22916 - Tópico: Rui Costa, Administrador da SAD do Benfica  (Lida 3401662 vezes)

Petrov_Carmovich

  • Capitão
  • ****
  • Garotão-Guerrilheiro SB - Vieira RUA! (LX-Peniche)
  • Mensagens: 3868
  • 16 de Novembro de 2018, 20:14
Ainda não perceberam que o próximo presidente do Benfica tem de ser alguém com amor ao clube, e que saiba delegar a parte financeira a alguém (ou responsabilizar-se ele mesmo) e que tenha também competência?

Eu acredito que há pessoas com perfil para isso, mas apenas não querem é entrar num ringue de boxe com as probabilidades quase todas contra elas. Nem estou a falar de Gomes da Silvas, Bagões Félixes (é assim que se escreve?) ou Searas...apenas alguém competente e benfiquista que tenha um plano bem definido e com um caminho mais do agrado da grande maioria dos sócios e adeptos deste grande clube.

Vejo gente aqui que fala do Benfica como se só a parte empresarial interessasse. Tudo bem, mas se o futebol se rege por racionalidade e regras a serem cumpridas, rege-se ainda mais pela emoção ou então alguma coisa lá pelo meio das duas. Mas não tirem a parte emocional do clube por favor.

Foi o que nos fez grandes em muitos momentos da nossa história.
« Última modificação: 16 de Novembro de 2018, 22:36 por Petrov_Carmovich »

hlourencoam

  • Capitão
  • ****
  • Mensagens: 4055
  • Benfica até morrer!!!
  • 17 de Novembro de 2018, 02:00
Ainda não perceberam que o próximo presidente do Benfica tem de ser alguém com amor ao clube, e que saiba delegar a parte financeira a alguém (ou responsabilizar-se ele mesmo) e que tenha também competência?

Eu acredito que há pessoas com perfil para isso, mas apenas não querem é entrar num ringue de boxe com as probabilidades quase todas contra elas. Nem estou a falar de Gomes da Silvas, Bagões Félixes (é assim que se escreve?) ou Searas...apenas alguém competente e benfiquista que tenha um plano bem definido e com um caminho mais do agrado da grande maioria dos sócios e adeptos deste grande clube.

Vejo gente aqui que fala do Benfica como se só a parte empresarial interessasse. Tudo bem, mas se o futebol se rege por racionalidade e regras a serem cumpridas, rege-se ainda mais pela emoção ou então alguma coisa lá pelo meio das duas. Mas não tirem a parte emocional do clube por favor.

Foi o que nos fez grandes em muitos momentos da nossa história.

A parte empresarial importa e muito. Num modo geral conta para aí uns 70%. Quem não for um bom gestor é melhor nem se quer pisar os escritórios do Benfica. Qualquer clube agora é um empresa e tem que gerar lucro porque se não fecha portas. Claro que ser benfiquista, perceber de futebol entre outras vertentes relacionadas com o desporto em si também é importante mas se não for um bom gestor é melhor cagar para o cargo de presidente. Ser presidente não é para qualquer um ainda para mais para um clube como o Benfica.

hlourencoam

  • Capitão
  • ****
  • Mensagens: 4055
  • Benfica até morrer!!!
  • 17 de Novembro de 2018, 02:08
Não tem perfil nem inteligência para ser presidente do Glorioso... Que se mantenha por onde está...

Nota, o Benfica não presisa de um presidente com amor ao clube, o Benfica precisa de um bom gestor. O Benfica é uma empresa e tem de ser gerido como tal... Basta ver o que aconteceu do outro lado da 2a Circular... Um presidente adepto que nada percebia de gestão...

Sent from my ONEPLUS A6003 using Tapatalk

Epá, discordo totalmente.

O Benfica precisa como Presidente de alguém que entenda o que é Benfiquismo. Não precisa de saber de futebol, como não precisa de saber de pólo aquático. Tem que saber da história do Benfica, dos seus valores, dos seus princípios.

Para gerir o clube estão cá os sócios. Colectivamente representados na direcção eleita, que submete, discute e cumpre os planos de actividades e orçamentos aprovados e dá contas da sua actividade nos relatórios de contas.

Gerir um clube como uma empresa? Nada mais falso e perigoso. As empresas são geridas para dar dinheiro aos accionistas e adminsitradores até ao ponto de serem falidas para garantir o lucro de quem decide. O Benfica é maior que qualquer empresa, que qualquer gestor. O Benfica é do povo, dos seus sócios. É a estes que tem que prestar contas e é com estes que tem que decidir os caminhos do seu futuro.

Os clubes não podem ser os antros de negociatas que são as empresas. O Benfica ainda menos. O Benfica tem que ser dirigido com a honestidade e frontalidade que se exige num clube popular que cresceu da vontade dos seus fundadores e cresceu às costas dos seus sócios e adeptos. Foi essa ideia do "clube-empresa" que criou este desligamente entre o sentir dos sócios e adeptos e a direcção e o caminho que esta vai seguindo. O passado e o futuro do Benfica não passaram e não passarão por aí.

