63852 - Tópico: SL Benfica BiCampeão Nacional de Pista Coberta  (Lida 12928 vezes)

Carlsberg87

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 22953
  • 20 de Janeiro de 2019, 21:12
Paulo Conceição no tripo!?

Alguns resultados positivos da equipa feminina.

É preciso a Marisa, Marta, Neide e a Lecabela cá para nacional.

pedr0

  • Iniciado
  • *
  • Mensagens: 949
  • 20 de Janeiro de 2019, 21:34
Paulo Conceição no tripo!?

Alguns resultados positivos da equipa feminina.

É preciso a Marisa, Marta, Neide e a Lecabela cá para nacional.

eliana com 16,38m e chuva com um bom regresso sao os meus destaques

o nosso nr 2 é o julio, ainda nao e o mais fiavel dai o paulo ter avancado

Carlsberg87

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 22953
  • 20 de Janeiro de 2019, 21:39
Paulo Conceição no tripo!?

Alguns resultados positivos da equipa feminina.

É preciso a Marisa, Marta, Neide e a Lecabela cá para nacional.

eliana com 16,38m e chuva com um bom regresso sao os meus destaques

o nosso nr 2 é o julio, ainda nao e o mais fiavel dai o paulo ter avancado

O meu destaque é ver a equipa feminina bem mais composta de atletas.

Carlsberg87

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 22953
  • 20 de Janeiro de 2019, 21:46
A equipa feminina para apresentar em Braga tem de ser esta:

100m - Delphine / Tamiris
400m - Rivinilda
800m - Marta Pen / Neide Dias
1500m - Marta Pen
3000m - Dulce Félix / Marta Pen
60m barreiras - Marisa Vaz Carvalho
3000m marcha - Mara Ribeiro
Peso - Eliana Bandeira
Vara - Beatriz Baptista
Triplo - Lecabela Quaresma
Altura - Lecabela Quaresma
Comprimento - Teresa Vaz Carvalho
4*400m - Catarina Lourenço Rivinilda Mentai Diana Afonso Patrícia Silva Marta Pen

Temos de por pressão nas leoas.
« Última modificação: 20 de Janeiro de 2019, 21:48 por Carlsberg87 »

Carlsberg87

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 22953
  • 21 de Janeiro de 2019, 12:06
Masculinos
1 510,50 SLB S L BENFICA
2 504,50 SCP SPORTING C P
3 492,50 SCB S CLUBE DE BRAGA
4 473,50 JV JUV VIDIGALENSE
5 466,00 AJS A C D JARDIM SERRA
6 440,50 MAC MAIA A C
7 437,50 CAS C ATLETISMO DE SEIA
8 436,50 GRECAS GRECAS - VAGOS

Femininos
1 396,00 SCP SPORTING C P
2 389,00 SLB S L BENFICA
3 369,00 JV JUV VIDIGALENSE
4 352,50 AJS A C D JARDIM SERRA
5 347,50 SCB S CLUBE DE BRAGA
6 316,50 GAF G ATLETISMO FÁTIMA
7 304,00 GRECAS GRECAS - VAGOS
8 278,00 ADREP A D R E PALHAÇA

Carlsberg87

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 22953
  • 22 de Janeiro de 2019, 11:22
https://revistaatletismo.com/nacional-de-clubesbenfica-domina-no-dia-do-regresso-de-marcos-chuva-767/

Nacional de Clubes/Benfica domina no dia do regresso de Marcos Chuva (7,67)

Como era esperado, o Benfica dominou o segundo dia do apuramento do Nacional de Clubes, em Pombal, apenas não ganhando uma das 13 provas masculinas (João Fonseca foi desclassificado nos 800 m) e três das 13 femininas. Uma curiosidade: nos despiques diretos Benfica-Sporting, os “leões” tiveram vantagem 7-6 no setor feminino e o Benfica 8-5 no masculino. Os benfiquistas partiram em vantagem, já que sabiam as marcas da véspera dos seus adversários, embora neste apuramento o interesse está apenas em ficar entre os oito apurados para a I Divisão e as duas equipas tinham isso como adquirido. O SC Braga foi a segunda melhor equipa do segundo dia, como se esperava. Resta agora aguardar pela classificação oficial, que deverá ser divulgada esta segunda-feira e determinará a composição das I e II Divisões (8 equipas cada) para as finais de Braga, a 17 e 18 de fevereiro.

