Avançado, 1925-10-11 - 1986-02-11)
Portugal
Stats: 12 épocas, 299 jogos (26910 minutos), 220 golos
Títulos: Campeonato Nacional (2), Taça de Portugal (6)

32460 - Tópico: Arsénio  (Lida 8493 vezes)

pcssousa

  • Colaborador
  • ******
  • Até sempre!
  • Mensagens: 75794
  • 05 de Novembro de 2010, 17:50
Não ganhou pelo Benfica, mas deu duas a ganhar ao Zé Águas, tal era o entendimento entre os dois... Pronto, em 52 não havia ainda troféu (só a partir de 52-53), mas ajudou a que o Águas fosse melhor marcador à mesma!

Universo Benfica

  • Colaborador
  • ******
  • Mensagens: 113893
  • 16 de Janeiro de 2013, 03:35
Estreia: 19 de Dezembro de 1943, no Campo Grande
(S.L.Benfica 5 - Guimarães 1) - Com János Biri

Último jogo: 12 de Junho de 1955, no Jamor
(S.L.Benfica 2 - Sporting 1) - Com Otto Glória

Primeiro golo: 19 de Dezembro de 1943, no Campo Grande
(S.L.Benfica 5 - Guimarães 1) - Marcou o 1-0 aos 4'

Último golo: 12 de Junho de 1955, no Jamor
(S.L.Benfica 2 - Sporting 1) - Marcou o 1-1 aos 63' e "bisou" aos 65'

Curiosidades:
- Natural do Barreiro, estreou-se na equipa de Honra, num desafio contra o Sporting, com apenas 15 anos: «Ainda não tinha 16 anos e quem me marcou foi o Aníbal Paciência. Ao princípio estava um pouco enervado, mas, depois, serenei e perdi o respeito ao valor do jogador do Sporting.»
- Ao sagrar-se Campeão Nacional da II Divisão - o Barreirense bateu a Sanjoanense, por 6-1, nas Amoreiras - os técnicos do S.L.Benfica ficaram de olho nele. Apesar de, juntamente com Moreira (O Pai Natal) chegar a viajar até Setúbal para mostrar as suas capacidades no Vitória local, os dirigentes benfiquistas foram ao Barreiro e ofereceram-lhes o sonho que tantas vezes lhes aqueceu as ilusões. Chegava à Luz com apenas 17 anos. Bastou um treino para que János Biri ficasse entusiasmado com Arsénio. De tal modo que lhe pediram logo que assinasse a ficha, recebendo por isso seis contos, ficando, igualmente, a ganhar 750 escudos por mês. Que era o ordenado dos craques. Por essa altura era já aprendiz de serralheiro, na CUF. A oficial chegaria pouco depois. A paixão do futebol, mais que o dinheiro que, então, ganhava, suavizava-lhe os sacrifícios. Para poder apanhar o barco das 5.45 horas, Arsénio levantava-se três vezes por semana na madrugada alta. No barco encontrava-se com os demais futebolistas da terra que vinham para Lisboa. Para se treinarem, com ele, no Benfica, Moreira, Corona, Félix, Rogério Contreiras, Rogério Fontes e José Luís; a caminho do Campo Grande, Azevedo, Armando Ferreira e Soeiro; para as Salésias, Quaresma e Salvador. Arsénio treinava-se e regressava, rápido, ao Barreiro para trabalhar na serralharia da CUF. Foi assim anos a fio. Mas nem isso lhe entenebreceu o ânimo ou ofuscou o brilho.
- A 28 de Abril de 1946 fez um "hattrick" na brilhante goleada sobre o Sporting (7-2). A 28 de Maio de 1952, brindou o F.C.Porto com 5 golos - cinco!!! - na inauguração do Estádio das Antas.
- Em 29 de Janeiro de 1954, com 28 anos, foi eleito Sócio de Mérito do Sport Lisboa e Benfica.
- A chegada de Otto Glória, homem contratado na temporada futebolística 1954/55 para profissionalizar o futebol encarnado, precipitaria a sua saída da Luz. A garantia de um emprego estável - à semelhança do que faria anos mais tarde o seu conterrâneo Mário João - leva-o de regresso ao Barreiro, e à CUF.
- A qualidades estavam intactas e prova disso é a «Bola de Prata» conquistada ao serviço dos verdes-e-brancos na temporada 1957/58. Marcou 23 golos. Tinha 33 anos!
- Nas 12 épocas a jogar pela nossa principal equipa participou em 446 encontros, num total de 38.802 minutos, marcando 360 golos, ou seja um golo a cada 111 minutos. Jogou sempre como avançado, essencialmente a interior-direito, com 416 jogos. Dos 360 golos, 318 foram concretizados com os pés e 32 de cabeça, com 28 a serem marcados após lances de "bola parada" e 322 em lances de “bola corrida”. Dentro da grande área obteve 319 tentos, conseguindo ainda 31 golos “fora da grande área”.

Fonte: Vedeta ou Marreta

NunoDuarte

  • Capitão
  • ****
  • Mensagens: 4067
  • 15 de Agosto de 2013, 19:03


Arsénio (no fundo, braços no ar) faz o golo do empate no Jamor já aos 90 minutos! Benfica 1-1 Bordeaux

RedVC

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 8696
  • Pelo Benfica, sempre!
  • 12 de Fevereiro de 2016, 13:55
Fez ontem 30 anos que faleceu este Imortal do nosso Clube.

Um dos maiores goleadores de sempre.
Um marcador de golos letal e um jogador de garra.
Consultar um ficha de jogo daquele tempo torna quase inevitável ver o seu nome na lista dos golos.

Que nunca seja esquecido. O grande ARSÈNIO!

Fonte: Em Defesa do Benfica

Frankystein

  • Iniciado
  • *
  • Portugal
  • Mensagens: 9
  • 26 de Julho de 2016, 00:51
Um craque da velha guarda! O Sporting tinha os 5 violinos mas os nossos não ficavam atrás!

Rodolfo Dias

  • Sénior
  • ****
  • Museu Rodolfo Dias, à cata de fotos e recortes.
  • Mensagens: 2100
  • Sport Vieira e Benfiquinha? Não, obrigado!
  • 15 de Outubro de 2018, 15:35
A homenagem.