Defesa, 64 anos
Portugal
Stats: 4 épocas, 22 jogos (1686 minutos), 0 golos
Títulos: Campeonato Nacional (2)

36620 - Tópico: Eurico Gomes  (Lida 10981 vezes)

zappendrix

  • Sénior
  • ****
  • Espinho
  • Mensagens: 1751
  • 07 de Outubro de 2014, 12:23
Eurico; Humberto Coelho; Alberto; Toni; Carlos Alhinho e António Fidalgo.
Reinaldo; Shéu; João Alves; Chalana e Pietra.


zappendrix

  • Sénior
  • ****
  • Espinho
  • Mensagens: 1751
  • 18 de Novembro de 2014, 15:00

Eurico, Nené, António Bastos Lopes, Toni, José Luís e António Fidalgo.
Chalana, Pietra, Humberto Coelho, Alberto e Shéu.

RedVC

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 9028
  • Todos por um!
  • 07 de Dezembro de 2014, 00:22

Diogo20

  • Eusébio
  • ******
  • Portimão
  • Mensagens: 15910
  • Sócio: 71XXX
  • 05 de Abril de 2015, 10:42
Vai estar no programa Alta Fidelidade na terça.

Geovanni95

  • Eusébio
  • ******
  • Figueira da Foz - Lisboa
  • Mensagens: 8227
  • RUMO AO 38!!
  • 05 de Abril de 2015, 11:27
O meu pai sempre disse que no Benfica foi sempre um grande profissional.

Houve um jogo que o Benfica fez em Alvalade (não sei o ano ao certo) em que o Eurico já tinha asinado pelo Sporting, mas ainda tinha que acabar a época no Benfica. O Eurico faz uma grande exibição na defesa. Ganhamos 1-0 golo do Alves de Penalty. Nesse mesmo ano saiu pela porta grande sem problemas

Uns anos antes o Benfica foi novamente jogar a alvalade e o Benfica já tinha conquistado o campeonato (época do Mario Wilson). O Eurico ficou no banco. Os grupo de amigos do meu pai conseguiram ir para dentro do estádio como apanha-bolas e conseguiram passar pelo banco do Benfica. O Eurico muito simpatico levantou-se logo para cumprimentá-los. Ganhamos 3-0.

Em 1983 o Benfica foi empatar às antas 0-0 e o Eurico já estava no Porto, depois de uma polémica saída do Sporting. Nesse jogo Eurico não jogou devido a lesão, mas viu o jogo na bancada. No final do jogo, depois do grupo de amigos do meu pai terem saído do estádio, o Eurico foi cumprimentá-los e lembrava-se deles.

Sinceramente não sei o clube dele, mas que é um grande homem e um bom profissional é.


Kurt Cobain 10

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 32264
  • 06 de Abril de 2015, 03:25
Sempre pensei que o Eurico fosse andrade ,mas pelo que ele diz no alta fidelidade é Benfiquista.

Joaquim Ferreira Bogalho

  • Eusébio
  • ******
  • Lisboa
  • Mensagens: 14071
  • 06 de Abril de 2015, 13:31
Sempre pensei que o Eurico fosse andrade ,mas pelo que ele diz no alta fidelidade é Benfiquista.

Creio que, é do Benfica...

G-Man

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 59722
  • Pantera Negra, "True Legend"
  • 06 de Abril de 2015, 13:51
Foi duas vezes campeão pelos 3 grandes, e foi campeão Europeu pelo Porto, como jogador viveu os melhores anos no Sporting e no Porto e não no Benfica.

Gottschalk

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 46687
  • 26 de Setembro de 2015, 17:56

RedVC

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 9028
  • Todos por um!
  • 27 de Janeiro de 2016, 19:27


Uma interessante entrevista de Eurico Gomes à revista Sábado.
 
Um jogador que poderia / deveria ter tido oportunidade de fazer muitos mais anos de águia ao peito.


(...)

Nasceu em Santa Marta de Penaguião, no Douro, em 1955. Como foi a sua infância?
Como eu era o mais novo [de seis irmãos], os mais velhos é que trabalharam nas vinhas. Eu tinha privilégios de menino. Punha-me em cima do carro de bois, a atirar uvas. Depois, o meu pai entrou para a Companhia Nacional de Electricidade e andou a instalar postes de alta tensão, fez Portugal de lés a lés até chegar a Lisboa. Instalou--se aí e mudámo-nos para a Póvoa de Santo Adrião quando eu tinha 9 anos. O meu pai queria que eu e a minha irmã mais nova fôssemos estudar, mas eu preferia trabalhar. Por isso, sem dizer nada a ninguém fui pedir emprego numa oficina de bicicletas.

(...)

Com quantos anos?
Tinha 14. O meu pai descobriu e só me deixou continuar com a condição de estudar à noite. E foi assim que acabei o 6º ano. Também trabalhei na ICESA como mecânico: arranjava tudo, carros, camiões, gruas, betoneiras. Com 16 anos, assinei o primeiro contrato com o Benfica e deixei esse trabalho e os estudos.
 
Na sua aldeia, já jogava futebol?
Jogava em tudo o que fosse terra, monte ou estrada. Uma vez, depois de ter rebentado umas botas novas e de ter levado uns bons açoites, logo no dia seguinte a tê-las recebido do sapateiro, que as coseu, para não as estragar outra vez joguei descalço. Ao chutar, bati com o pé no alcatrão e esfolei o dedo grande – a bola era pequena, fazíamo-las de meias de senhora que apanhávamos nos estendais. Cheguei a casa com os pés naquele estado e levei outra tareia.



Como é que foi para o Benfica?
Com 13 ou 14 anos, ao fim-de-semana íamos para o campo do Povoense disputar uns torneios que duravam das 8 da manhã às 17h. Eu estava no Várzea, mas às vezes os que iam jogar a seguir gostavam do meu desempenho e convidavam-me para a equipa deles. Chegava a fazer sete jogos por domingo. Um dia, o seccionista do Várzea levou-me às captações do Benfica. O mister Ângelo gostou de mim e disse para assinar. Perguntei quanto é que me pagavam e responderam-me que ali não havia dinheiro para ninguém. Então, como eu recebia 400 escudos [equivale hoje a €120] na oficina das bicicletas, não aceitei. Fui para o Odivelas, para conciliar o trabalho e os treinos. Quando defrontámos o Benfica, fiz um grande jogo (a médio defensivo) e marquei o golo do empate (1-1). No ano seguinte fui para o Benfica.
 
E foi ganhar algum dinheiro?
Não era permitido pagarem salário, mas fizeram ali um esquema em que incluíam ajudas de custo para os estudos, alimentação e transportes, tudo isto fez um bolo de 1.500 escudos. Comecei a ter alguma independência, ia às sociedades recreativas, aos bailes aos domingos à tarde. O meu vício da música começou aí, com os conjuntos musicais que tocavam os Beatles, os Bee Gees. Com 18 anos comecei a ir a pubs e discotecas.
 
Era bom dançarino?
Sim, era jeitoso. Foi num desses bailes, na Sociedade Recreativa Povoense, que conheci a minha primeira mulher. Estivemos casados 24 anos e temos dois filhos.



Jogou com Eusébio no Benfica?
Sim, lembro-me da festa de homenagem [1973], aquela que deu bronca com o treinador Jimmy Hagan, que não queria deixar ir o Toni e o Humberto Coelho. O Humberto foi o meu professor. Tenho oito anos de Benfica, dois nas camadas jovens e seis nos seniores. É o meu berço.
 
Porque é que saiu?
Por uma diferença de 15 contos por mês [hoje equivale a 930 euros]. Recebia 60 e pedi 75, mas disseram--me que era impossível. Fui para o Sporting ganhar mais de 200 contos, mas se me tivessem dado os 75 tinha continuado no Benfica.

