Guarda-redes, 49 anos
Portugal
Stats: 13 épocas, 2 jogos (180 minutos), 0 golos
Títulos: Campeonato Nacional (8), Taça de Portugal (3)

30566 - Tópico: José Henrique, o "Zé Gato"  (Lida 24485 vezes)

Rodolfo Dias

  • Sénior
  • ****
  • Museu Rodolfo Dias, à cata de fotos e recortes.
  • Mensagens: 2102
  • Sport Vieira e Benfiquinha? Não, obrigado!
  • 01 de Abril de 2011, 14:48

Red skin

  • Eusébio
  • ******
  • Rei Eusébio!
  • Mensagens: 49534
  • #estátudoapensarnomesmo #sejaondefor #37
  • 09 de Agosto de 2011, 12:54
O estilo mantem-se intacto!

BEKAMBOL

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 23658
  • Gosto do S.L.Benfica e do Site.
  • 09 de Agosto de 2011, 12:57
Fabuloso, um grande senhor do mundo do futebol, um grande guarda-redes do nosso Glorioso Sport Lisboa e Benfica.... :flagglorioso: :flagglorioso: :slb2: :slb2: :slb2: :bandeiraslb2: :bandeiraslb2:
« Última modificação: 09 de Agosto de 2011, 13:01 por BEKAMBOL »

tquaresma

  • Sénior
  • ****
  • Mensagens: 1271
  • Que orgulho ver-te com esta braçadeira
  • Sócio: 29 567
  • 03 de Setembro de 2011, 11:48
tenho o prazer e a honra de conhecer este SENHOR.
Foi enorme entre os postes, foi gigante na fidelidade ao Benfica, e hoje é único enquanto ser humano.
Grande Zé Gato!

Shoky

  • Colaborador
  • ******
  • Mensagens: 193094
  • 18 de Outubro de 2011, 17:30


Nome Completo: JOSÉ HENRIQUE Rodrigues Marques
Posição: Guarda-Redes
Nacionalidade: Português (Internacional A)
Data de Nascimento: 18-05-1943
Número da Camisola: 1
Pé Preferido: Direito



Épocas ao serviço do Benfica: 13
Total de Jogos pelo Benfica: 299
Total de Golos Sofridos pelo Benfica: 216
Títulos pelo Benfica:
8 Campeonatos Nacionais (1967/1968; 1968/1969; 1970/1971; 1971/1972; 1972/1973; 1974/1975; 1975/1976; 1976/1977)
3 Taças de Portugal (1968/1969; 1969/1970; 1971/1972)


1966/1967
Jogos: 2
Golos Sofridos: 3 (0 na Liga)

1967/1968
Jogos: 39
Golos Sofridos: 32 (19 na Liga)

1968/1969
Jogos: 36
Golos Sofridos: 30 (15 na Liga)

1969/1970
Jogos: 33
Golos Sofridos: 25 (10 na Liga)

1970/1971
Jogos: 35
Golos Sofridos: 28 (17 na Liga)

1971/1972
Jogos: 41
Golos Sofridos: 24 (16 na Liga)

1972/1973
Jogos: 36
Golos Sofridos: 23 (13 na Liga)

1973/1974
Jogos: 26
Golos Sofridos: 20 (17 na Liga)

1974/1975
Jogos: 23
Golos Sofridos: 10 (5 na Liga)

1975/1976
Jogos: 21
Golos Sofridos: 16 (7 na Liga)

1976/1977
Jogos: 4
Golos Sofridos: 4 (1 na Liga)

1977/1978
Jogos: 0
Golos Sofridos: 0

1978/1979
Jogos: 3
Golos Sofridos: 1 (1 na Liga)


Actualizado.

Saïd Old Roof

  • Sénior
  • ****
  • O Rodolfo Dias do SerBenfiquista.
  • Mensagens: 1049
  • Abutre #1.253
  • Sócio: concentradíssimo!
  • 14 de Fevereiro de 2012, 17:43
No pós-Benfica.


Fonte: "Diário de Lisboa" de 11 de Dezembro de 1979.


Fonte: "Diário de Lisboa" de 15 de Dezembro de 1979.

Pedro Marques

  • Eusébio
  • ******
  • A razão da experiência é menos importante que a própria experiência.
  • Mensagens: 18239
  • 18 de Maio de 2012, 00:56
Parabéns, senhor José Henrique!

69 anos!

JoséTorres

  • Eusébio
  • ******
  • Jose Torres, O Bom Gigante
  • Mensagens: 17275
  • Sócio: 254***
  • 18 de Maio de 2012, 10:10
Muitos Parabéns Sr. José Henrique!

Zé Gato  :metal: :metal: :metal:

faneca_slb4ever

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 139667
  • 18 de Maio de 2012, 18:16
"Zé Gato” fez 69 anos
José Henrique na Benfica TV: Surpreendido pela família


José Henrique, o célebre “Zé Gato”, comemorou, esta sexta-feira, 69 anos. No dia do seu aniversário, o antigo guarda-redes “encarnado” esteve na Benfica TV, onde foi surpreendido por vários amigos e familiares.
 
Foram várias as pessoas que não quiseram deixar de homenagear o antigo guarda-redes do Benfica, num dia tão especial para José Henrique.
 
O Clube também não quis deixar passar em branco este dia e no programa “Em Linha” da Benfica TV, “Zé Gato” recebeu os parabéns em directo dos antigos jogadores do Benfica António Simões e José Augusto, Toni, antigo jogador e treinador do Clube, e ainda os filhos de Manuel Bento, Rogério e Miguel Bento.
 
