Portugal

Eurico Gomes

Nome completo
Eurico Monteiro Gomes
Naturalidade
Santa Marta de Peneguião
Data de nascimento
1955-09-29
Periodo no Benfica

1975 - 1979

Da então muito ostracizada província de Trás-os-Montes até ao reconhecimento internacional pelos seus bons ofícios de futebolista, Eurico só percorreu um curto caminho. É que coragem e perseverança jamais deixaram de ser as suas principais qualidades. Na vida, muito; no futebol, sempre. Recompensado foi, passando aos anais como o único futebolista nacional com o titulo de campeão nos três grandes clubes de Portugal.

Chegou a Lisboa com 13 anos mais a obsessão de ser jogador do Benfica. Logo levou a primeira chibatada emocional, quando a oferta de quinhentos escudos/mês, vinda da Luz, esbarrou nos dois mil e quinhentos que auferia como aprendiz numa oficina de automóveis na Póvoa de Santo Adrião. Não se acomodou. Já em representação do Odivelas, um ano depois, a nova investida benfiquista registava significativo aumento da parada. Por quatro notas de mil agarrou a proposta e de vermelho deu cor ao sonho.

Em pleno PREC, no verão de 75, ascendeu à categoria sénior, com a incumbência de substituir Humberto Coelho, acabado de ingressar no futebol gaulês. Fervor revolucionário é que lhe não faltou e impôs a sua irreverente presença juvenil no centro da defesa encarnada. Ao longo de quatro temporadas, disputou 119 jogos, vencendo dois Campeonatos e tornando-se num dos mais jovens e promissores recém-internacionais. Fez dupla com Messias, Bastos Lopes, Barros, Alhinho e o regressado Humberto Coelho.

Ainda que não tivesse uma argumentação artística semelhante à de companheiros ou adversários mais criativos, Eurico personificava o defesa sólido, hercúleo até, sempre disponível, coadjutor, permanentemente solidário. Fez um ano com Mário Wilson, que o projectou em Guimarães, numa vitória (2-0) do Benfica, e os outros três sob o comando do britânico John Mortimore. Foi então que passou da eficiência (ao lado de Carlos Alhinho) à consagração (com Humberto Coelho), passando pela dificuldade para se impor em compita interna com a dupla (Humberto/Alhinho) de 78/79. Por uma diferença quase irrisória, entre o que pedia e o que o Benfica ofertou, decidiu não renovar o contrato e mudou-se para Alvalade. Seguiu-se o FC Porto, com sucesso comparável ao que atingiu na Selecção, até ao derradeiro suspiro competitivo no histórico Vitória de Setúbal.

Pela Luz, Eurico deixou a marca de grande defesa na marcação homem-a-homem. Era a sua especialidade. E sabendo-se da permanente vontade do Benfica em reunir os mais habilitados para cada tarefa, só poderá mesmo dizer-se que, na sua trajectória garrida, Eurico não apenas cumpriu distintamente como soube conferir classe aos quadros do clube.


 

Épocas no Benfica: 4 (75/79)

Jogos: 115
Golos: 1

Texto: Memorial Benfica, 100 Glórias
Copiado de Ednilson

 

Títulos: 2 CN

Primeiro jogo

Domingo, Setembro 7, 1975 - 00:00

Estádio da Luz ,

SL Benfica: Bento, Artur Correia (Malta da Silva [53m]) (Malta da Silva [53m]), Barros, Eurico Gomes, Vítor Martins, Messias, Toni, Jordão, Vitor Baptista, Moinhos, Nené
Treinador: Mário Wilson

Último jogo

Domingo, Maio 27, 1979 - 00:00

SL Benfica: Bento, Eurico Gomes, Humberto Coelho, Alhinho, António Bastos Lopes, Chalana, João Alves, Mário Valdez Wilson (Cavungi [45m]), Shéu, Nené, Reinaldo
Treinador: John Mortimore
Golos: Reinaldo (55)

Títulos

Notícias relacionadas

Nenhum item encontrado

36620 - Tópico: Eurico Gomes  (Lida 10982 vezes)

Shoky

  • Colaborador
  • ******
  • Mensagens: 192633
  • 15 de Julho de 2009, 17:11

 