(...)

o resto tem a ver com a sua passagem pelo scp e pelo fcp.

Pode ser lido aqui:

http://www.sabado.pt/desporto/detalhe/o_meu_sonho_e_fazer_um_dueto_com_o_paulo_gonzo.html
« Última modificação: 27 de Janeiro de 2016, 19:28 por RedVC »

CFC

  • Capitão
  • ****
  • Arganil
  • Mensagens: 3822
  • 21 de Fevereiro de 2016, 20:31
Li acima que ele é benfiquista, o que me deixa confuso face a isto:
Citar
A arbitragem de Jorge Ferreira no P. Ferreira-Benfica (1-3) continua a dar que falar. Depois de Bruno de Carvalho, também Eurico Gomes, antigo jogador que representou os três grandes do futebol português, se pronunciou sobre o encontro... e não foi só sobre a arbitragem.

"Vi o jogo do Paços-Benfica e, claro tenho uma opinião... Porém, e depois de ter ouvido o treinador do Paços e também o do Benfica, fiquei a perceber o que se passa fora das quatro linhas. Que falta de dignidade... só por causa de um emprego venderem a alma ao Diabo. Inadmissível um treinador dizer o que eu ouvi. Agora percebi porque certos colegas, e eu também, não treinam em Portugal. Estou ENOJADO", pode ler-se no post publicado na sua página de Facebook.

CitriC

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 13724
  • Antes do 39 vem o Bi
  • 21 de Fevereiro de 2016, 22:02
Benfiquista ou não, porque é que este jogador nos deixa saudade ? posso dar um punhado de defesas que me deixam muito mais saudade que este tipo.

Eu sinceramente desconhecia a existência deste homem, até aparecer esta polémica ....


 Maxi vai para os ex-funcionários e Este vai para saudade ... vá-se lá compreender.

Alexandre1976

  • Capitão
  • ****
  • Mensagens: 3662
  • O Benfica é tudo.
  • 21 de Fevereiro de 2016, 23:18
Que pena não se ter enojado quando pertencia a um grupo alargado de treinadores como Mário Reis Carlos Brito Rodolfo José Mota Vitor Manuel Vitor Urbano ou Henrique Calisto cujo modo de atuação passava por elogiar tudo o que era azul e branco e espumar contra o Benfica.Tirando uma época no Tirsense nunca foi nada de jeito como treinador foi isso sim mais um parasita do sistema do futebol português.Como jogador foi um excelente central mas associo muito mais a sua carreira aos porcos do que ao Benfica.Aliás este grupo alargado de treinadores que mencionei mais não fizeram do que branquear e ocultar inumeros casos de favorecimento aos porcos nomeadamente nos aninhos dourados do penta campeonato.Deve estar áprocura de tacho.E sinceramente custa-me a acreditar que seja Benfiquista pois acho que o coração deve bater mais pelo azul e branco.

RedVC

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 9028
  • Todos por um!
  • 21 de Fevereiro de 2016, 23:20
Não vale a pena discutir critérios porque no final teremos sempre a nossa (boa) opinião.

Não sou ingrato a Maxi e sei bem do poder do tempo para atenuar mágoas Benfiquistas.

Eurico era um grande jogador como demonstrou no FCP. A sua saída foi um erro que só não foi mais notado porque tivemos Humberto e Bastos Lopes durante muitos e bons anos. Eurico estava perfeitamente ao nível de Bastos Lopes mas claro era mais fraco do que Humberto.

Não ouvi no entanto nada parecido da boca de Eurico que se compare a Maxi. E foram os dois para o mesmo antro. Mas claro são casos distintos, personalidades distintas e tempos distintos. A porcaria de gente que os contratou é que foi a mesma.

crowseye

  • Eusébio
  • ******
  • Leiria
  • Mensagens: 11767
  • Well, who has a keener eye than the crow?
  • 27 de Fevereiro de 2016, 12:43
Saúdade?  :2funny: :2funny: :2funny: