63017 - Tópico: Época 2018/2019  (Lida 186859 vezes)

Carlsberg87

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 21214
  • 15 de Janeiro de 2019, 18:50
Quando é que o Sénica apresenta o novo seleccionador nacional?!

Carlsberg87

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 21214
  • 15 de Janeiro de 2019, 23:42


Novara

Massimo Cunegatti
Eurico Mariotti
Massimo Mariotti
Alberto Orlandi
Francesco Amato
Pablo Cairo
Alejandro Cairo

Carlsberg87

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 21214
  • 16 de Janeiro de 2019, 00:28
Ordonez 5/9 LD
Adroher 1/8 LD
Casanovas 1/6 PEN

gonçalo alves
4/5 ld
4/8 pen

ferran font
6/11 ld

tomas moreira
9/16 ld

Pedro Henriques
11/12 ld
7/10 pen
« Última modificação: 16 de Janeiro de 2019, 00:32 por Carlsberg87 »

BlankFile

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 116944
  • 16 de Janeiro de 2019, 00:29
Ordonez 5/9 LD
Adroher 1/8 LD
Casanovas 1/6 PEN

gonçalo alves
4/5 ld
4/8 pen

Estranha ineficácia do Casanovas nos penalties.

Carlsberg87

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 21214
  • 16 de Janeiro de 2019, 00:45
http://hoqueipt.com/artigo.aspx?id=2635&fbclid=IwAR3rchfXn_VqyRENJvAoWEswYirhEzFx5DVU8H0GEk7KGRV63SKG6jvzD7I

Alejandro Dominguez estreou-se este sábado no comando técnico do Benfica com uma vitória sobre a Juventude de Viana, por 5-3.

Albert Casanovas – jogador que parece talismã de Domínguez - adiantou os encarnados aos quatro minutos, de grande penalidade, mas Gonçalo Suissas repôs a igualdade cinco minutos volvidos. Impondo um ritmo vivo, característico das equipas do técnico argentino, Jordi Adroher e Carlos Nicolia fizeram o 3-1 com que se chegaria ao intervalo.

Pedro Henriques foi decisivo, nas bolas paradas, na estreia vitoriosa de Alejandro Dominguez

O Benfica assumia o jogo, mas os vianenses, bem organizados defensivamente, reduziriam por Remi Herman para a vantagem mínima, novamente reposta por Francisco Silva depois de Lucas Ordoñez fazer o quarto dos encarnados.

Jordi Adroher fez o 5-3, que viria a ser final, ainda com largos 15 minutos para jogar. O Benfica continuaria a procurar o golo, mas, a seis minutos do final, chegado às 14 faltas e com um penalti desperdiçado por Francisco Silva, foi momento de cautelas, com Alejandro Dominguez a reconhecer em conferência de imprensa a importância de garantir os três pontos.

André Azevedo e a Juventude de Viana “apadrinharam” a estreia de Alejandro Dominguez à frente dos encarnados, sem facilitarem em nada a missão do técnico argentino que esta segunda-feira completou 48 anos.

O técnico vianense apontou um Benfica diferente e congratulou-se com a exibição da sua equipa, que teve a preparação complicada pelas alterações esperadas - mas desconhecidas em concreto - no modelo de jogo dos encarnados. André lamentaria a falta de eficácia nas bolas paradas, que poderiam valer mesmo a conquista de pontos. Os vianenses transformaram em golo apenas uma de seis oportunidades…


A ESTREIA EM 2009, FRENTE AO BENFICA

Alejandro Dominguez chegou a treinador principal em 2009, porventura antes do que estaria à espera. Depois de apenas uma temporada com o mítico Carlos Figueroa no comando, o Reus “entregou” uma equipa que se acabava de sagrar vencedora da Liga Europeia (37 anos depois) ao adjunto dessa época.

Em conferência de imprensa, o novo técnico encarnado não escondeu a admiração por Valter Neves… que já estava no Benfica quando Alejandro se estreou como técnico principal

Num defeso agitado, marcado por rumores de dificuldades económicas, o argentino veria partir Pedro Gil (hoje no Sporting) para o Porto, Marc Gual (agora no Barcelona) para o Liceo, um muito jovem Matías Platero (também agora no Sporting) foi cedido ao Tenerife, e a referência Toni Sanchez (hoje director-desportivo do Reus) saiu para assinar, já com a época iniciada, pelo Benfica.

Para colmatar as baixas, foram recrutados os experientes italianos Alessandro e Mirko Bertolucci (ex-Follonica), Francesc Gil (ex-Lleida, e hoje responsável pelo sucesso da Eurockey) e um jogador, formado no Reus, mas que representara o Mataró na temporada anterior em busca de afirmação: Albert Casanovas.

Albert Casanovas e Jordi Adroher estiveram às ordens de Dominguez no Reus e na selecção espanhola e voltam a estar, agora de águia ao peito

A preparação dessa temporada de estreia como técnico-principal ficou marcada pela participação no Torneio Zé Dú, em Angola, com o Liceo – que viria a ganhar o torneio -, a selecção angolana, os argentinos do Andes Talleres, e os portugueses da Juventude de Viana… e do Benfica.

A estreia no torneio, naquele que terá sido o primeiro jogo como treinador principal de Alejandro depois de duas semanas de trabalho físico em Reus, foi mesmo frente ao emblema que agora defende. O Benfica, também com novo treinado - o agora presidente da FPP, Luís Sénica - venceria por 6-4 com golos de Ricardo Pereira (hoje no Vasco da Gama), Caio (Sporting) e dois jogadores que são já históricos nos encarnados: Diogo Rafael marcaria três golos e Valter Neves um.

Em 2009, Diogo Rafael “apadrinhou” a estreia de Alejandro Dominguez com um hat-trick
Ao Reus dessa altura, sobra um jogador. Bem, um elemento do plantel. O então capitão Jordi Garcia era esteio defensivo e agora é o treinador dos “rojinegros”, onde, por curiosidade, tem às suas ordens Tiago Rafael, jogador das águias em 2009.

alves6

  • Capitão
  • ****
  • Porto
  • Mensagens: 4332
  • 16 de Janeiro de 2019, 00:53
Ordonez 5/9 LD
Adroher 1/8 LD
Casanovas 1/6 PEN

gonçalo alves
4/5 ld
4/8 pen

Estranha ineficácia do Casanovas nos penalties.
Acompanhei na Oliveirense e era raro falhar.

Carlsberg87

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 21214
  • 16 de Janeiro de 2019, 15:33
Tomar é a 4ª melhor defesa do campeonato.

Benfica deve começar a trabalhar para trazer o Diogo Alves para gr do Benfica.

Um clube como Benfica se quer ganhar tudo em Portugal Europa e Mundo tem de ter 2 bons gr prontos para entrar em qualquer momento do jogo contra qualquer adversário.

Diogo Alves é da formação do Benfica, inclui-se na percentagem do nosso presidente dos 25% do plantel ser da formação.

Pedro Henriques e Diogo Alves ficamos com gr para uma década descansados.


Carlsberg87

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 21214
  • 17 de Janeiro de 2019, 19:16


O Digno sucessor do Sergi Panadero

Carlsberg87

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 21214
  • 17 de Janeiro de 2019, 23:59
Mérignac eliminado da WS Europe Cup por falta de treinador na ficha de jogo

Depois de OC Barcelos e Dornbirn, também o Mérignac é eliminado na secretaria pela WS Europe, por não ter apresentado treinador na ficha de jogo da primeira mão dos oitavos de final da WS Europe Cup. Este castigo implica que a partida da segunda mão, frente ao Wolfurt, já nem se realize, pelo que os austríacos esperam agora pelo adversário nos quartos de final, que sairá da eliminatória entre Voltregà e Juventude de Viana. Recorde-se que o regulamento da organização europeia refere que o clube seja eliminado desde logo por uma falta de comparência, caso que agora afeta o emblema gaulês.

Texto retirado do zerozero.pt
https://www.zerozero.pt/news.php?id=239956

Esta palhaçada tem de acabar, é só merdas para matar o hóquei, ele está morto, não precisam de matar mais.

1ª vez da história que uma equipa da Áustria chega aos quartos de final da prova?!
Alguém sabe?

Parabéns ao Wolfurt