Também a família quis prestar uma homenagem e surpreendeu “Zé Gato” com um bolo de aniversário. Quando entraram em estúdio, José Henrique não escondeu a emoção. “Isto não, isto não estava no programa. Já me enganaram”, brincou.

http://aovivo.slbenfica.pt/Noticias/DetalhedeNoticia/tabid/790/ArticleId/22782/language/pt-PT/Jose-Henrique-na-Benfica-TV-Surpreendido-pela-familia.aspx

Zlatan

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 56145
  • 20 de Abril de 2013, 18:35
José Henrique Marques. Arrentela. 18 de Maio de 1943. Guarda-redes.
Épocas no Benfica: 12 (66/77 e 78/79). Jogos: 298. Títulos: 8 (Campeonato Nacional) e 3 (Taça de Portugal).
Outros clubes: Arrentela e Atlético. Internacionalizações: 15.



Se, na Margem Sul do Tejo, o alfobre Barreiro ganhou destaque ao conduzir farto contingente de jogadores para o Benfica, há também os exemplos da Moita, do Montijo e de Almada. Na mesma faixa geográfica, do Seixal, da popular Arrentela, haveria de chegar à Luz, pouco depois da gesta dos Magriços, um guarda-redes de nome José Henrique, que no Atlético Clube de Portugal tinha demonstrado surpreendente vocação. Cedo passou a Zé Gato, cuja significância andará muito perto de adjectivações como felino, ágil ou veloz. Ou talvez todas elas.

Viviam-se tempos de incerteza na baliza do Benfica. O melhor guarda-redes até então, Costa Pereira, estava no ocaso da carreira. Nascimento fez, durante alguns meses, a transição. José Henrique, por seu turno, não demorou a conquistar a confiança e logo partiu para uma duradoura etapa com o estatuto de intocável. Era já o dono das redes, quando participou na final da Taça dos Clubes Campeões Europeus, em Londres, frente ao Manchester United. No prolongamento, coincidindo com o sobressalto benfiquista, sofreu três golos, mas nem por isso deixaria de seduzir a exigente imprensa britânica.

Em Portugal, rivalizava com Vítor Damas. O sportinguista era mais elegante, mais bonito a defender, dir-se-ia. Mais José Henrique revelou-se mais eficaz. E desalojou o seu concorrente da equipa nacional, cumprindo 15 chamadas, 14 das quais consecutivas, sendo de evidenciar a presença na Minicopa. Batido apenas foi a cinco minutos do final, por Jairzinho, no triunfo do Brasil sobre Portugal, com o superlotado Maracanã em desespero, perante a forma como se apunha ao ataque dos então campeões mundiais.



Eram os tempos da hegemonia absoluta do Benfica intramuros. Em 11 anos, venceu oito Campeonatos e três Taças de Portugal, chegando quase às três centenas de partidas oficiais. Nos últimos anos, teve Bento a morder-lhe os calcanhares. Não se acabrunhou, resistindo na fase inicial, mas acabando por ceder a defesa da baliza ao seu companheiro e amigo.

No Verão de 79, o Benfica prestou-lhe uma justa homenagem. De resto, ao serviço do clube se tem mantido, desenvolvendo trabalho muito apreciado no futebol juvenil. Por ele têm passado várias promessas e algumas certezas, como o caso de Moreira.

José Henrique foi sempre a imagem estampada da simplicidade. Parece que nunca soube quem foi, o que fez, quanto fez. Sabem-no, seguramente, os adeptos do Benfica.


Tópico: Memorial Benfica, Glórias
Autor: Ednilson
Link: http://serbenfiquista.com/forum/index.php?topic=22362.105

G10

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 25478
  • 03 de Maio de 2013, 04:47

RedVC

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 9140
  • Todos por um!
  • 03 de Maio de 2013, 22:29
Costa Pereira - José Henrique - Bento!
Isto é que foi uma linha de sucessão. Pontualmente existiram outros nomes mas estes foram grandes. Depois veio a dupla Neno Silvino e por fim Preud'Homme.

José Henrique dizia o meu pai era um grande guarda redes e um jogador muito popular. Os números indicam grandes épocas e uma grande dedicação ao nosso clube.

Ruud

  • Moderador
  • *
  • Mensagens: 76635
  • "Analisar, treinar e evoluir" - Lage - 17/01/2019
  • 18 de Maio de 2013, 12:31
Parabéns. :)

zappendrix

  • Sénior
  • ****
  • Espinho
  • Mensagens: 1926
  • 07 de Abril de 2015, 12:16

Para a história do futebol português,três grandes guarda-redes no mesmo clube: Manuel Bento, José Henrique e António Fidalgo. Histórico.
Juntos, na mesma equipa, no Benfica, em vários anos da década de 70.

Joaquim Ferreira Bogalho

  • Eusébio
  • ******
  • Lisboa
  • Mensagens: 14218
  • 07 de Abril de 2015, 12:48
Costa Pereira - José Henrique - Bento!
Isto é que foi uma linha de sucessão. Pontualmente existiram outros nomes mas estes foram grandes. Depois veio a dupla Neno Silvino e por fim Preud'Homme.

José Henrique dizia o meu pai era um grande guarda redes e um jogador muito popular. Os números indicam grandes épocas e uma grande dedicação ao nosso clube.


Eu diria que esta linha de sucessão - José Bastos, Costa Pereira, José Henrique, Bento, Silvino, Preud´Homme, Enke - foi excelente...Neno foi o único no meio de todos os que referi que foi titular em duas/três épocas que, creio, não ter sido uma aposta brilhante...Depois de Enke é que veio a mediania, até Oblak, por meia época e, agora, Júlio César, em mais meia época...