Avançado, 49 anos
Portugal
Stats: 7 épocas, 127 jogos (11430 minutos), 57 golos
Títulos: Taça de Portugal (4)

38715 - Tópico: Corona  (Lida 5380 vezes)

Freire

  • Eusébio
  • ******
  • Portugal
  • Mensagens: 45621
  • Benfica aos Benfiquistas.
  • 01 de Setembro de 2015, 10:44
Conhecia pessoalmente este senhor.

kneissl

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 23678
  • 01 de Setembro de 2015, 12:50
Foi pró porto

RedVC

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 8697
  • Pelo Benfica, sempre!
  • 01 de Setembro de 2015, 22:03

Sport Lisboa e Benfica, Campeão Latino 1950.
Eduardo José Corona é o primeiro agachado a contar da esquerda.

O devido respeito e homenagem a um Campeão Latino. Um dos Gloriosos jogadores que deram a primeira glória Europeia ao Sport Lisboa e Benfica.

Fonte: http://www.fcbarreirense.com/index.php?option=com_content&task=view&id=1437&Itemid=2


segunda, 24 março 2008

Eduardo José Corona, natural do Barreiro, nasceu na zona da “Cerca”, ali no centro do Barreiro Velho, no dia 1 de Setembro de 1925, foi vencedor da Taça Latina, o primeiro título internacional conquistado pelo Sport Lisboa e Benfica.

O funeral realizou-se, ontem, da Capela da Igreja do Lavradio para o Cemitério do Lavradio, sendo Corona, na hora da despedida, acompanhado por muitos amigos, sendo de destacar a presença de José Augusto, velha glória benfiquista e Manuel Lopes, presidente da Direcção do Futebol Clube Barreirense.

A urna de Eduardo Corona foi coberta com as bandeiras do Sport Lisboa e Benfica, Futebol Clube Barreirense e Luso Futebol Clube.
Foram muitos os amigos que marcaram presença, nomeadamente, membros da direcção da Casa do Benfica do Barreiro e Isabel Gomes, Coordenadora da Secção do Lavradio do Partido Socialista.


Uma carreira de mérito

Foi no Lavradio, onde descobriu o seu amor pelo futebol, sendo um dos fundadores do Escolar Futebol Clube.
Aos 16 anos integrou a primeira equipa do Sporting Clube Lavradiense que disputava na época o Campeonato da 2ª Divisão de Setúbal.
Aos 17 anos, na época 1943/4, integra o Luso que disputava a 1ª Divisão Distrital de Setúbal.
Aos 19 anos, em 1945, parte rumo a Lisboa para integrar o plantel do Sport Lisboa e Benfica, ao serviço do qual conquistou dois títulos de Campeão Nacional; 5 Taças de Portugal duas Taças Ribeiro dos Reis, e, no primeiro ano que foi disputada a Taça Latina, Eduardo Corona integrava a equipa que conquistou este troféu, o primeiro título internacional da história do Sport Lisboa e Benfica.
Eduardo Corona, na época de 1957/58, integrou a equipa do Futebol Clube Barreirense que ascendeu à 1ª Divisão Nacional.

“Barreiro Reconhecido” no Desporto

Eduardo Corona exerceu a sua actividade profissional na Câmara Municipal do Barreiro.
Uma das actividades a que se dedicava com paixão era a poesia tendo integrado a “Antologia de Poetas da SFAL”, sendo um dos sócios mais antigos daquela velhinha colectividade.
No ano 1996 recebeu o Prémio “Lavradio Reconhecido” atribuído pela Junta de Freguesia do Lavradio.
No ano 2000 recebeu o Galardão “Barreiro Reconhecido” na área do Desporto, atribuído pela Câmara Municipal do Barreiro.
Exerceu funções de autarca, enquanto eleito na Assembleia de Freguesia do Lavradio pelo Partido Socialista[/i]

« Última modificação: 01 de Setembro de 2015, 22:09 por RedVC »