49794 - Tópico: Januário Barreto (Presidente)  (Lida 3860 vezes)

Slb-Ag

  • Eusébio
  • ******
  • Hallo!
  • Mensagens: 38138
  • 10 de Junho de 2012, 19:55

Nome Completo: JANUÁRIO Gonçalves BARRETO Duarte
Nacionalidade: Português
Data de Nascimento: 1877
Data de Falecimento: 1910
Cargo: Presidente (Sport Lisboa)
Eleito: 1º Mandato - 22-11-1906 / 1907
           2º Mandato - 1907 /1908
           3º Mandato - 1908 / 26-02-1909

« Última modificação: 10 de Junho de 2012, 20:10 por Shoky »

TJSF

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 39593
  • Não há melhor juiz que o tempo
  • 21 de Agosto de 2012, 20:06
Então ele e o Luis Carlos Faria Leal foram presidentes ao mesmo tempo?

RedVC

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 10130
  • Todos por um!
  • 21 de Agosto de 2012, 22:35
Tanto quanto sei numa primeira fase Januário Barreto foi presidente do Sport Lisboa enquanto que Luis Carlos Faria Leal foi presidente do Grupo Sport Benfica. Depois eventualmente Januário Barreto tornou-se presidente do Sport Lisboa e Benfica. No entanto não tenho a certeza destas minhas ideias. Seria interessante se alguém pudesse partilhar informação mais rigorosa.

Januário Barreto, antigo casapiano, figura de reputada elevação moral, cívica e desportiva terá sido muito importante na breve história do Sport Lisboa.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------
fonte: Record

A 22 de Novembro de 1906 foi eleita a primeira Direcção, presidida por Januário Barreto e que integrava Manuel Goularde (primeiro secretário) e Daniel Brito (tesoureiro). O novo líder, que sucedeu a José Rosa Rodrigues, foi uma figura carismática do desporto português. Em 1898 era jogador do Casa Pia e participou na primeira vitória lusa sobre os ingleses de Carcavelos.

Fez igualmente carreira como árbitro. Os jornais da época referiam-no como uma pessoa de elevadas qualidades morais. Dirigiu ainda a Liga Portuguesa de Futebol, falecendo a 23 de Junho de 1910. A Associação de Futebol de Lisboa criou um prémio anual com o seu nome, destinado ao jogador do Casa Pia que se distinguisse simultaneamente como atleta e estudante.

...

A precariedade do campo das Salésias e a necessidade de adquirir um terreno próprio marcaram o mandato de Januário Barreto. Outras modalidades, como atletismo, ciclismo e esgrima, começaram a ser testadas em competição.

A primeira grande crise

Januário Barreto teve em mãos a primeira grande crise do clube. Abril de 1907 não trouxe águas, mas sim fugas mil. Oito jogadores, queixando-se da falta de um campo próprio, abandonaram o Grupo Sport Lisboa e rumaram ao Sporting. O GSL subsistiu graças ao empenho de Cosme Damião e ao dinheiro de Félix Bermudes. Para garantir a participação no Campeonato de Lisboa de 1907/08, utilizaram-se jogadores da segunda categoria.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------

Segundo fontes do SCP (que para já me dispenso de colocar aqui) ele terá no entanto sido admitido como sócio do Sporting Clube de Portugal em Fevereiro de 1909, e em 4 de Janeiro de 1910 tornou-se no primeiro Presidente de um Conselho Fiscal do Clube. Faleceu em 23 de Junho de 1910 antes da implantação da Républica.

É preciso notar que nessa altura a rivalidade com o SCP era incipiente e na altura provavelmente a ideia mais lógica seria que o Sport Lisboa não sobreviveria à crise. Nessa altura emergiram figuras gigantes da história do Sport Lisboa: Cosme Damião, Felix Bermudes, Manuel Gourlade, e do Grupo Sport Benfica: Luis Carlos de Faria Leal. E assim se originou o Sport Lisboa e Benfica. Bem entendido, na minha opinião, pelo que li e escutei o Benfica foi fundado em 28-02-1904 pois claramente o Sport Lisboa  e o Sport Lisboa e Benfica têm numerosos e decisivos pontos em comum.  Lamento a falta de informação que existe acerca do Grupo Sport Benfica. Pela comparação com o Sport Lisboa seria interessante para tornar a situação ainda mais convincente.

Voltando a Januário Barreto, por mim esta eventual ligação ao SCP não me leva a considerar menos este homem que parece ter sido uma grande figura do desporto Português, fundador da Associação do Bem (juntando casapianos), Associação de Futebol de Lisboa (e ainda segundo algumas opiniões apenas por modéstia não terá incluído o seu nome nos fundadores do Sport Lisboa) entre outros factos.

Uma curiosidade final, retirada do excelente programa Episódio 76 do Vitórias e Património: Januário Barreto quando faleceu acabou por indrectamente proporcionar que a sua mulher Beatriz Ângelo tenha sido a primeira mulher a votar em Portugal. Depois os políticos mudariama a lei para durante longos anos evitar que isso acontecese outra vez. Hoje, o hosipital de Loures ostenta o nome desta mulher.
« Última modificação: 22 de Agosto de 2012, 00:54 por RedVC »

TJSF

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 39593
  • Não há melhor juiz que o tempo
  • 21 de Agosto de 2012, 22:46
Então foram mesmo presidentes ao mesmo tempo, até se fundirem.

RedVC

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 10130
  • Todos por um!
  • 21 de Agosto de 2012, 22:49
Então foram mesmo presidentes ao mesmo tempo, até se fundirem.

Muito provavelmente.

RedVC

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 10130
  • Todos por um!
  • 28 de Dezembro de 2013, 21:28
Hoje passei os olhos por um caderno de ABola relativo ao SCP.
Os primeiros capítulos são interessantes pois falam do período em que os 8 jogadores do Sport Lisboa foram para o SCP. Tal como me lembrava, não foram apenas esses jogadores:

Daniel Queirós dos Santos  (ex-Casa Pia, avançado ou defesa, viria a ser... presidente do SCP),

Albano dos Santos (ex-Campo de Ourique, médio, viria ainda a jogar no Império),

António Couto  (ex-Casa Pia, arquitecto, fundador da Associação do Bem, médio centro, escultor da estátua do Marquês de Pombal),

António Rosa Rodrigues  (Catatau, ex-Belem Football Club, avançado, jogaria episodicamente - 2 jogos - em 1909 no SLB),

Cândido Rosa Rodrigues (Catatau, ex-Belem Football Club, avançado, opinou mais tarde que o Sport Lisboa foi extinto antes da fundação do SLB),

Emílio de Carvalho (ex-Casa Pia, cinzelador, fundador da Associação do Bem, defesa no SL e guarda-redes no SCP),

Henrique Costa (que regressaria 1 ano depois para ser um grande defesa e capitão do SLB durante muitos anos e mais tarde fundador do CFB),

José da Cruz Viegas (ex-Belem Football Club, militar, defesa, ex-integrante do grupo dos Catataus, militar, o homem que esteve por trás das cores dos equipamentos e do emblema do Sport Lisboa),

mas também foram acompanhados por mais três outras grandes figuras do Sport Lisboa...

Januário Barreto (ex-Casa Pia, defesa, médico, fundador da Associação do Bem e da AFL e 2º presidente do Sport Lisboa...),

Francisco Santos (ex-casa Pia, ex-Lazio de Itália, fundador da Associação do Bem, o escultor da estátua da Liberdade e do Marquês de Pombal) e

José Rosa Rodrigues (o mais velho dos Catataus, 1º presidente do Sport Lisboa).


Ou seja, temos dois ex-presidentes do Sport Lisboa e saírem para o SCP.

Vejam só os detalhes curiosos acerca destes homens... Quantos mais estarão por saber?

Na minha opinião são todos imortais. Foram todos pioneiros de uma época fascinante, actores maiores dos primeiros dias do futebol minimamente organizado em Portugal.
« Última modificação: 30 de Dezembro de 2013, 10:10 por RedVC »

RedVC

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 10130
  • Todos por um!
  • 20 de Junho de 2015, 16:49
Aldeia do Souto (Covilhã), monumento de homenagem a Januário Gonçalves Barreto Duarte
ilustre Presidente do Sport Lisboa e Benfica:



Créditos: http://cavaca.blogs.sapo.pt/2014/01/23/

RedVC

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 10130
  • Todos por um!
  • 22 de Novembro de 2019, 08:49
Evocação do Dr. Januário Barreto, 1º presidente eleito da nossa História.


https://em-defesa-do-benfica.blogspot.com/2019/11/januario-barreto-113.html




Paz à sua Alma. Honra à sua memória.