País
Portugal

Épocas no Benfica ( como jogador): 9 (07/16)
Épocas no Benfica ( como treinador): 18 (1908/1909 a 1925/1926)

Jogos: 76
Golos: 14

Títulos: 4 C. Lisboa como jogador, 8 C. Lisboa como treinador

Foi fundador, treinador e dirigente, recebendo a "Águia de Ouro"
Foi o técnico que esteve mais tempo à frente da equipa ( 18 épocas)

Estatísticas

Primeiro jogo

Carcavelos SC 4 x 1 SL Benfica

Domingo, Novembro 17, 1907 - 00:36

Campo da Quinta Nova ,

SL Benfica: João Persónio, Henrique Teixeira, Leopoldo Mocho, Cosme Damião, Marcolino Bragança, Félix Bermudes, António Meireles, Eduardo Corga, António Costa, Luís Vieira, António Alves
Treinador: Manuel Gourlade
Golos: António Alves ()

Último jogo

Lisboa FC 0 x 3 SL Benfica

Domingo, Janeiro 23, 1916 - 16:30

SL Benfica: Stock, Henrique Costa, Leopoldo Mocho, Francisco Belas, Cosme Damião, Cândido de Oliveira, Artur Augusto, Herculano, Francisco Pereira, Carlos Sobral, Alberto Rio
Treinador: Cosme Damião
Golos: Francisco Pereira (), Francisco Pereira (), Alberto Rio ()

Títulos

Notícias relacionadas

Nenhum item encontrado

30282 - Tópico: Cosme Damião  (Lida 101275 vezes)

Shoky

  • Colaborador
  • ******
  • Mensagens: 174643
  • 18 de Agosto de 2008, 01:55


Nome Completo: COSME DAMIÃO
Posição: Médio Centro
Nacionalidade: Português (Internacional A)
Data de Nascimento: 02-11-1885
Data de Falecimento: 11-06-1947
Número da Camisola: ?
Pé Preferido: Direito


Épocas ao serviço do Benfica: 9
Total de Jogos pelo Benfica: 67
Total de Golos pelo Benfica: 9*
Títulos pelo Benfica:
5 Campeonatos de Lisboa (1909/1910; 1911/1912; 1912/1913; 1913/1914; 1915/1916)

1907/1908
Jogos: 8
Golos: 2

1908/1909
Jogos: 7
Golos: 2

1909/1910
Jogos: 10
Golos: 3*

1910/1911
Jogos: 6
Golos: ?*

1911/1912
Jogos: 6
Golos: ?*

1912/1913
Jogos: 7
Golos: ?*

1913/1914
Jogos: 10
Golos: 1*

1914/1915
Jogos: 8
Golos: 1
 
1915/1916
Jogos: 5
Golos: 0



Como Treinador/Jogador e Treinador:
Épocas completas no Benfica: 18
Total de Jogos pelo Benfica: 171
Total de Vitórias pelo Benfica: 110
Títulos pelo Benfica:
8 Campeonatos de Lisboa (1909/1910; 1911/1912; 1912/1913; 1913/1914; 1915/1916; 1916/1917; 1917/1918; 1919/1920)




*Possivel falta de alguns golos, pois em certas épocas não é possivel identificar com certeza alguns marcadores de golos nos inicios do século XX.
« Última modificação: 08 de Outubro de 2017, 23:45 por administrador »

Ronald1nh0

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 14002
  • 18 de Agosto de 2008, 06:07
Faltava!!!
 :bow2: :bow2: :bow2: :bow2: :bow2: :bow2: :bow2: :bow2: :bow2: :bow2:

The Hurricane

  • Capitão
  • ****
  • Mensagens: 3196
  • 21 de Agosto de 2008, 17:40
Claro que faltava Shoky!!!!! O0


 :slb2: :slb2: :slb2: :slb2: :slb2: :slb2: :slb2: :slb2: :slb2: :slb2: :slb2: :slb2: :slb2: :slb2: :slb2: :slb2:

Berna®

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 15487
  • e pluribus unum
  • 21 de Agosto de 2008, 22:33
pois claro!  O0

Snyper

  • Sénior
  • ****
  • AVEIRO
  • Mensagens: 2415
  • 21 de Agosto de 2008, 22:53
 A minha maior referência no mundo benfiquista... Como este não haverá outro.

E PLURIBUS UNUM AD ETERNUM

cervejas

  • Iniciado
  • *
  • Mensagens: 141
  • 23 de Agosto de 2008, 20:07
Criou um mito! :bandeiraslb:

SevenStars

  • Velha Glória
  • *****
  • A minha Patria eh Benfica
  • Mensagens: 5263
  • A minha Patria eh o Benfica
  • 24 de Agosto de 2008, 14:46
Faltava, sim senhor!
Ele foi o Benfica! E ainda o é na nossa memória!

groingsid

  • Velha Glória
  • *****
  • Mensagens: 4725
  • 24 de Agosto de 2008, 16:08
Agradeço a este ENORME monstro da nossa história o maior amor da minha vida. Eterno como tudo o que é mais eterno na vida.

AMO-TE BENFICA!

OBRIGADO COSME DAMIÃO!

Manel dos Anzois

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 14942
  • 22 de Setembro de 2008, 03:11
Cosme Damião

« Última modificação: 22 de Setembro de 2008, 03:18 por Manel dos Anzois »

Joga Bonito

  • Eusébio
  • ******
  • O CAMPEÃO VOLTOU!!!
  • Mensagens: 44238
  • Vó & Vó: Ficaram juntas para SEMPRE! :-)
  • 22 de Setembro de 2008, 09:15
Épocas no Benfica ( como jogador): 9 (07/16)
Épocas no Benfica ( como treinador): 18 (1908/1909 a 1925/1926)

Jogos: 76
Golos: 14

Títulos: 4 C. Lisboa como jogador, 8 C. Lisboa como treinador

Foi fundador, treinador e dirigente, recebendo a "Águia de Ouro"
Foi o técnico que esteve mais tempo à frente da equipa ( 18 épocas)




Faltava não? ;)

Cuidado Shoky. se calhar ainda vem aqui alguém perguntar porque é que este não vai a votação também!

Elvis the Pelvis

  • Eusébio
  • ******
  • This thorn in my side is also from a tree i've planted, it tears me and i bleed...
  • Mensagens: 46710
  • 22 de Setembro de 2008, 13:15
Não fosse ele, e não existia este enorme Clube. :bow2:

Apollo15

  • Capitão
  • ****
  • Mensagens: 4455
  • Sócio: 123129
  • 22 de Setembro de 2008, 17:29

Nome: Cosme Damião
Data de nascimento: 02/11/1885, em Lisboa
Posição: Médio
Épocas no Benfica como jogador: 9 (07-16)
Primeiro jogo: 17/11/1907 (Carcavelos, 1-4 em Carcavelos)
Treinador: Manuel Gourlade (português)
Último Jogo: 23/01/1916 (Lisboa FC, 3-0 em Sete Rios)
Treinador: Cosme Damião (português)
Primeiro Golo: 08/12/1907 (Cruz Negra, 3-0 no Campo Grande)
Último Golo: 28/02/1915 (Império, 6-1 no Lumiar)
Títulos como Jogador: 4 CL
Outros Clubes: não tem
Internacionalizações: não tem

1907-08: 8J 2G
1908-09: 7J 2G
1909-10: 10J 3G
1910-11: 6J 0G
1911-12: 6J 0G
1912-13: 7J 0G
1913-14: 10J 0G
1914-15: 8J 1G
1915-16: 5J 0G
Total: 67J 8G

Como treinador:
Épocas: 18 (08-26)
Primeiro jogo: 04/10/1908 (Ajudense, 5-0 em Lisboa)
Último jogo: 18/03/1926 (Vit. Setúbal, 2-2 nas Amoreiras)
Títulos: 8 CL
Balanço: 157 jogos, 102 vitórias, 21 empates e 34 derrotas

Pequena biografia by Almanaque do Benfica, edição centenário:

Foi fundador, jogador, técnico, dirigente, capitão geral e jornalista: Cosme Damião fez quase de tudo pelo Benfica (só não foi presidente e porque não quis) e é justamente reconhecido como o homem mais importante da instituição no primeiro quarto de século. Como disse Ribeiro dos Reis: "Ele foi o Benfica nos primeiros 25 anos". Está explicado.
Ex-aluno do Casa Pia, foi um dos 24 fundadores do Sport Lisboa, em 1904, mais tarde Sport Lisboa e Benfica. Como jogador, foi médio centro de bons recursos técnicos. Quando completou 30 anos, na época 1915-16, optou pelo abandono. Escolheu o particular com o Fortuna de Vigo (derrota por 2-0) para se despedir de uma forma discreta. Sem medalhas, louvores ou aplausos. Simplesmente arrumou o equipamento e foi para o campo, já vazio, apreciar a paisagem.
Como dirigente, dedicou-se de corpo e alma ao projecto clubístico e ficou intimamente ligado à continuação da colectividade nos momentos mais críticos, como a deserção de oito jogadores para o Sporting, em 1907. Com grande capacidade de liderança e persuasão, resolveu sempre os maiores problemas com inteligência e discrição. Ajudou ainda à implementação de desportos 'esquisitos', como o hóquei em campo.



Pequena biografia by Benfica os primeiros 100 anos, edição especial visão 2004:

Cosme Damião
A alma do Benfica


Mais do que um nome, um símbolo do Sport Lisboa e Benfica, o seu primeiro Capitão-Geral foi a alma do clube durante os primeiros vinte cinco anos de vida. Nesse período, «ele foi o Benfica», como disse uma vez Ribeiro dos Reis. Fez tudo, desde jogar (a médio-centro até Fevereiro de 1916) até treinar a equipa (de 1908 a 1926!). financiando não poucas vezes o clube, abrindo secções e formentando o eclectismo (foi guarda-redes de hóquei em campo, fixou as regras do hóquei em patins e arbitrou o primeiro desafio desta modalidade, em 1917), presidindo (foi o primeiro director de cena!) ao Grupo Dramático fundado em 1916 e contribuindo para encontrar as primeiras instalações na Baixa de Lisboa. Como treinador, levou a equipa de primeiras categorias à conquista de oito títulos de campeão de Lisboa. Foi um dos fundadores do Sport Lisboa, em 1904, fazendo parte do grupo de 24 homens que estiveram na reunião da Farmácia Franco. Mas a acta da reunião, manuscrita por Cosme, não incluía o seu nome.
Em 1907, quando da primeira crise, que levou oito jogadores benfiquistas a saírem para o Sporting, foi ele que assumiu a permanência do clube, relançando-o e construindo rapidamente um conjunto que, três anos depois, seria a primeira equipa portuguesa a vencer o Campeonato de Lisboa. Foi o grande obreiro da fusão com o Sport Clube de Benfica, e em 1911 apresentou o primeiro plano de expansão do clube, que levaria à prática nos anos seguintes. Foi, a partir do início dos anos vinte, o maio entusiasta da construção do Estádio das Amoreiras, inaugurado em 1925.
Em 1926, no entanto, protagonizaria uma dramática ruptura, ao recusar-se a aceitar o cargo de presidente do clube, para o qual acabara de ser eleito. Tinha organizado o Benfica à sua maneira e não aceitava a contestação ao seu longo consulado, que se começara a esboçar. Afastou-se da direcção e nunca mais fez parte dos corpos dirigentes do clube, até à sua morte, em 1947.
Foi fundador, estratega, praticante, treinador, encenador, organizador e dirigente. Nenhum outro benfiquista merece mais do que ele que, um dia, alguém se lembre de dar o seu nome a um estádio, a um pavilhão, a um campo de treinos. Um grande clube não pode ignorar quem o fez crescer.

O_Glorioso

  • Eusébio
  • ******
  • Presidente? Treinador? Eu quero melhor, quero um pino!
  • Mensagens: 23051
  • 23 de Setembro de 2008, 02:03
Palavras para quê?

 :bow2: :bow2: :bow2:

Bola7

  • Eusébio
  • ******
  • San Sebastian
  • Mensagens: 121647
  • Perdido no limbo do serbenf
  • 23 de Setembro de 2008, 09:51
não o conheci... :coolsmiley:

Corrosivo

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 19754
  • 23 de Setembro de 2008, 18:25
não o conheci... :coolsmiley:

neste fórum se alguem o viu jogar foste tu  ;D