A grande curiosidade da tarde foi o regresso de Marcos Chuva, que concluiu uma suspensão de um ano devido a falhas na divulgação do paradeiro para efeitos de controlo anti-doping. O benfiquista ganhou o salto em comprimento com 7,67 (e outro ensaio a 7,65). Outro regresso à pista coberta foi o de Dulce Félix, folgada vencedora dos 3000 m em 9.25,29, naturalmente longe da sua valia. Duas surpresas: os 7,44 da júnior (de 1º ano) Delphine Nkansa, ainda belga, nos 60 m, a escassos dois centésimos do recorde nacional júnior de Lucrécia Jardim… que ela poderá atacar quando se naturalizar; e os 16,38 de Eliana Bandeira no peso, melhor que os 15,46 de Jéssica Inchude, que se limitou a dois ensaios (só um deles válido). A atleta do Benfica bateu o recorde pessoal em pista coberta (15,73), saltando para terceira de sempre, e tem 16,63 como melhor ao ar livre.

No setor masculino, nota ainda para as marcas de Diogo Antunes nos 60 m (6,78), Mauro Pereira nos 400 m (48,5 manuais) e Tsanko Arnaudov no peso (19,23). Uma outra curiosidade: na altura tanto Gerson Baldé como Francisco Barreto passaram 2,06 mas o sportinguista (Baldé) fê-lo à primeira. E, no triplo, tanto Sporting (Tiago Pereira) como Benfica (Paulo Conceição) apresentaram dois especialistas de salto em altura, embora aquele (15,98) se tenha dedicado bem mais ao triplo que este (14,35)…


Carlsberg87

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 22953
  • 11 de Fevereiro de 2019, 22:22
60m Frederico Curvelo vs Carlos Nascimento 7-8
400m Acea Raidel vs Jordin Andrade 8-7
800m João Fonseca vs Paulo Rosário 7-8
1500m Emanuel Rolim vs Davis Kiplangat 7-8
3000m Samuel Barata vs Davis Kiplangat 7-8
60m barreiras João Oliveira vs Rasul Dabó 8-7
5000m marcha Miguel Rodrigues vs João Vieira 7-8
Comprimento Marcos Chuva vs Miguel Marques 8-7
Triplo Salto Pedro Pichardo vs Nelson Évora 8-7
Vara Diogo Ferreira vs Edi Maia 8-7
Altura Paulo Conceição vs Tiago Pereira 7-8
Peso Tsanko Arnaudov vs Marco Fortes 8-7
4*400m Mauro Pereira/Ricardo Santos/Acea Raidel/João Coelho vs Leandro Fevereiro/André Marques/Jordin Andrade/Tiago Horta 8-7
Benfica 98 pontos
Sporting 97 pontos
Será um campeonato decidido ao ponto senão houver desclassificações, lesões, quedas, falsas partidas, queda de testemunhos, etc…
Se o queniano não participar, deve avançar o Paulo Rosário e o Eduard Mbengani e ai as 2 provas serão sem vencedor certo.
Os 800m é a prova com mais incerteza, porque ainda existe o João Peixoto do Braga e no prova lenta tudo pode acontecer.
Altura, o Krost lesionou-se no fds passado, Paulo está fora dela. Tiago Pereira vai ganhar fácil.
Há uns anos ganhamos as 14 provas (200m incluídos) ou seja demos 14-0 ao sporting. Como tudo mudou desde que Brunão chegou a modalidade.
Depois não apresentar equipa na estrada, não admito um falhanço no fim de semana. Se aposta é pista coberta é para ganhar não há volta a dar. Senão começo a pensar que estrutura do atletismo do Benfica tem de levar um safanão.

Bombastic

  • Iniciado
  • *
  • Nice (França)
  • Mensagens: 2529
  • 12 de Fevereiro de 2019, 13:52
60m Frederico Curvelo vs Carlos Nascimento 7-8
400m Acea Raidel vs Jordin Andrade 8-7
800m João Fonseca vs Paulo Rosário 7-8
1500m Emanuel Rolim vs Davis Kiplangat 7-8
3000m Samuel Barata vs Davis Kiplangat 7-8
60m barreiras João Oliveira vs Rasul Dabó 8-7
5000m marcha Miguel Rodrigues vs João Vieira 7-8
Comprimento Marcos Chuva vs Miguel Marques 8-7
Triplo Salto Pedro Pichardo vs Nelson Évora 8-7
Vara Diogo Ferreira vs Edi Maia 8-7
Altura Paulo Conceição vs Tiago Pereira 7-8
Peso Tsanko Arnaudov vs Marco Fortes 8-7
4*400m Mauro Pereira/Ricardo Santos/Acea Raidel/João Coelho vs Leandro Fevereiro/André Marques/Jordin Andrade/Tiago Horta 8-7
Benfica 98 pontos
Sporting 97 pontos
Será um campeonato decidido ao ponto senão houver desclassificações, lesões, quedas, falsas partidas, queda de testemunhos, etc…
Se o queniano não participar, deve avançar o Paulo Rosário e o Eduard Mbengani e ai as 2 provas serão sem vencedor certo.
Os 800m é a prova com mais incerteza, porque ainda existe o João Peixoto do Braga e no prova lenta tudo pode acontecer.
Altura, o Krost lesionou-se no fds passado, Paulo está fora dela. Tiago Pereira vai ganhar fácil.
Há uns anos ganhamos as 14 provas (200m incluídos) ou seja demos 14-0 ao sporting. Como tudo mudou desde que Brunão chegou a modalidade.
Depois não apresentar equipa na estrada, não admito um falhanço no fim de semana. Se aposta é pista coberta é para ganhar não há volta a dar. Senão começo a pensar que estrutura do atletismo do Benfica tem de levar um safanão.

Vai ser sem dúvida uma competição muito renhida. Cada ponto de vantagem será ouro.

Vamos Benfica  :slb2: :slb2:

Carlsberg87

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 22953
  • 12 de Fevereiro de 2019, 14:43
https://revistaatletismo.com/federacao-aperta-as-malhas-a-abusos-de-atletas-estrangeiros/

A Federação acaba de divulgar a lista de atletas estrangeiros em condições de representar os clubes nacionais nos campeonatos coletivos, salientando que não são aceites declarações de residência emitidas pelas juntas de freguesia. Recorde-se que, na época passada, houve atletas a competir sem estarem a residir em Portugal o tempo regulamentar e a Federação fechou os olhos a várias irregularidades. Desta vez, a Federação “apertou as malhas” e, para que não restassem dúvidas, divulgou a lista dos atletas estrangeiros autorizados a representar os seus clubes nos campeonatos coletivos, a começar já pelas finais das I e II Divisões de pista coberta, no próximo fim-de-semana, em Braga.

Listas das quais, no entanto, fazem parte os velocistas brasileiros Gabriel Garcia e Ricardo Souza, acabados de chegar ao Benfica e que em 2018 competiram em provas nacionais no seu país. O que não deixa de ser algo estranho…

Carlsberg87

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 22953
  • 12 de Fevereiro de 2019, 14:44
https://revistaatletismo.com/federacao-aperta-as-malhas-a-abusos-de-atletas-estrangeiros/

A Federação acaba de divulgar a lista de atletas estrangeiros em condições de representar os clubes nacionais nos campeonatos coletivos, salientando que não são aceites declarações de residência emitidas pelas juntas de freguesia. Recorde-se que, na época passada, houve atletas a competir sem estarem a residir em Portugal o tempo regulamentar e a Federação fechou os olhos a várias irregularidades. Desta vez, a Federação “apertou as malhas” e, para que não restassem dúvidas, divulgou a lista dos atletas estrangeiros autorizados a representar os seus clubes nos campeonatos coletivos, a começar já pelas finais das I e II Divisões de pista coberta, no próximo fim-de-semana, em Braga.

Listas das quais, no entanto, fazem parte os velocistas brasileiros Gabriel Garcia e Ricardo Souza, acabados de chegar ao Benfica e que em 2018 competiram em provas nacionais no seu país. O que não deixa de ser algo estranho…

Alguém tem a lista?!

jrr

  • Iniciado
  • *
  • Mensagens: 60
  • 12 de Fevereiro de 2019, 14:53
60m Frederico Curvelo vs Carlos Nascimento 7-8
400m Acea Raidel vs Jordin Andrade 8-7
800m João Fonseca vs Paulo Rosário 7-8
1500m Emanuel Rolim vs Davis Kiplangat 7-8
3000m Samuel Barata vs Davis Kiplangat 7-8
60m barreiras João Oliveira vs Rasul Dabó 8-7
5000m marcha Miguel Rodrigues vs João Vieira 7-8
Comprimento Marcos Chuva vs Miguel Marques 8-7
Triplo Salto Pedro Pichardo vs Nelson Évora 8-7
Vara Diogo Ferreira vs Edi Maia 8-7
Altura Paulo Conceição vs Tiago Pereira 7-8
Peso Tsanko Arnaudov vs Marco Fortes 8-7
4*400m Mauro Pereira/Ricardo Santos/Acea Raidel/João Coelho vs Leandro Fevereiro/André Marques/Jordin Andrade/Tiago Horta 8-7
Benfica 98 pontos
Sporting 97 pontos
Será um campeonato decidido ao ponto senão houver desclassificações, lesões, quedas, falsas partidas, queda de testemunhos, etc…
Se o queniano não participar, deve avançar o Paulo Rosário e o Eduard Mbengani e ai as 2 provas serão sem vencedor certo.
Os 800m é a prova com mais incerteza, porque ainda existe o João Peixoto do Braga e no prova lenta tudo pode acontecer.
Altura, o Krost lesionou-se no fds passado, Paulo está fora dela. Tiago Pereira vai ganhar fácil.
Há uns anos ganhamos as 14 provas (200m incluídos) ou seja demos 14-0 ao sporting. Como tudo mudou desde que Brunão chegou a modalidade.
Depois não apresentar equipa na estrada, não admito um falhanço no fim de semana. Se aposta é pista coberta é para ganhar não há volta a dar. Senão começo a pensar que estrutura do atletismo do Benfica tem de levar um safanão.
Não há Kiplangat. Aqui está a lista de atletas estrangeiros autorizados a participar:
https://www.fpatletismo.pt/sites/default/files/Listagem%20de%20Atletas%20Autorizados%20_0.pdf
Quanto ao alinhamento da equipa, eu preferiria que o Raidel dobrasse 400m + 800m e prescindisse da estafeta (ou não), uma vez que ele ganharia fácil os 800m e a estafeta mesmo sem ele (ou com ele cansado) chega para ganhar.

Carlsberg87

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 22953
  • 12 de Fevereiro de 2019, 14:56
60m Frederico Curvelo vs Carlos Nascimento 7-8
400m Acea Raidel vs Jordin Andrade 8-7
800m João Fonseca vs Paulo Rosário 7-8
1500m Emanuel Rolim vs Davis Kiplangat 7-8
3000m Samuel Barata vs Davis Kiplangat 7-8
60m barreiras João Oliveira vs Rasul Dabó 8-7
5000m marcha Miguel Rodrigues vs João Vieira 7-8
Comprimento Marcos Chuva vs Miguel Marques 8-7
Triplo Salto Pedro Pichardo vs Nelson Évora 8-7
Vara Diogo Ferreira vs Edi Maia 8-7
Altura Paulo Conceição vs Tiago Pereira 7-8
Peso Tsanko Arnaudov vs Marco Fortes 8-7
4*400m Mauro Pereira/Ricardo Santos/Acea Raidel/João Coelho vs Leandro Fevereiro/André Marques/Jordin Andrade/Tiago Horta 8-7
Benfica 98 pontos
Sporting 97 pontos
Será um campeonato decidido ao ponto senão houver desclassificações, lesões, quedas, falsas partidas, queda de testemunhos, etc…
Se o queniano não participar, deve avançar o Paulo Rosário e o Eduard Mbengani e ai as 2 provas serão sem vencedor certo.
Os 800m é a prova com mais incerteza, porque ainda existe o João Peixoto do Braga e no prova lenta tudo pode acontecer.
Altura, o Krost lesionou-se no fds passado, Paulo está fora dela. Tiago Pereira vai ganhar fácil.
Há uns anos ganhamos as 14 provas (200m incluídos) ou seja demos 14-0 ao sporting. Como tudo mudou desde que Brunão chegou a modalidade.
Depois não apresentar equipa na estrada, não admito um falhanço no fim de semana. Se aposta é pista coberta é para ganhar não há volta a dar. Senão começo a pensar que estrutura do atletismo do Benfica tem de levar um safanão.
Não há Kiplangat. Aqui está a lista de atletas estrangeiros autorizados a participar:
https://www.fpatletismo.pt/sites/default/files/Listagem%20de%20Atletas%20Autorizados%20_0.pdf
Quanto ao alinhamento da equipa, eu preferiria que o Raidel dobrasse 400m + 800m e prescindisse da estafeta (ou não), uma vez que ele ganharia fácil os 800m e a estafeta mesmo sem ele (ou com ele cansado) chega para ganhar.


N/REF: SAID_FPA/2019/13
DATA: 11/02/2019
Assunto: Listagem de atletas autorizados
Artigo 6º ponto 2 do Regulamento Geral de Competições
(…) Todos os atletas estrangeiros, filiados na FPA e oriundos de um Estado Membro
da União Europeia, ou de um país com o qual o Estado Português ou a União
Europeia tanha acordos de reciprocidade no âmbito da cidadania (…)
Excetuam-se os atletas que, comprovadamente, residam em Portugal há mais de (2)
dois anos. A comprovação, com força probatória, é feita mediante a apresentação
dos seguintes documentos:
- Título ou cartão de residência válido (…)
Enquadram-se no supramencionado artigo 6º ponto do RGC (com título ou cartão
de residência válidos) atletas abaixo listados:
Aires dos Santos Mendes Rodrigues – COP
Aleida Patrícia Ferreira Mendes – SLB
Braima Suncar Dabó – MAC
Claudino de Jesus Semedo Tavares – JV
Daria Melenyk – SCP
Edivaldo Eduardo Airosa Maciel – GRECAS
Éndril Santos Rodrigues – MAC
Fatumata Balde – SLB
Gabriel Mattos Schaedler – ESCMOV
Kevin Lima Ferreira – JV
Mauro Menezes da Cruz Fonseca – GS
Rinelmo Edmilson Mendes Sami – SLB
Rositinay Castro da Mata – SCP
Samuel Varela Freire – SLB
Tatiana Roberta Amorim Oliveira Aguiar – GRECAS
Wilson Antunes Xavier Martins – JV

Artigo 6º ponto 2 do Regulamento Geral de Competições
(…) Todos os atletas estrangeiros, filiados na FPA e oriundos de um Estado Membro
da União Europeia, ou de um país com o qual o Estado Português ou a União
Europeia tanha acordos de reciprocidade no âmbito da cidadania (…)
a) Não tenham competido em qualquer campeonato dos seus países, há pelo
menos, 12 meses, à data da realização da competição em questão;
b) Não tenham representado a sua federação nacional, há pelo menos, 12
meses, à data da realização da competição em questão.
Enquadram-se no supramencionado artigo 6º ponto 2, alíneas a) e b) do RGC atletas
abaixo listados:
Adalberto Moreira de Oliveira – SLB
Ana Carolina Gomes de Oliveira – SCP
Artur Langowski Terezan -SLB
Axelle Marie Van Hauwaert - CBF
Bruce da Silveira - SCP
Bruno Germano Spinelli – SLB
Djamila Correia Tavares - ACRSD
Ebersom Matucari Silva - SLB
Egner Agilio Semedo Tavares - NLUZ
Enya Shannon O’Driscoll Adão – SCP
Esmeraldino Venâncio Gonçalves Trigo – SLB
Gabriel Aparecido dos Santos Garcia – SLB
Gabriel Silva Garrido de Souza – CBF
Gilson da Cruz Correia Tavares – SLB
João Paulo Galano de Lima – ESCMOV
João Vitor de Oliveira – SLB
Juary do Sacramento Tavares – NLUZ
Kidline da Luz Conceição Gomes – ADREP
Lucirio Francisco Garrido Acosta – SLB
Marco Rodolfo Pons – JV
Mikael Antonio de Jesus – SLB
Milton Hassany – JV
Narcisa Marizol Landazuri Benitez – SCP
Pauline Dayiwende Dondasse – SCB
Ricardo Mario de Souza – SLB
Shalana Paulina West Van Wees – CBF
Sidney Lucas Monteiro dos Santos – NZUL
Tabata Vitorino de Carvalho – SLB
Tamiriz de Liz – SLB
Weverson Sírio da Silva – JV

Artigo 6º ponto 3 do Regulamento Geral de Competições
Os atletas estrangeiros filiados na FPA, que não sejam nacionais de um Estado
Membro da União Europeia, ou de um país com o qual o Estado Português ou a União
Europeia tenha acordos de reciprocidade, no âmbito da cidadania, apenas poderão
participar numa determinada competição do calendário nacional da FPA em que
haja classificação coletiva desde que:
a) Estejam filiados na FPA há, pelo menos, 12 meses;
b) Cumpram o estipulado no Artigo 6º.2;
c) Tenham participado, no período mencionado em a), em pelo menos 6
competições de carater individual;
d) Para efeitos da alínea anterior, não serão contabilizadas mais do que duas
provas por mês:
Enquadram-se no supramencionado artigo 6º ponto 3, alíneas a) e b) c) e d) do RGC
atletas abaixo listados:
Abseslam Bouasria – CBF
Dorian Rostan Keletela -SCP
Jordin de Andrade – SCP
Soufiane Bouhadda – SCP

Artigo 6º ponto 7 do RGC
Os atletas estrangeiros filiados na FPA (referidos no ponto 3 do Artigo 6º), sem
prejuízo do referido em 2 poderão pontuar para o seu clube, até um máximo de 2
por equipa, nas seguintes competições coletivas: Campeonatos Nacionais de sub23,
Campeonatos Nacionais de Juniores, Campeonato Nacional de Clubes, em Pista ao
Ar Livre e em Pista Coberta.
De acordo com o ponto 1.1.5 das Normas Regulamentares das competições
indicadas no Artigo 6º ponto 7 de RGC:
Os atletas estrangeiros abrangidos pelo RGC Artigo 6.2, e os atletas estrangeiros com
menos de 18 anos a data da competição, não serão, para este efeito, considerados
estrangeiros.
« Última modificação: 12 de Fevereiro de 2019, 14:59 por Carlsberg87 »

Bombastic

  • Iniciado
  • *
  • Nice (França)
  • Mensagens: 2529
  • 12 de Fevereiro de 2019, 15:05
Ou seja, não há Kiplangat... mas também não há Marcin, pois não?

Carlsberg87

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 22953
  • 12 de Fevereiro de 2019, 15:09
Ou seja, não há Kiplangat... mas também não há Marcin, pois não?

Não!
Já sabia que ele não participava.

Carlsberg87

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 22953
  • 12 de Fevereiro de 2019, 15:12
Os brasileiros podem logo participar não percebo o porque?