64480 - Tópico: Feminino | Torneio de Abertura, 2ªJ: SL Benfica - Sporting CP, Sex 20 Set 22h00  (Lida 53842 vezes)

TeamRocket37

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 28165
  • Team Rocket à velocidade da luz vai atacar o 38!
  • 18 de Agosto de 2019, 12:49
Tricampeã mundial, Piquero enfrenta desafio em Portugal

Aug 18, 2019

Uma das grandes figuras do Hóquei em Patins mundial no feminino, Marta Piquero terá – a par de Adriana Gutièrrez, reforço do Sporting – a “responsabilidade” de elevar o nível do campeonato português.

Ainda antes de completar 21 anos – no passado dia 29 de Julho – a jogadora que irá reforçar o Benfica sagrou-se tricampeã mundial, triunfando em Barcelona depois de já ter triunfado em Iquique (Chile, 2016), chamada pelo então seleccionador feminino Alejandro Dominguez, e Nanjing (China, 2017). Mas o currículo de Marta Piquero não se esgota nos mundiais – e no Europeu de 2018 – ganhos por La Roja.

Pelo Gijón, onde estava desde os 15 anos, a asturiana conquistou as OK Liga de 2016/17 e 2017/18 e as Taças da Rainha de 2016 e 2019, conquistando ainda uma Liga Europeia, em 2018, na Luz, que agora será a sua casa. Nessa final europeia, apresentou-se aos adeptos do Benfica com uma exibição tremenda, coroada com dois golos.

De certa forma, Piquero ocupará o “lugar” de Aina Arxé, primeira aposta das águias nas jogadoras do país vizinho. A jogadora catalã chegou do Voltregà – onde regressa agora – mas acabou por não ter o impacto que alguns poderiam esperar, apesar de não ser, como já é Piquero, uma das figuras de proa da OK Liga.

Piquero remata para o 3-5, primeira vantagem de dois golos na final, que depois a Espanha saberia gerir

Após a conquista do Mundial em Barcelona, em declarações ao HóqueiPT, Marta Piquero congratulou-se com o terceiro título consecutivo, numa final complicada (e emotiva) com a Argentina, em que a jogadora que reforçará o Benfica bisou.

A caminho de Portugal, a asturiana confessou-se apostada em desfrutar do Hóquei em Patins, conhecendo já muitas jogadoras das competições internacionais, mas vê complicado que o campeonato português possa ombrear a curto-prazo com a competitiva OK Liga. Talvez possa crescer com a aposta dos “clubes grandes”…

Para manter a sua hegemonia, “ameaçada” pelo projecto leonino que levou as gémeas Rita e Rute Lopes, o Benfica aposta não só em Piquero, como no regresso da chilena Macarena Ramos.

Paulo Almeida terá assim à sua disposição as guarda-redes Margarida Brandão (ex-CACO) e Maria Celeste Vieira e as jogadoras de pista Ana Arsénio, Andreia Leal, Inês Vieira, Macarena Ramos (ex-Cerdanyola), Maria Sofia Silva, Marlene Sousa, Marta Piquero (ex-Gijón) e Sofia Contreiras (ex-Stuart).


http://hoqueipt.com/artigo.aspx?id=3070

A parte da Piquero substituir a Arxé, o gajos do hoqueipt já são visionários da Piquero jogar a defesa :D

Então podemos dizer que a Sofia Contreiras a suplente do Stuart é a substituta da Rita Lopes LOL

TeamRocket37

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 28165
  • Team Rocket à velocidade da luz vai atacar o 38!
  • 21 de Agosto de 2019, 11:54
Leitoas já começaram e nós quando começamos os trabalhos de pré-época?!

Parece que só começaram com 8 jogadoras. 2 Gr + 6 jogadoras de campo.

Ainda faltam 2 jogadoras a eles para preencher o plantel.
« Última modificação: 21 de Agosto de 2019, 13:27 por TeamRocket37 »

TeamRocket37

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 28165
  • Team Rocket à velocidade da luz vai atacar o 38!
  • 21 de Agosto de 2019, 19:34
Veronica Caretta a gr sensação da selecção italiana no Mundial com 18 anos acaba de assinar pelo Voltregá campeão europeu.

As suas fantásticas exibições no Mundial perante Portugal e Alemanha na fase de grupos, nos quartos de final perante a França e na meia final contra a Espanha, aonde conseguiu suster a armada espanhola até ao prolongamento.

Itália fez 4º lugar o melhor resultado desde de 1996 em Mundial Femininos.

Gostava que o Benfica tivesse a visão para ir buscar jogadoras de outros mercados.

Maldini

  • Eusébio
  • ******
  • Porto de Mós
  • Mensagens: 14673
  • 21 de Agosto de 2019, 19:37
Veronica Caretta a gr sensação da selecção italiana no Mundial com 18 anos acaba de assinar pelo Voltregá campeão europeu.

As suas fantásticas exibições no Mundial perante Portugal e Alemanha na fase de grupos, nos quartos de final perante a França e na meia final contra a Espanha, aonde conseguiu suster a armada espanhola até ao prolongamento.

Itália fez 4º lugar o melhor resultado desde de 1996 em Mundial Femininos.

Gostava que o Benfica tivesse a visão para ir buscar jogadoras de outros mercados.

Visão ...Benfica ...modalidades... tudo na mesma frase ...não combina

TeamRocket37

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 28165
  • Team Rocket à velocidade da luz vai atacar o 38!
  • 21 de Agosto de 2019, 19:42
Veronica Caretta a gr sensação da selecção italiana no Mundial com 18 anos acaba de assinar pelo Voltregá campeão europeu.

As suas fantásticas exibições no Mundial perante Portugal e Alemanha na fase de grupos, nos quartos de final perante a França e na meia final contra a Espanha, aonde conseguiu suster a armada espanhola até ao prolongamento.

Itália fez 4º lugar o melhor resultado desde de 1996 em Mundial Femininos.

Gostava que o Benfica tivesse a visão para ir buscar jogadoras de outros mercados.

Visão ...Benfica ...modalidades... tudo na mesma frase ...não combina

Ao contrário do masculino, aqui no hoquei feminino o mercado é mais abrangente, há boas jogadoras de vários países que seriam muito mais úteis que margarida brandão, ana arsénio, andreia leal e sofia contreiras.
« Última modificação: 21 de Agosto de 2019, 19:44 por TeamRocket37 »

TeamRocket37

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 28165
  • Team Rocket à velocidade da luz vai atacar o 38!
  • 21 de Agosto de 2019, 19:53
Espanha
Palau
Manlleu
Gijon
Voltregá

França
Coutras
Merignac
Noisy
Nantes

Alemanha
Iserlohn
Remscheid
Cronenberg
Bison Calenberg

Suiça
Vordemwald
Diessbach
Montreux

Itália
Montebello
Matera

Portugal
Benfica

Vamos ver quantas confirmam a sua presença na Liga Europeia Feminina.

TeamRocket37

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 28165
  • Team Rocket à velocidade da luz vai atacar o 38!
  • 21 de Agosto de 2019, 21:11
Plantel para 2019/2020

Inês Caldeira (GR)- Ex- Stuart HCM
Cláudia Vicente (GR)- Ex- CA Campo Ourique
Rita Lopes- Ex- SL Benfica
Rute Lopes- Ex- SL Benfica
Ana Catarina Ferreira- Ex- Stuart HCM
Carla Masclans- Ex- Stuart HCM
Tânia Freire "Pulga"- Ex- Stuart HCM
Sofia Moncóvio- Ex- Stuart HCM
Adriana Gutiérrez- Ex- CP Voltregà (ESP)
Rita Carvalho- Ex- APAC Tojal
Inês Sobral- Ex- UDC Nafarros

Treinadora- Andreia Barata

TeamRocket37

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 28165
  • Team Rocket à velocidade da luz vai atacar o 38!
  • 22 de Agosto de 2019, 11:23
Plantel para 2019/2020

Inês Caldeira (GR)- Ex- Stuart HCM
Cláudia Vicente (GR)- Ex- CA Campo Ourique
Rita Lopes- Ex- SL Benfica
Rute Lopes- Ex- SL Benfica
Ana Catarina Ferreira- Ex- Stuart HCM
Carla Masclans- Ex- Stuart HCM
Tânia Freire "Pulga"- Ex- Stuart HCM
Sofia Moncóvio- Ex- Stuart HCM
Adriana Gutiérrez- Ex- CP Voltregà (ESP)
Rita Carvalho- Ex- APAC Tojal
Inês Sobral- Ex- UDC Nafarros

Treinadora- Andreia Barata

Nós temos a melhor guarda-redes, 2 melhores jogadoras do campeonato e a melhor suplente.
Até o Paulo Almeida sendo fraco é melhor que a Andreia Barata LOL.
A única coisa Sporting ganha ao Benfica é que tem 3 jogadoras de banco que vão entrar na rotação Moncóvio Pulga e a Masclans e o Benfica tem apenas a Maria Sofia Silva.

Será interessante perceber o 1º embate no Torneio da APL. 
Benfica usa o Torneio da APL para sua pré-época, se utilizar a mesma forma de pensar a pré-época.

Somos ligeiramente favoritos.

Lá vai o tempo dos derbys entre Fund. Nortecoope e CD Nortecoope



Agora vão ser Benfica e Sporting e nunca esta modalidade em Portugal teve a visibilidade que vai ter.

TeamRocket37

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 28165
  • Team Rocket à velocidade da luz vai atacar o 38!
  • 22 de Agosto de 2019, 11:27
A Fundação Nortecoope pôs um ponto final no hóquei feminino, dias depois de ter conquistado mais uma Taça de Portugal, que juntou ao Campeonato Nacional.

Em 10 anos, a equipa da Maia ganhou mais de 30 títulos (campeonatos, Taças de Portugal e Supertaças), mas, segundo Joaquim Faria, líder do emblema desde 1997, não há incentivo para continuar: “Não sabemos o que andamos aqui a fazer. A decisão foi emocionalmente muito difícil, com grandes danos, mas não há competição e os calendários não estão bem feitos”, criticou o dirigente, recordando que o campeonato arrastou-se injustificadamente até meio de julho.

Joaquim Faria, de 78 anos, aponta as culpas à FPP, denunciando o mau momento do hóquei feminino: “A federação devia pugnar para que este desporto fosse mais aliciante, torná-lo visível e apetecível para as pessoas”, defendendo ainda que “o hóquei feminino peca logo por estar misturado com o masculino, a patinagem artística e as corridas de patins. As coisas não são compatíveis e dá uma grande confusão”.

Adeus definitivo

Sobre a possibilidade de um dia voltar a formar equipa, Joaquim Faria diz que dificilmente haverá um volte-face porque não há vontade das entidades: “Não há aliciantes em ganhar, porque não há respeito. A federação não faz nada para o hóquei erguer-se. Não é uma atividade visível. Não há incentivos para nada. Nem um telegrama de felicitações.”

Quanto ao futuro das atletas, algumas deixarão de jogar, enquanto outras serão repescadas pelos outros clubes. “Optámos por esta triste data por ter acabado a temporada”, justificou o dirigente.

Passado 1 década continua quase tudo igual...

BlankFile

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 122072
  • 22 de Agosto de 2019, 14:05
A Fundação Nortecoope pôs um ponto final no hóquei feminino, dias depois de ter conquistado mais uma Taça de Portugal, que juntou ao Campeonato Nacional.

Em 10 anos, a equipa da Maia ganhou mais de 30 títulos (campeonatos, Taças de Portugal e Supertaças), mas, segundo Joaquim Faria, líder do emblema desde 1997, não há incentivo para continuar: “Não sabemos o que andamos aqui a fazer. A decisão foi emocionalmente muito difícil, com grandes danos, mas não há competição e os calendários não estão bem feitos”, criticou o dirigente, recordando que o campeonato arrastou-se injustificadamente até meio de julho.

Joaquim Faria, de 78 anos, aponta as culpas à FPP, denunciando o mau momento do hóquei feminino: “A federação devia pugnar para que este desporto fosse mais aliciante, torná-lo visível e apetecível para as pessoas”, defendendo ainda que “o hóquei feminino peca logo por estar misturado com o masculino, a patinagem artística e as corridas de patins. As coisas não são compatíveis e dá uma grande confusão”.

Adeus definitivo

Sobre a possibilidade de um dia voltar a formar equipa, Joaquim Faria diz que dificilmente haverá um volte-face porque não há vontade das entidades: “Não há aliciantes em ganhar, porque não há respeito. A federação não faz nada para o hóquei erguer-se. Não é uma atividade visível. Não há incentivos para nada. Nem um telegrama de felicitações.”

Quanto ao futuro das atletas, algumas deixarão de jogar, enquanto outras serão repescadas pelos outros clubes. “Optámos por esta triste data por ter acabado a temporada”, justificou o dirigente.

Passado 1 década continua quase tudo igual...
Com a grande diferença de que Benfica e Sporting estão presentes na modalidade. Se fosse hoje, talvez a Fundação Nortecoope não desistisse.
« Última modificação: 22 de Agosto de 2019, 14:24 por BlankFile »

Rui Salvaterra

  • Iniciado
  • *
  • Almada
  • Mensagens: 219
  • 22 de Agosto de 2019, 17:22
o hóquei feminino peca logo por estar misturado com o masculino, a patinagem artística e as corridas de patins. As coisas não são compatíveis e dá uma grande confusão”.

Hoje existe o desejo da junção das competições no mesmo calendário, Supertaça, Finalfour da Taça de Portugal e derbys para dar maior visibilidade ao feminino.

Os Rollergames foi a forma de juntar todas as disciplinas para projetar um maior mediatismo a todas elas.

Outros tempos, outras vontades!

TeamRocket37

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 28165
  • Team Rocket à velocidade da luz vai atacar o 38!
  • 22 de Agosto de 2019, 17:56
o hóquei feminino peca logo por estar misturado com o masculino, a patinagem artística e as corridas de patins. As coisas não são compatíveis e dá uma grande confusão”.

Hoje existe o desejo da junção das competições no mesmo calendário, Supertaça, Finalfour da Taça de Portugal e derbys para dar maior visibilidade ao feminino.

Os Rollergames foi a forma de juntar todas as disciplinas para projetar um maior mediatismo a todas elas.

Outros tempos, outras vontades!


Concordavam ver a Marlene Sousa e o Reinaldo Garcia recebendo as 2 supertaças ao mesmo tempo?

TeamRocket37

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 28165
  • Team Rocket à velocidade da luz vai atacar o 38!
  • 25 de Agosto de 2019, 22:44
Amanha começa os trabalhos da equipa feminina de hóquei.

Este ano será o "ANO DA MODALIDADE EM PORTUGAL".

Marta Piquero já esta em Lisboa.

anarcos

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 9104
  • O SLB exige um presidente benfiquista.
  • 26 de Agosto de 2019, 22:54
Já se trabalha.


TeamRocket37

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 28165
  • Team Rocket à velocidade da luz vai atacar o 38!
  • 26 de Agosto de 2019, 23:49
Paulo Almeida para Marta Piquero:

- Marta aqui no Benfica o 2º lugar e o 1º dos últimos.