Nome: EURICO Monteiro Gomes
Posição: Defesa Central
Nacionalidade: Português (Internacional A)
Data de Nascimento: 29-09-1955

Número da Camisola: ?
Pé Preferido: Direito


Épocas ao serviço do Benfica: 4
Total de Jogos pelo Benfica: 114
Total de Golos pelo Benfica: 1
Títulos pelo Benfica:
2 Campeonatos Nacionais (1975/76, 1976/77)

1975/1976
Jogos: 22
Golos: 0

1976/1977
Jogos: 29
Golos: 0

1977/1978
Jogos: 41
Golos: 1 (1 na Liga)

 
1978/1979
Jogos: 22
Golos: 0
« Última modificação: 01 de Março de 2013, 14:47 por Shoky »

Joga Bonito

  • Eusébio
  • ******
  • O CAMPEÃO VOLTOU!!!
  • Mensagens: 44239
  • Vó & Vó: Ficaram juntas para SEMPRE! :-)
  • 16 de Julho de 2009, 15:51
Se não estou em erro, é o único campeão português por 3 clubes diferentes.

Shoky

  • Colaborador
  • ******
  • Mensagens: 192633
  • 16 de Julho de 2009, 19:50
Eurico Monteiro Gomes. Santa Marta de Penaguião. 29 de Setembro de 1955. Defesa.
Épocas no Benfica: 4 (75/79). Jogos: 115. Golos: 1. Títulos: 2 (Campeonato Nacional).
Outros clubes: Sporting, FC Porto e Vitória de Setúbal. Internacionalizações: 38.


Da então muito ostracizada província de Trás-os-Montes até ao reconhecimento internacional pelos seus bons ofícios de futebolista, Eurico só percorreu um curto caminho. É que coragem e perseverança jamais deixaram de ser as suas principais qualidades. Na vida, muito; no futebol, sempre. Recompensado foi, passando aos anais como o único futebolista nacional com o titulo de campeão nos três grandes clubes de Portugal.

Chegou a Lisboa com 13 anos mais a obsessão de ser jogador do Benfica. Logo levou a primeira chibatada emocional, quando a oferta de quinhentos escudos/mês, vinda da Luz, esbarrou nos dois mil e quinhentos que auferia como aprendiz numa oficina de automóveis na Póvoa de Santo Adrião. Não se acomodou. Já em representação do Odivelas, um ano depois, a nova investida benfiquista registava significativo aumento da parada. Por quatro notas de mil agarrou a proposta e de vermelho deu cor ao sonho.

Em pleno PREC, no verão de 75, ascendeu à categoria sénior, com a incumbência de substituir Humberto Coelho, acabado de ingressar no futebol gaulês. Fervor revolucionário é que lhe não faltou e impôs a sua irreverente presença juvenil no centro da defesa encarnada. Ao longo de quatro temporadas, disputou 119 jogos, vencendo dois Campeonatos e tornando-se num dos mais jovens e promissores recém-internacionais. Fez dupla com Messias, Bastos Lopes, Barros, Alhinho e o regressado Humberto Coelho.


Equipa 1976/1977

Ainda que não tivesse uma argumentação artística semelhante à de companheiros ou adversários mais criativos, Eurico personificava o defesa sólido, hercúleo até, sempre disponível, coadjutor, permanentemente solidário. Fez um ano com Mário Wilson, que o projectou em Guimarães, numa vitória (2-0) do Benfica, e os outros três sob o comando do britânico John Mortimore. Foi então que passou da eficiência (ao lado de Carlos Alhinho) à consagração (com Humberto Coelho), passando pela dificuldade para se impor em compita interna com a dupla (Humberto/Alhinho) de 78/79. Por uma diferença quase irrisória, entre o que pedia e o que o Benfica ofertou, decidiu não renovar o contrato e mudou-se para Alvalade. Seguiu-se o FC Porto, com sucesso comparável ao que atingiu na Selecção, até ao derradeiro suspiro competitivo no histórico Vitória de Setúbal.

Pela Luz, Eurico deixou a marca de grande defesa na marcação homem-a-homem. Era a sua especialidade. E sabendo-se da permanente vontade do Benfica em reunir os mais habilitados para cada tarefa, só poderá mesmo dizer-se que, na sua trajectória garrida, Eurico não apenas cumpriu distintamente como soube conferir classe aos quadros do clube.


