...

NunoDuarte

  • Capitão
  • ****
  • Mensagens: 4067
  • 28 de Dezembro de 2011, 22:38

Paco Nassa

  • Velha Glória
  • *****
  • Mensagens: 5695
  • 30 de Janeiro de 2012, 12:28
Grande Adolfo!

Zlatan

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 52236
  • 19 de Abril de 2013, 00:11
Já se adiantaram, melhor  :)
« Última modificação: 19 de Abril de 2013, 00:14 por Zlatan »

sardao

  • Eusébio
  • ******
  • Para sempre Benfiquense
  • Mensagens: 51097
  • Sou bom mas o William Carvalho é melhor
  • 19 de Abril de 2013, 00:15
Segundo as palavras do meu velho, o Adolfo foi dos melhores laterais que jogaram no BENFICA e mesmo na europa e mto injustamente desvalorizado.

Ainda segundo ele, era um lateral cheio de pedalada, fazia a ala direita ou esquerda com aparente facilidade, com velocidade vindo de trás e bons cruzamentos...um lateral mto moderno que tb aí se destacava dos demais...

Quote a um post de há 2 anos para dizer:

x 2

Fake Blood

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 25200
  • 03 de Maio de 2014, 15:41


VitorPaneira7

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 8358
  • 28 de Janeiro de 2016, 11:23





Fez parte de uma das melhores linhas defensivas do Benfica com Artur, Humberto Coelho e depois , se não me engano, Rui rodrigues ou Messias.

Adolfo o dextro que foi um dos melhores defesas esquerdos de sempre do Benfica e da selecção, não compreendo como não entrou no livro com o plantel de 26 jogadores quando ele, Angelo e Alvaro deram muito mais que Coentrão.

Hagan obrigava-o a treinar o pé esquerdo , cruzando várias vezes com este no treino, para lhe tornar um defesa esquerdo de raiz.

Hoje apeteceu-me lembrar de Adolfo, um lateral esquerdo que o meu pai gostava bastante e curiosamente apenas outro dextro está a frente dele nas preferências, o Alberto.