O Benfica tem que ser gerido sim como uma empresa. O Sport Lisboa e Benfica além de ser um grandioso clube, também é uma grande empresa. Quem não souber gerir esta grande empresa que gera milhões por ano mais vale nem se quer se candidatar. Não basta ser só um grande benfiquista e conhecer a história do clube, etc. Se o clube é para ser gerido pelos sócios então isto está excelente digo-te já. O Benfica precisa é de alguém que seja grande benfiquista, bom gestor e que perceba minimamente de futebol além de cumprir e respeitar os valores do clube. Não precisamos de niguém que só perceba de cimento e tijolo ou de pneus.

Petrov_Carmovich

  • Capitão
  • ****
  • Garotão-Guerrilheiro SB - Vieira RUA! (LX-Peniche)
  • Mensagens: 3868
  • 17 de Novembro de 2018, 13:29
Não tem perfil nem inteligência para ser presidente do Glorioso... Que se mantenha por onde está...

Nota, o Benfica não presisa de um presidente com amor ao clube, o Benfica precisa de um bom gestor. O Benfica é uma empresa e tem de ser gerido como tal... Basta ver o que aconteceu do outro lado da 2a Circular... Um presidente adepto que nada percebia de gestão...

Sent from my ONEPLUS A6003 using Tapatalk

Epá, discordo totalmente.

O Benfica precisa como Presidente de alguém que entenda o que é Benfiquismo. Não precisa de saber de futebol, como não precisa de saber de pólo aquático. Tem que saber da história do Benfica, dos seus valores, dos seus princípios.

Para gerir o clube estão cá os sócios. Colectivamente representados na direcção eleita, que submete, discute e cumpre os planos de actividades e orçamentos aprovados e dá contas da sua actividade nos relatórios de contas.

Gerir um clube como uma empresa? Nada mais falso e perigoso. As empresas são geridas para dar dinheiro aos accionistas e adminsitradores até ao ponto de serem falidas para garantir o lucro de quem decide. O Benfica é maior que qualquer empresa, que qualquer gestor. O Benfica é do povo, dos seus sócios. É a estes que tem que prestar contas e é com estes que tem que decidir os caminhos do seu futuro.

Os clubes não podem ser os antros de negociatas que são as empresas. O Benfica ainda menos. O Benfica tem que ser dirigido com a honestidade e frontalidade que se exige num clube popular que cresceu da vontade dos seus fundadores e cresceu às costas dos seus sócios e adeptos. Foi essa ideia do "clube-empresa" que criou este desligamente entre o sentir dos sócios e adeptos e a direcção e o caminho que esta vai seguindo. O passado e o futuro do Benfica não passaram e não passarão por aí.

O Benfica tem que ser gerido sim como uma empresa. O Sport Lisboa e Benfica além de ser um grandioso clube, também é uma grande empresa. Quem não souber gerir esta grande empresa que gera milhões por ano mais vale nem se quer se candidatar. Não basta ser só um grande benfiquista e conhecer a história do clube, etc. Se o clube é para ser gerido pelos sócios então isto está excelente digo-te já. O Benfica precisa é de alguém que seja grande benfiquista, bom gestor e que perceba minimamente de futebol além de cumprir e respeitar os valores do clube. Não precisamos de niguém que só perceba de cimento e tijolo ou de pneus.

hlourencoam, tudo bem, apenas não quero venha alguém que só pense no lado empresarial do clube, ou seja de vistas somente analíticas ou de contabilidade. Também não quero um clone do Vieira. Quero alguém que saiba juntar a emoção à razão.

pguerreiro

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 13388
  • 17 de Novembro de 2018, 13:59
Respeito quem pensa que nos levantaríamos sempre, mas foi um caminho longo e difícil, não foram só bonecos como Manuel Damásio e Vale e Azevedo, João Santos não conseguiu inverter as asneiras de Fernando Martins e Jorge de Brito apenas as atenuou por via de injeção de dinheiro pessoal. Reerguemo-nos e a nossa situação longe de ser óptima é bastante positiva, isso não se faz sem bons profissionais. Olhamos e temos uma situação financeira estável, Infraestruturas, até plantéis competitivos é daí não se pode dissociar o senhor do tópico/prospecção. Isto foi conseguido por via de Benfiquismo e competência, combinados, caso contrário a mixórdia entre os negócios, vida pessoal de LFV e a gestão do Benfica não teria o melhor resultado. Só que agora chegamos aqui, depois de termos recuperado a auto-estima cada passo que damos afasta-nos de um Benfica mas forte dentro e fora das 4 linhas. Estamos a treinadores de distância de nos tornarmos verdadeiramente um caso sério. E importa recuperar a identidade, o espírito auto-crítico, é certo que o Benfica de hoje dá de comer a muita gente e o silêncio é sagrado, mas o Benfica deve sempre vir primeiro.