64482 - Tópico: Época 2019/2020  (Lida 10426 vezes)

Tamarindus

  • Capitão
  • ****
  • Mensagens: 3777
  • 17 de Junho de 2019, 22:12
O Jogo fala hoje que o treinador do Ismai Rui Silva vai ser adjunto do Anti nos lagartos.

Estão a replicar com o Anti o que o Porto fez com o Magnus ao adicionar o Martingo. O Rui Silva é boa opção, excelente trabalho no ISMAI.

Boa estratégia.

FaithNoMore

  • Eusébio
  • ******
  • Benfica - Lisboa
  • Mensagens: 12998
  • Quanto maiores somos,mais inveja criamos
  • Sócio: 10.356
  • 18 de Junho de 2019, 01:50
Depois da derrota do Basket,vai ser feito all in nessa modalidade a nivel de orçamento,esqueçam lá o central para aqui e mais um possivel avançado no hóquei ou mais uma defesa no hóquei feminino.

Coluna The Great

  • Eusébio
  • ******
  • Braga
  • Mensagens: 6176
  • Venha um treinador a sério!
  • 18 de Junho de 2019, 08:12
Depois da derrota do Basket,vai ser feito all in nessa modalidade a nivel de orçamento,esqueçam lá o central para aqui e mais um possivel avançado no hóquei ou mais uma defesa no hóquei feminino.
Infelizmente tambem me parece que sera por aí

Apollo_22

  • Capitão
  • ****
  • Benavente
  • Mensagens: 3804
  • Este e que vinha para o andebol benfiquista!!!
  • 18 de Junho de 2019, 18:22
O Lisboa por ter sido um craque não tem de ser endeusado... Nem tem de ser um grande treinador... Que não é.

A camisola dele no tecto do pavilhão podia ter a de Ricardinho do futsal... De Valter Neves do hóquei, de Hugo Gaspar no volei... Só para dar alguns exemplos... Que estão para as suas modalidades com carreiras mais recheadas e projectadas que ele para o basket...

Posto isto... Deve sair de treinador... E não deve servir de desculpa para falta de investimento nas modalidades.

Toda a gente sabe que muito do dinheiro é a "fundo perdido" pois estas não dão retorno em transferências ou direitos televisivos... Mas também é pacífico que nem a estrutura é boa nem se trabalha bem no que toca a patrocínios, conjugação de jogos com o futebol, bilheteira,prospecção... Nada... Posto isto... Se querem sucesso e caminho fácil (o único para quem sabe pouco da poda) é investir e bem... Podem ir reforçando a estrutura com competência e optimizar investimento com mais calma... Deixem-se de desculpas. Benfica não compete para perder.
« Última modificação: 18 de Junho de 2019, 18:25 por Apollo_22 »

Dealer 88

  • Velha Glória
  • *****
  • Oliveira de Azemeis
  • Mensagens: 5738
  • AMO-TE BENFICA!!
  • 19 de Junho de 2019, 00:11
O Lisboa por ter sido um craque não tem de ser endeusado... Nem tem de ser um grande treinador... Que não é.

A camisola dele no tecto do pavilhão podia ter a de Ricardinho do futsal... De Valter Neves do hóquei, de Hugo Gaspar no volei... Só para dar alguns exemplos... Que estão para as suas modalidades com carreiras mais recheadas e projectadas que ele para o basket...

Posto isto... Deve sair de treinador... E não deve servir de desculpa para falta de investimento nas modalidades.

Toda a gente sabe que muito do dinheiro é a "fundo perdido" pois estas não dão retorno em transferências ou direitos televisivos... Mas também é pacífico que nem a estrutura é boa nem se trabalha bem no que toca a patrocínios, conjugação de jogos com o futebol, bilheteira,prospecção... Nada... Posto isto... Se querem sucesso e caminho fácil (o único para quem sabe pouco da poda) é investir e bem... Podem ir reforçando a estrutura com competência e optimizar investimento com mais calma... Deixem-se de desculpas. Benfica não compete para perder.

Quando referes os investimentos "a fundo perdido" nas modalidades, isso é em grande parte verdade, no entanto há modalidades que podem ser mais rentabilizadas do que outras.

- O hóquei patins é um mercado muito pequeno e é impossível obter retorno do investimento que se faz, por outro lado é o que nos dá mais probabilidades de obter títulos internacionais;

- O basquetebol é de longe a modalidade onde temos menos hipóteses de brilhar a nível internacional, é cara e tal como no caso do hóquei é sempre para tentar ter o mínimo de prejuízo possível;

- O voleibol está num meio termo, as equipas portuguesas já começam a recolher algum respeito a nível internacional e penso que temos de dar um passo em frente e pôr a nossa equipa na Champions, os prize moneys e os patrocínios dessa prova poderiam pelo menos compensar o investimento na equipa;

- O andebol é uma modalidade claramente em expansão no nosso país, a nossa selecção e as nossas equipas já começam a bater-se com as melhores equipas da Europa, e penso que tal como no voleibol poderíamos e deveriamos fazer um esforço para ir à Champions ou pelo menos fazer algo semelhante ao que o fcp fez este ano na EHF, é a par do basquetebol a modalidade com maior exposição mediática na Europa (não estou a contar com o futebol);

- O futsal está em expansão e penso que em poucos anos vai se tornar na modalidade de pavilhão mais seguida a nível mundial, é um parente pobre do futebol mas que em poucos anos irá  movimentar muitos milhões, penso que uma eventual entrada nos jogos olímpicos (que parece inevitável) irão disparar os valores envolvidos nesta modalidade. Acho que no futuro esta será a modalidade onde inclusivamente poderemos obter retorno do investimento, ou não estivessemos a falar de futebol.


Tirando o basquetebol e o hóquei que para mim são casos perdidos em termos de investimento, nas outras 3 modalidades de pavilhão ainda há muito que pode ser feito!

JMiguel23

  • Iniciado
  • *
  • Mensagens: 602
  • 19 de Junho de 2019, 22:58
Em termo europeus o Basket acaba por ser a modalidade de pavilhão mais cara e que por outro lado mais enche pavilhões de grande dimensão.
O nivel está tão elevado que em Espanha um pavilhão da Liga ACB tem de ter no mínimo de 5.000 lugares. O Real Madrid e outros clubes tem centro de treinos e de formação construídos especificamente para o basket! O Buducnost Podorica era o clube com menor orçamento na EuroLeague do ano passado com 5.8M€ (basicamente uma excepção) e o Real com o maior (42M€) mas o normal é terem um orçamento mínimo de 10M€.

O prize money não compensa nem de perto esses orçamentos. Não achei dados da EuroLeague mas a EuroCup distribui 4M€ e a Champions League 5.2M€ aos clubes participantes (20k€ e 50k€ por estar na fase de grupos e 450k€ e 1M€ pela vitória na competição respectivamente).

A diferença está na exposição mediática que essas competições trazem aos clubes e consequentemente patrocínios e acordos de TV que acabam por ajudar a pagar os orçamentos.

Curiosamente é a modalidade em que Portugal é mais fraco que está bem mais longe do topo.

No voley, a CEV distribui 3.5M€ aos clubes que participam na CEV Champions League. Para o vencedor são 0.4M€.

Spoiler (clique para mostrar e esconder)

No Andebol o vencedor da EHF Champions League deve receber pelo menos cerca de 0.5M€ pela vitória na competição.

Face o investimento e o retorno financeiro/desportivo vale a pena investir tanto no Basket em Portugal?


Pessoalmente deixava o basket para o ultimo lugar de prioridades de investimento nas 5 modalidades de pavilhão (ou melhor, não deixava no topo) mesmo com a tradição que o clube tem (conquistada muito pelo periodo de Lisboa como jogador).

BudSpencer

  • Capitão
  • ****
  • Mensagens: 3372
  • 19 de Junho de 2019, 23:35
O Sporting Clube de Portugal informa que terminou a ligação profissional que mantinha com o jogador da equipa principal de andebol Cláudio Pedroso.

Esperemos que fique em Portugal. Se voltasse à Madeira ainda seria um grande reforço.
Por mim pode ficar no Continente na Madeira ou ir para o Sri Lanka........foda-se com os anos que andámos a levar com este câncro!!!!!

BudSpencer

  • Capitão
  • ****
  • Mensagens: 3372
  • 19 de Junho de 2019, 23:56
O ano passado também iamos ficar a milhas de sermos campeões e não ficámos em segundo porque não calhou, este ano podemos ate ser inferiores mas a diferença de qualidade encurtou muito, temos a obrigação de ganhar todos os jogos com as equipas mais pequenas, e ganhar alguns dos jogos grandes.

Chegou a altura de o treinador meter a equipa a render muito mais, porque este ano não existem desculpas para não lutar pelo titulo, o pessoal continua a bater nos pontas mas eles não são assim tão maus, e se a equipa melhora no geral, mesmo os jogadores mais "fracos" subirão naturalmente.

Não vou nessa conversa de quem sem os pontas somos os coitadinhos, mesmo sem reforços para essas zonas temos que ser candidatos, não me venham com tretas.
Este pessoal nunca está contente com nada.....se viessem novos pontas seria os fisioterapeutas ou os roupeiros!!!!!
É todos os anos a mesma treta......o Sr.Treinador pago a peso de ouro e recebido com foguetes é que têm de mostrar mais eu diria muito mais.........