Treinador, 48 anos
Portugal
Stats: 4 épocas, 155 jogos ( minutos), golos
Títulos: Campeonato Nacional (2), Taça de Portugal (1), Taça da Liga (1), Supertaça (2)

57531 - Tópico: Rui Vitória, Treinador do Benfica  (Lida 8229628 vezes)

anselmoslb

  • Iniciado
  • *
  • Mensagens: 2593
  • "700 e tal passes"
  • Hoje às 20:21
Qual é a novidade de jogarmos com laterais subidos?
É novidade?

Mas sim, o RV acho que dá preferência a extremos que jogam por dentro.
Ver por exemplo o Gaitan. Enquanto o JJ queria mais o Gaitan a abrir ala, o RV trazia mais para dentro para combinar com o Jonas e com as subidas do Renato.
E têm a utilização do Pizzi no primeiro ano que também é muito assim.

O Cervi também joga muitas vezes como interior esquerdo.
O Sálvio tem claramente indicações para vir para fazer diagonais para dentro. Claro que ele por natureza é mais extremo de procurar a linha e acaba por fazer isso. Mas nota-se que é para fazer diagonais para dentro.

Não é novidade nenhuma.

O RV quer mais gente pelo meio para fazer um futebol mais de posse.
E ou faz isso com 3 jogadores no meio, ou pede aos extremos para vir para dentro.

Infelizmente o ano passado jogamos com um lateral direito pouco ofensivo. Mas mesmo assim, vejam se o Almeida não saca assistências e não acaba por subir várias vezes o ano passado. O que se quer até é visível. Faltava ali era um lateral direito com capacidade de ataque. E se calhar ainda falta....vamos ver.

Ele até pode atacar com os2 laterais subidos se quiser, o problema está na transição defensiva.

O Benfica sofre golos de qualquer mija-na-escada. Se vais atacar com 2 laterais então já sabes o que esperar.
« Última modificação: Hoje às 20:23 por anselmoslb »

Oscor78

  • Sénior
  • ****
  • UK
  • Mensagens: 1599
  • Pessimista/Realista
  • Hoje às 20:22


Oiçam a partir dos 3:06

AHAHAHA ,QUE LAVAGEM CEREBRAL
Até tem dificuldade em mentir... Custou lhe a sair aquela "surpresa" que os gajos tiveram... Pela positiva claro  :crazy2:

ruibenfica80

  • Júnior
  • ***
  • Mensagens: 815
  • Hoje às 20:27
Qual é a novidade de jogarmos com laterais subidos?
É novidade?

Mas sim, o RV acho que dá preferência a extremos que jogam por dentro.
Ver por exemplo o Gaitan. Enquanto o JJ queria mais o Gaitan a abrir ala, o RV trazia mais para dentro para combinar com o Jonas e com as subidas do Renato.
E têm a utilização do Pizzi no primeiro ano que também é muito assim.

O Cervi também joga muitas vezes como interior esquerdo.
O Sálvio tem claramente indicações para vir para fazer diagonais para dentro. Claro que ele por natureza é mais extremo de procurar a linha e acaba por fazer isso. Mas nota-se que é para fazer diagonais para dentro.

Não é novidade nenhuma.

O RV quer mais gente pelo meio para fazer um futebol mais de posse.
E ou faz isso com 3 jogadores no meio, ou pede aos extremos para vir para dentro.

Infelizmente o ano passado jogamos com um lateral direito pouco ofensivo. Mas mesmo assim, vejam se o Almeida não saca assistências e não acaba por subir várias vezes o ano passado. O que se quer até é visível. Faltava ali era um lateral direito com capacidade de ataque. E se calhar ainda falta....vamos ver.

Ele até pode atacar com os2 laterais subidos se quiser, o problema está na transição defensiva.

O Benfica sofre golos de qualquer mija-na-escada. Se vais atacar com 2 laterais então já sabes o que esperar.

Já outros te responderam a essa coisa.
Não sejas paranoico com a ideia de atacar com os 2 laterais ao mesmo tempo.

O Benfica não faz isso.
E quando faz, vais reparar que o O Fejsa se incorpora na linha de centrais e o central desse lado passa a fechar a lateral.
O JJ também faz isso.
É que isto não é ciência espacial. É o que fazem todas as equipas que querem que os laterais subam.
Tinhas por exemplo a Croácia no mundial que jogava a subir os laterais e em que o Brozovic (se calhar escrevi mal) era o medio defensivo que compensava isso. Depois à frente dele é que jogava o Modric e o Rakitic mas esse Brozovic quase nem passava do meio campo.

No nosso caso, temos o Fejsa.
Substituo para o Fejsa é que tem sido complicado.
E não sei se já encontramos no Alfa Semedo.....não sei.

BENFIKA

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 20792
  • Hoje às 20:28
O RV na primeira pre época que fez no Benfica ensaiou uma tática que exigia muito dos laterais e em que os “extremos” jogavam muito por dentro.

Na altura resultou muito mal, não me parece que agora seja diferente.
Principalmente quando nem laterais temos para isso, só o Grimaldo

ruibenfica80

  • Júnior
  • ***
  • Mensagens: 815
  • Hoje às 20:36
Claro que isto é tudo opiniões.
Mas para mim tenho uma visão do que correu mal na época passada.

Acho que o nosso arranque em 442 com o Seferovic foi muito enganador.
Foi uma aposta errada porque nem o Seferovic era jogador para ser titular do Benfica, nem o Jonas estava com a capacidade de movimentação de anos anteriores. Isto aliado à má dinâmica do Pizzi abria-nos uma cratera gigantesca. Tinhas ainda um outro problema que era o Luisão e a forma como o Luisão te obrigava a ter bloco mais baixo. Ora....teres uma equipa com sectores mais distantes, ainda por cima com 2 avançados com pouca capacidade de pressão e mais 1 médio que pouco fazia sem bola.......buraco total.

Depois houve 2 correções super importantes.
A entrada do Ruben Dias veio dar capacidade de subir um pouco o bloco. Primeiro ao lado do Luisão, o que ainda não era ideal. Mas depois com a entrada do Jardel podemos finalmente subir as linhas e encurtar espaços.
O Krovinovic vem preencher muito bem o espaço central e a simples troca de Seferovic por Krovinovic significa um upgrade gigantesco em capacidade de pressão alta e controle do jogo.

Com a lesão do Krovinovic, a alternativa Zivkovic foi bom mas não ofereceu a mesma capacidade de ocupar espaços centrais que o Krovi oferecia.
E finalmente, com a lesão do Sálvio, entra o Rafa que te parte completamente a equipa. É bom jogador, tem as suas qualidades. Mas no momento que entrou acabou com o que restava de organização da equipa. Voltou a ser uma equipa com sectores muito partidos e com imenso espaço entre linhas para os adversários jogarem.

Agora se é possível incluir o Rafa e o Zivkovic? Provavelmente é! O que é que o nosso modelo de jogo (que existe ao contrário do que muitos dizem) não estava minimamente preparado para isso.

E claro, há o gigantesco elefante no meio da sala que foi a performance do Pizzi.
Ok que pode ter sido um bocado sobrevalorizado no ano anterior. Mas o homem teve uma quebra monumental de forma depois daquela misteriosa lesão no início da época. E nunca mais encontrou regularidade.

Também há o elefante mais pequeno que foi fazermos a época toda sem um lateral direito capaz de transportar bola e ameaçar no ataque. O Almeida foi desenrascando mas, uma vez mais, não é o que o nosso sistema de jogo pede. De todo! Está muito bem para desenrascar mas.......falta um titular que saiba atacar e transportar a bola.

