5709 - Tópico: Luís Filipe Vieira, Presidente do Benfica  (Lida 25022877 vezes)

tiago_alexx

  • Velha Glória
  • *****
  • cracovia
  • Mensagens: 4694
  • Quem?eu?
  • Hoje às 03:32
A ladainha dos salario eh um camiao de areia daqueles tipicos da estrutura orelhuda. Como se nao houvesse premios de assinatura

K9Pitbull

  • Capitão
  • ****
  • Figueira da Foz
  • Mensagens: 3767
  • E PLURIBUS UNUM
  • Hoje às 06:33
Não percebo como é que Benfiquistas, a cada vez que se fala de RGS, caem logo em cima dele e não o considerem como sendo uma alternativa séria a LFV.

E passo a explicar porquê:

1 - é um homem de negócios de sucesso

2 - não foi responsável pela ruína e fecho de nenhum clube

3 - foi dos poucos (senão o único) a bater com a porta por estar em desacordo com o Vieira quando o mais fácil e o mais confortável seria ficar lá a receber o tacho

4 - tem ideias com pés e cabeça com as quais qualquer Benfiquista se identifica (aposta em jogadores bons e feitos como também aposta no Seixal, projecto Europeu, etc.)

5 - Acusam-no de mentir. Só poderão provar isso se um dia ocupar o cargo. Entretanto, o Benfica tem um presidente que mente desde que está instalado no poleiro!

6 - É Benfiquista

7 - Nunca se ouviu notícias em que pudesse estar envolvido a algo ilegal

Por isso, caros Benfiquistas pro Vieira e contra RGS, expliquem-se por favor.

Muito obrigado.

Apostar no RGS como principal opositor é 4/5 de caminho andado para o LFV permanecer.

Mal por mal, prefiro abster-me.

Rica explicação. Muito obrigado por me elucidar desta maneira.


Não acredito que haja candidato ideal. Para une RGS sera excelente, para outros não. Tal como não existe a mulher ideal. So estando la é que poderiamos saber.

Mas continuar com um péssimo presidente (que pelos vistos nem teria o direiro de la estar se os estatutos fossem cumpridos) com medo de se ficar igual ou pior é a pior decisão a tomar se a ideia e a vontade é de evoluir.

Queres que explique?

Então aqui vai.

Primeiro não gosto do seu percurso profissional e político, sempre encostado a uma facção de um partido e reconhecido membro da maçonaria.
Quando fez parte do governo foi um autêntico flop, mostrou ser mais um político voluntarioso mas pouco prediposto à seriedade e ao trabalho.

Foi desde cedo um convicto apoiante de LFV. Quando começou a constatar que os críticos externos, com peso mediático, foram sendo inseridos no seio da direcção (como o Moniz), sentiu-se despeitado e decidiu preparar uma estratégia de tomada do poder.

Nada contra que se queira candidatar, bem entendido, desde que venha por bem.

Só que também em termos de estratégia, nada vejo de sério, estruturado e planificado que permita ao Benfica dar um passo em frente.
Vejo uma estratégia mediática, baseada na visibilidade televisiva e nuns avençados da internet, para convencer as massas. Isto é, só vejo populismo e do mais básico.

De resto, ler um texto do mesmo é excruciante. Não sabe escrever e faz-me supor que o seu raciocinio lógico não esteja a 100%.

Mas desde quando é que o RGS pertence à Maçonaria?

E está explicado, não gostas do RGS principalmente porque não gostas do partido a que ele pertence.

Desde sempre. Faz parte da loja Universalis.

Nem sei porque é que tenho de estar a dar justificações, qualquer pessoa que veja televisão vê o personagem que ali está.


PS: sou social-democrata.

Tens de dar justificações porque tu afirmaste que o RGS pertence à maçonaria.

Pois eu não acredito minimamente nisso.
Creio já ser do conhecimento geral há alguns anos. Basta fazer uma pesquisa.

Conhecimento geral não é de certeza.

Rumores não contam.
https://www.maconariaportugal.com/52-como-eles-falavam-de-maconaria-escutas-do-processo-portucale

O que não faltam são politicos ou muito próximos aos mesmos ligados à maçonaria quer  no governo, quer a nivel de concelhia por este pais fora. Conheço alguns na minha zona, uns mais conhecidos outros mais desconhecidos, inclusive transexuais.
« Última modificação: Hoje às 06:44 por K9Pitbull »