Tópico: Memorial Benfica, Glórias
Autor: Ednilson
Link: http://serbenfiquista.com/forum/index.php?topic=22362.60
« Última modificação: 20 de Abril de 2013, 01:13 por Shoky »

josantiago

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 38497
  • Membro da Irmandade da Pá Dourada
  • 20 de Julho de 2009, 22:18
Não é qualquer um que possa dizer que foi campeão nos 3 grandes.

Slb-Ag

  • Eusébio
  • ******
  • Generalíssimo Vieira
  • Mensagens: 37998
  • 20 de Julho de 2009, 22:28
Não é qualquer um que possa dizer que foi campeão nos 3 grandes.
Pois não. É o único!
Teve sorte nas alturas em que esteve nos grandes, o Benfica era o Benfica, no Sporting aproveitou épocas más do fcp e do Benfica, e quando esteve no fcp começou o polvo.

Dixi

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 9951
  • 30 de Abril de 2010, 00:47




luis.live

  • Eusébio
  • ******
  • Lisboa
  • Mensagens: 21249
  • SL BENFICA
  • Sócio: 20587
  • 23 de Setembro de 2011, 04:46
já agora só para acrescentar que o eurico foi formado no SL BENFICA... bom central, nao muito alto, mas muito raçudo, e dava muito pau...

Red skin

  • Eusébio
  • ******
  • Rei Eusébio!
  • Mensagens: 49516
  • #estátudoapensarnomesmo #sejaondefor #37
  • 23 de Setembro de 2011, 11:29
Porque é q saiu do Benfica? Porque é que saiu depois do Sporting?

luis.live

  • Eusébio
  • ******
  • Lisboa
  • Mensagens: 21249
  • SL BENFICA
  • Sócio: 20587
  • 23 de Setembro de 2011, 13:21
Porque é q saiu do Benfica? Porque é que saiu depois do Sporting?

foi pacifico a sua saída do SL BENFICA... como tinha sido formado no clube, era dos mais mal pagos, é sempre assim, quem vem de fora vem sempre ganhar mais, e o joao rocha aproveitou porque ele estava em final de contrato, e contratou-o... o SL BENFICA depois também contratou um grande jogador, deles, embora já em final de carreira,  (laranjeira) que ainda veio a tempo de ser campeao em 80/81... a saida para o fc porko foi mais polémica, porque além dele foi o inacio, formado no sporting, e na altura o joao rocha e o porko mor eram cao e gato, nao se davam.. era normal haver merda entre os dois clubes...  fez com que o joao rocha fosse ao porko contratar o sousa e o jaime pacheco, oferecendo-lhes uma pequena fortuna na altura, e o porko mor foi lá contratar o futre... a diferença é que o sousa e o pacheco tinham acabado contrato com o fc porko, mas o futre tinha contrato com o sporting, agora como o porko mor deu a volta á situaçao, já nao me lembro, mas o futre ainda esteve escondido na cidade do porto durante umas semanas...

Saïd Old Roof

  • Sénior
  • ****
  • O Rodolfo Dias do SerBenfiquista.
  • Mensagens: 1049
  • Abutre #1.253
  • Sócio: concentradíssimo!
  • 01 de Abril de 2012, 13:32

Fonte: "Diário de Lisboa" de 22 de Março de 1985.

Zlatan

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 56079
  • 20 de Abril de 2013, 00:33
Eurico Monteiro Gomes. Santa Marta de Penaguião. 29 de Setembro de 1955. Defesa.
Épocas no Benfica: 4 (75/79). Jogos: 115. Golos: 1. Títulos: 2 (Campeonato Nacional).
Outros clubes: Sporting, FC Porto e Vitória de Setúbal. Internacionalizações: 38.


Da então muito ostracizada província de Trás-os-Montes até ao reconhecimento internacional pelos seus bons ofícios de futebolista, Eurico só percorreu um curto caminho. É que coragem e perseverança jamais deixaram de ser as suas principais qualidades. Na vida, muito; no futebol, sempre. Recompensado foi, passando aos anais como o único futebolista nacional com o titulo de campeão nos três grandes clubes de Portugal.

Chegou a Lisboa com 13 anos mais a obsessão de ser jogador do Benfica. Logo levou a primeira chibatada emocional, quando a oferta de quinhentos escudos/mês, vinda da Luz, esbarrou nos dois mil e quinhentos que auferia como aprendiz numa oficina de automóveis na Póvoa de Santo Adrião. Não se acomodou. Já em representação do Odivelas, um ano depois, a nova investida benfiquista registava significativo aumento da parada. Por quatro notas de mil agarrou a proposta e de vermelho deu cor ao sonho.

Em pleno PREC, no verão de 75, ascendeu à categoria sénior, com a incumbência de substituir Humberto Coelho, acabado de ingressar no futebol gaulês. Fervor revolucionário é que lhe não faltou e impôs a sua irreverente presença juvenil no centro da defesa encarnada. Ao longo de quatro temporadas, disputou 119 jogos, vencendo dois Campeonatos e tornando-se num dos mais jovens e promissores recém-internacionais. Fez dupla com Messias, Bastos Lopes, Barros, Alhinho e o regressado Humberto Coelho.


Equipa 1976/1977

Ainda que não tivesse uma argumentação artística semelhante à de companheiros ou adversários mais criativos, Eurico personificava o defesa sólido, hercúleo até, sempre disponível, coadjutor, permanentemente solidário. Fez um ano com Mário Wilson, que o projectou em Guimarães, numa vitória (2-0) do Benfica, e os outros três sob o comando do britânico John Mortimore. Foi então que passou da eficiência (ao lado de Carlos Alhinho) à consagração (com Humberto Coelho), passando pela dificuldade para se impor em compita interna com a dupla (Humberto/Alhinho) de 78/79. Por uma diferença quase irrisória, entre o que pedia e o que o Benfica ofertou, decidiu não renovar o contrato e mudou-se para Alvalade. Seguiu-se o FC Porto, com sucesso comparável ao que atingiu na Selecção, até ao derradeiro suspiro competitivo no histórico Vitória de Setúbal.

Pela Luz, Eurico deixou a marca de grande defesa na marcação homem-a-homem. Era a sua especialidade. E sabendo-se da permanente vontade do Benfica em reunir os mais habilitados para cada tarefa, só poderá mesmo dizer-se que, na sua trajectória garrida, Eurico não apenas cumpriu distintamente como soube conferir classe aos quadros do clube.


Tópico: Memorial Benfica, Glórias
Autor: Ednilson
Link: http://serbenfiquista.com/forum/index.php?topic=22362.60

Amsterdam Vallon

  • Sénior
  • ****
  • Mensagens: 4424
  • (・ω・) Asian Idols crew (・ω・)
  • 31 de Maio de 2013, 03:10
É conhecida a sua preferência clubística?

elpayaso10

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 8628
  • 12 de Junho de 2013, 01:44
É conhecida a sua preferência clubística?
sempre me pareceu porkista

pcssousa

  • Colaborador
  • ******
  • Até sempre!
  • Mensagens: 75796
  • 14 de Agosto de 2013, 23:24
É conhecida a sua preferência clubística?
sempre me pareceu porkista
É Benfiquista, digo-o com segurança.
Já que anda aqui perto o tópico do Hernâni, que quando estava em Setúbal recebeu ofertas dos 3 grandes, recordo que se aconselhou com Eurico e este lhe disse que tinha jogado nos 3, mas que o Benfica era o Benfica e que jogar no Benfica era diferente de jogar por qualquer outro clube português.

Na altura saiu do Benfica também porque era 4ª escolha para central. A dupla habitual em 78/79 era Humberto Coelho - Alhinho e quando algum deles não jogava, ia o Bastos Lopes para o meio, ele que também fez vários jogos a lateral esquerdo.

sportluisbenfica

  • Sénior
  • ****
  • Canadá
  • Mensagens: 1370
  • Vitoria sempre!!! Forza Benfica!!!
  • 14 de Agosto de 2013, 23:40
Bom defesa central!!!

 :slb2: :bandeiraslb2: :slb2: :bandeiraslb2: :slb2: :bandeiraslb2: