Portugal

Quatro dias apenas depois da bem sucedida intentona de 28 de Maio de 1926, em Lisboa nascia Joaquim Fernandes, futuro jogador do Benfica, defesa-esquerdo, durante nove temporadas, figurante na história da Taça Latina, mas também na de outros acometimentos. Transição fez dos anos 40 e 50, com mais de duas centenas de participações em despiques de carácter oficial, circunstância que o coloca no primeiro pelotão (39º lugar) dos atletas mais utilizados em cem anos de vida do clube.

Chegou na temporada de 45/46, ano da morte do mítico Cosme Damião, timoneiro da nau benfiquista no começo da viagem, que também havia sido “médio-centro da equipa de honra, treinador, conselheiro e caixa de todos os jogadores que não tinham vintém”, segundo Cândido de Oliveira. Fernandes acabaria por fazer uma época sabática. O que lhe sobrava em vontade, faltava-lhe em experiência. Só realizou um jogo oficial, a contar para a Taça de Portugal, prova também do seu fetichismo, apesar da derrota (2-3) com o Atlético, na Tapadinha. No ano imediato, após começo letárgico do conjunto, garantiu a titularidade, esteve na série ininterrupta de 11 vitórias, mesmo assim insuficiente para chegar ao título, no início da era dos Violinos do Sporting. Participou também na inaudita marca de 13-1, com que o Benfica, por essa altura, assolou a Sanjoanense.

Até ao final da década, Fernandes transformou-se num dos irremovíveis, a mesma chancela de Félix, Jacinto, Francisco Ferreira, Moreira, Arsénio, Julinho e Rogério. Era essa a base do colectivo na pomposa empreitada que propiciou a conquista da Taça Latina. Mais Bastos, José da Costa, Corona, Rosário e Pascoal. Em ano formidável, com o Campeonato também na colecção dos despojos.

De resto, foi a única vez, ao longo do seu predomínio, que a orquestra rubra ousou, melodiosa e vibrantemente, silenciar a enleante homónima leonina. Se o Sporting arquitectou um inédito tetra no Campeonato, o tetra fez também o Benfica, mas na Taça, batendo em sucessivas finais o Atlético (2-1), a Académica (5-1), o Sporting (5-4) e o FC Porto (5-0). De permeio, em 49/50, anulada seria a edição da segunda prova mais importante do calendário da bola. Esfumou-se um possível penta, tanto mais que o cancelamento, ordenado pela FPF, ocorreu na bela temporada de 49/50. É que Portugal esteve a um passo de participar no Mundial do Brasil, face à desistência de alguma nações. O convite, esse, haveria, mais tarde, de ser declinado.

Joaquim Fernandes pendurou as botas em 53/54. De Moçambique, chegavam Costa Pereira, Mário Coluna e Naldo, este o seu presumível substituto. Por pouco tempo, já que Ângelo logo haveria de reclamar a posição, com os ditames que se conhecem. De Fernandes, no Benfica, vingou o preceito da regularidade.



Épocas no Benfica: 9 (45/54)

Jogos: 231

Títulos: 1CN, 4 TP, 1 Taça Latina

Texto: Memorial Benfica, 100 Glórias
Copiado de Ednilson

Primeiro jogo

Domingo, Junho 9, 1946 - 00:00

Estádio da Tapadinha ,

SL Benfica: António Martins, Álvaro Gaspar Pinto, Jacinto, Joaquim Fernandes, Rogério Pipi, Francisco Moreira, Francisco Ferreira, Arsénio, Julinho, Joaquim Teixeira, Mário Rui
Treinador: János Biri
Golos: Arsénio (53), Julinho ()

Último jogo

Domingo, Maio 23, 1954 - 00:00

Nacional do Jamor ,

SL Benfica: José Bastos, Ângelo Martins, Artur Santos, Joaquim Fernandes, Francisco Moreira, Francisco Calado, Rogério Pipi, Fernando Caiado, José Águas, Arsénio, Francisco Palmeiro
Treinador: José Alberto Valdivieso
Golos: Francisco Calado (77), Arsénio (34)

34664 - Tópico: Joaquim Fernandes  (Lida 8025 vezes)

XHITA

  • Eusébio
  • ******
  • Santiago, Chile. LONGE MAS SEMPRE PRESENTE!
  • Mensagens: 6359
  • Eusébio, The King
  • Sócio: 152745
  • 26 de Fevereiro de 2009, 09:24


Nome Completo: JOAQUIM FERNANDES Silva
Posição: Defesa Esquerdo
Nacionalidade: Português (Internacional A)
Data de Nascimento: 01-06-1926
Data de Falecimento: 25-02-2009
Número da Camisola: 3
Pé Preferido: Esquerdo


Épocas ao serviço do Benfica: 9
Total de Jogos pelo Benfica: 229
Total de Golos pelo Benfica: 1
Títulos pelo Benfica:
1 Taça Latina (1949/1950)
1 Campeonato Nacional (1949/1950)
4 Taças de Portugal (1948/1949; 1950/1951; 1951/1952; 1952/1953)


1945/1946
Jogos: 1

Golos: 0


1946/1947
Jogos: 22
Golos: 0

 
1947/1948
Jogos: 28
Golos: 0

 
1948/1949
Jogos: 30
Golos: 0

 
1949/1950
Jogos: 29
Golos: 0

 
1950/1951
Jogos: 31
Golos: 0

 
1951/1952
Jogos: 30

Golos: 0

1952/1953
Jogos:
32
Golos: 0


1953/1954
Jogos: 26
Golos: 1 (1 na Liga)
« Última modificação: 13 de Outubro de 2013, 22:49 por Shoky »

XHITA

  • Eusébio
  • ******
  • Santiago, Chile. LONGE MAS SEMPRE PRESENTE!
  • Mensagens: 6359
  • Eusébio, The King
  • Sócio: 152745
  • 26 de Fevereiro de 2009, 09:25
Um dos heróis da Taça Latina: Faleceu Joaquim Fernandes aos 82 anos

O Benfica ficou esta quarta-feira mais pobre com o falecimento de um dos heróis que conquistaram a Taça Latina, nos anos 50. Joaquim Fernandes, antigo lateral esquerdo, faleceu aos 82 anos.

Relembrar Joaquim Fernandes é sempre fácil, mercê da tremenda trajectória realizada de águia ao peito. Contou mais de 200 jogos realizados pelo Benfica (entre 1945 e 1954) e formou, com ídolos como Félix, José da Costa, Corona, Rosário, Pascoal, Jacinto, Francisco Ferreira, Moreira, Arsénio, Julinho e Rogério a base da equipa que conquistou a Taça Latina. Um campeonato nacional e quatro Taças de Portugal somaram ainda mais brilho a um currículo formidável.

O corpo deste nosso antigo jogador vai esta quarta-feira para a Igreja de Santa Eugénia, no Bairro da Encarnação, e sai quinta-feira para o cemitério dos Olivais, às 15 horas. Aos familiares e amigos, o Benfica endereça os sentimentos.

http://www.slbenfica.pt/Clube/Noticias/noticiasclube_falecimentojfernandes_250209_45114.asp

XHITA

  • Eusébio
  • ******
  • Santiago, Chile. LONGE MAS SEMPRE PRESENTE!
  • Mensagens: 6359
  • Eusébio, The King
  • Sócio: 152745
  • 26 de Fevereiro de 2009, 09:25
Que descanse em paz...  :bow2: :bow2:

ednilson

  • Eusébio
  • ******
  • Luis Filipe Vieira e os 83%
  • Mensagens: 39030
  • 26 de Fevereiro de 2009, 11:17
Mais uma das Glórias do Benfica que parte....
 
Joaquim Fernandes da Silva. Lisboa. 1 de Junho de 1926. Defesa.
Épocas no Benfica: 9 (45/54). Jogos: 231. Golos: 1. Títulos: 1 (Campeonato Nacional), 4 (Taça de Portugal) e 1 (Taça Latina).
Outros clubes: Torreense e Negage (Angola).


O chefe de Estado, Craveiro Lopes, felicita o
capitão do Benfica, Joaquim Fernandes, pela
conquista da Taça em 1953



Equipa 1948/1949

Quatro dias apenas depois da bem sucedida intentona de 28 de Maio de 1926, em Lisboa nascia Joaquim Fernandes, futuro jogador do Benfica, defesa-esquerdo, durante nove temporadas, figurante na história da Taça Latina, mas também na de outros acometimentos. Transição fez dos anos 40 e 50, com mais de duas centenas de participações em despiques de carácter oficial, circunstância que o coloca no primeiro pelotão (39º lugar) dos atletas mais utilizados em cem anos de vida do clube.

Chegou na temporada de 45/46, ano da morte do mítico Cosme Damião, timoneiro da nau benfiquista no começo da viagem, que também havia sido “médio-centro da equipa de honra, treinador, conselheiro e caixa de todos os jogadores que não tinham vintém”, segundo Cândido de Oliveira. Fernandes acabaria por fazer uma época sabática. O que lhe sobrava em vontade, faltava-lhe em experiência. Só realizou um jogo oficial, a contar para a Taça de Portugal, prova também do seu fetichismo, apesar da derrota (2-3) com o Atlético, na Tapadinha. No ano imediato, após começo letárgico do conjunto, garantiu a titularidade, esteve na série ininterrupta de 11 vitórias, mesmo assim insuficiente para chegar ao título, no início da era dos Violinos do Sporting. Participou também na inaudita marca de 13-1, com que o Benfica, por essa altura, assolou a Sanjoanense.

Até ao final da década, Fernandes transformou-se num dos irremovíveis, a mesma chancela de Félix, Jacinto, Francisco Ferreira, Moreira, Arsénio, Julinho e Rogério. Era essa a base do colectivo na pomposa empreitada que propiciou a conquista da Taça Latina. Mais Bastos, José da Costa, Corona, Rosário e Pascoal. Em ano formidável, com o Campeonato também na colecção dos despojos.

De resto, foi a única vez, ao longo do seu predomínio, que a orquestra rubra ousou, melodiosa e vibrantemente, silenciar a enleante homónima leonina. Se o Sporting arquitectou um inédito tetra no Campeonato, o tetra fez também o Benfica, mas na Taça, batendo em sucessivas finais o Atlético (2-1), a Académica (5-1), o Sporting (5-4) e o FC Porto (5-0). De permeio, em 49/50, anulada seria a edição da segunda prova mais importante do calendário da bola. Esfumou-se um possível penta, tanto mais que o cancelamento, ordenado pela FPF, ocorreu na bela temporada de 49/50. É que Portugal esteve a um passo de participar no Mundial do Brasil, face à desistência de alguma nações. O convite, esse, haveria, mais tarde, de ser declinado.

Joaquim Fernandes pendurou as botas em 53/54. De Moçambique, chegavam Costa Pereira, Mário Coluna e Naldo, este o seu presumível substituto. Por pouco tempo, já que Ângelo logo haveria de reclamar a posição, com os ditames que se conhecem. De Fernandes, no Benfica, vingou o preceito da regularidade.

 
:bow2:   :bow2:   :bow2:   :bow2:


Red skin

  • Eusébio
  • ******
  • Rei Eusébio!
  • Mensagens: 49521
  • #estátudoapensarnomesmo #sejaondefor #37
  • 26 de Fevereiro de 2009, 11:25
Merece uma grande homenagem!!! Que ajude o Benfica do outro mundo! :bow2:

46Rossi

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 66619
  • o Monstro e o Rei, Obrigado!!
  • 26 de Fevereiro de 2009, 12:18
Que descanse em paz!!!  :bow2: :cry2: :bow2:

Jonex

  • Capitão
  • ****
  • "E pluribus unum"-Vere BENFICA sanguis meus
  • Mensagens: 4148
  • 26 de Fevereiro de 2009, 12:40
Mais um "Águia" que voa no céu. Obrigado por tudo :slb2:

O_Glorioso

  • Eusébio
  • ******
  • Presidente? Treinador? Eu quero melhor, quero um pino!
  • Mensagens: 23051
  • 26 de Fevereiro de 2009, 13:13
Obrigado, campeão.

Descanse em paz...

Corrosivo

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 19736
  • 26 de Fevereiro de 2009, 14:39
Mais um gigante que o Benfica perdeu.

Que descanse em paz

Elvis the Pelvis

  • Eusébio
  • ******
  • This thorn in my side is from a tree i've planted, it tears me and i bleed...
  • Mensagens: 48072
  • 26 de Fevereiro de 2009, 15:38
Não conheço o Senhor, mas por ser uma glória do Benfica merece a minha admiração eterna.
 
Que descanse em paz!

Eagle Fly Free

  • Iniciado
  • *
  • Mensagens: 6036
  • 26 de Fevereiro de 2009, 19:18
Isto está lindo, está...
 
:(

Mercurio_10

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 26143
  • 26 de Fevereiro de 2009, 21:35
Que descanse em paz! Mais uma Glória que parte!

Jolipa

  • Sénior
  • ****
  • Mensagens: 2700
  • SLB
  • 26 de Fevereiro de 2009, 21:39
Pena se estarem a perder referências.

SevenStars

  • Velha Glória
  • *****
  • A minha Patria eh Benfica
  • Mensagens: 5309
  • A minha Patria eh o Benfica
  • 27 de Fevereiro de 2009, 00:04
Que descanse em paz! E que possa pugnar para que os que ficam se inspirem.
Com tantas partidas daqui a nada não temos campeões vivos.

Patrone

  • Iniciado
  • *
  • Mensagens: 6433
  • 27 de Fevereiro de 2009, 00:10
Descansa em paz, campeão! :pray: