Médio, 29 anos
Grécia
Stats: 5 épocas, 147 jogos (8960 minutos), 3 golos
Esta época : 12 jogos (768 minutos), 0 golos
Títulos: Campeonato Nacional (3), Taça de Portugal (1), Supertaça (1), Taça da Liga (2)

54250 - Tópico: Andreas Samaris  (Lida 1194585 vezes)

BossMil

  • Júnior
  • ***
  • Mensagens: 841
  • I am the master of my fate, the captain of my soul
  • Hoje às 17:02
Não admito outro cenário que não a renovação com o Samaris. É o típico médio defensivo de equipa grande. Não acho que lhe falte sentido táctico, falta-lhe sim alguma técnica defensiva. Porém, no Benfica de Lage, o seu papel é muito importante, e embora eu veja características no Florentino para assumir a titularidade a médio prazo, acho que o tempo do Samaris ainda não acabou, pelo contrário.

Já agora, uma inconfidência: por muito respeito que tenho pelo Fejsa, que continua a ser indiscutivelmente o nosso melhor médio defensivo, acho que, dos 3, é o mais dispensável neste momento. Para treinadorzecos como Rui Vitória, um homem como Fejsa era indispensável, mas para treinadores que gostam de tratar bem a bola, um jogador como o Fejsa não é tão fulcral. Provavelmente cair-me-ão em cima por dizer isto, mas eu renovaria com o Samaris e tentava arranjar colocação para o Fejsa no Verão.

Creio que neste momento muitos pensam algo semelhante.
E o Fejsa até é o meu jogador favorito do Benfica.
Mas realmente, neste sistema sem um "GR" à frente dos centrais e com maior exigência na saída de bola a quem ocupa aquelas posições, o Fejsa pode vir a perder a enorme preponderância que tinha no Benfica. Um pouco como o Jonas, por fisicamente não poder fazer o que faz o Seferovic, em termos de movimentações (a cair nas alas e explorar a profundidade) e em termos de trabalho defensivo (pressionar alto, pressionar em largura, disputar bolas com os centrais, lutar pela segunda bola, etc).

Em ambos os casos, por razões distintas, duas das nossas maiores referências dos últimos anos, parecem agora algo desadequados à nova forma de jogar.
O caso do Jonas não concordo nada. Primeiro porque creio que o Jonas é mais adequado na outra posição do ataque. Aí, apesar do menino ser muito bom, não há pai para o Jonas. Em segundo lugar, se há coisa que o Jonas fazia com o bombo era andar de um lado para o outro a pressionar e a construir, não se limitando à zona de finalização. Os problemas do Jonas são físicos, a idade não perdoa, mas fora isso, não acho nada que o Jonas esteja fora do contexto.

Tens duas coisas:
1- Não tens outra alternativa ao SeFera. Logo, apesar de não ser o ideal, terá de ser o Jonas a alternativa. Óbvio que o ideal seria jogar onde brilha agora o JFX.
2- É justamente pela questão física (pela PDI, em jeito de brincadeira), que não se pode exigir ao Jonas que faça o trabalho de sapa do SeFera. Se for por tempo reduzido, ok. Se for para estar 90min. a fazer o que faz o SeFera, seria para rebentar um piston!
De qualquer maneira, Jonas fisicamente a 50% ainda é melhor que tanto JF como Seferovic, a meu ver.

Não estou a colocar em causa o talento, qualidade e até rendimento do Pistolas.
O mesmo serve para o Fejsa, que foi o caso que deu origem a esta argumentação.

O que eu digo é que, devido às limitações físicas, não fará o "trabalho de sapa" do SeFera.
Claro que dará sempre qualidade às jogadas ofensivas e fará golinhos, porque tem qualidade técnica e capacidade de finalização muito acima da média.

Terá a sua utilidade no plantel (tal como o Fejsa), mas, na minha opinião, com o actual sistema de jogo e com os papéis definidos pelo Lage, quer um quer outro, irão alterar as características do jogo colectivo, pelas razões que foram sendo apontadas anteriormente.


Nota: Não concordo com a parte em que dizes que o Jonas a 50% é melhor que o JFX e o SeFera. Pode até ser somente uma "hipérbole" da tua parte, mas a 50% nem no banco.
« Última modificação: Hoje às 17:06 por BossMil »