P.S.:
Vou acrescentar isto que não estava inicialmente.
A má forma do Pizzi até pode estar relacionada com o lateral menos ofensivo do lado dele.
É que em reações à perda de bola, se o lateral não está a pressionar tão alto, fica ali o extremo adversário solto. E o Pizzi fica a ter de cobrir um médio e o extremo adversário, que facilmente fazem 2 para 1 em cima dele se o Almeida estiver mais atrás.
É que isto quando não pressiona toda a gente ao mesmo tempo dá bronca.....
E o Pizzi não tem propriamente pulmão ou leitura de jogo para cobrir o espaço de 2 jogadores.
Quando tinhas o Semedo era outra loiça porque o Semedo mete em sentido o extremo adversário ;)
« Última modificação: Hoje às 20:46 por ruibenfica80 »

BENFIKA

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 20792
  • Hoje às 20:55
Com que então os treinadores que estiveram a assistir ao treino ontem ficaram impressionado com a organização do treino e como os jogadores mudavam de exercicio sem terem que parar para se mudar cones e essas coisas  :estrelas:

A sério que o maior elogio que se lembram é que somos muito bons a colocar mecos?!?!  :buck2:

Fernando Chalana

  • Iniciado
  • *
  • Mensagens: 176
  • Hoje às 21:03
Claro que isto é tudo opiniões.
Mas para mim tenho uma visão do que correu mal na época passada.

Acho que o nosso arranque em 442 com o Seferovic foi muito enganador.
Foi uma aposta errada porque nem o Seferovic era jogador para ser titular do Benfica, nem o Jonas estava com a capacidade de movimentação de anos anteriores. Isto aliado à má dinâmica do Pizzi abria-nos uma cratera gigantesca. Tinhas ainda um outro problema que era o Luisão e a forma como o Luisão te obrigava a ter bloco mais baixo. Ora....teres uma equipa com sectores mais distantes, ainda por cima com 2 avançados com pouca capacidade de pressão e mais 1 médio que pouco fazia sem bola.......buraco total.

Depois houve 2 correções super importantes.
A entrada do Ruben Dias veio dar capacidade de subir um pouco o bloco. Primeiro ao lado do Luisão, o que ainda não era ideal. Mas depois com a entrada do Jardel podemos finalmente subir as linhas e encurtar espaços.
O Krovinovic vem preencher muito bem o espaço central e a simples troca de Seferovic por Krovinovic significa um upgrade gigantesco em capacidade de pressão alta e controle do jogo.

Com a lesão do Krovinovic, a alternativa Zivkovic foi bom mas não ofereceu a mesma capacidade de ocupar espaços centrais que o Krovi oferecia.
E finalmente, com a lesão do Sálvio, entra o Rafa que te parte completamente a equipa. É bom jogador, tem as suas qualidades. Mas no momento que entrou acabou com o que restava de organização da equipa. Voltou a ser uma equipa com sectores muito partidos e com imenso espaço entre linhas para os adversários jogarem.

Agora se é possível incluir o Rafa e o Zivkovic? Provavelmente é! O que é que o nosso modelo de jogo (que existe ao contrário do que muitos dizem) não estava minimamente preparado para isso.

E claro, há o gigantesco elefante no meio da sala que foi a performance do Pizzi.
Ok que pode ter sido um bocado sobrevalorizado no ano anterior. Mas o homem teve uma quebra monumental de forma depois daquela misteriosa lesão no início da época. E nunca mais encontrou regularidade.

Também há o elefante mais pequeno que foi fazermos a época toda sem um lateral direito capaz de transportar bola e ameaçar no ataque. O Almeida foi desenrascando mas, uma vez mais, não é o que o nosso sistema de jogo pede. De todo! Está muito bem para desenrascar mas.......falta um titular que saiba atacar e transportar a bola.

P.S.:
Vou acrescentar isto que não estava inicialmente.
A má forma do Pizzi até pode estar relacionada com o lateral menos ofensivo do lado dele.
É que em reações à perda de bola, se o lateral não está a pressionar tão alto, fica ali o extremo adversário solto. E o Pizzi fica a ter de cobrir um médio e o extremo adversário, que facilmente fazem 2 para 1 em cima dele se o Almeida estiver mais atrás.
É que isto quando não pressiona toda a gente ao mesmo tempo dá bronca.....
E o Pizzi não tem propriamente pulmão ou leitura de jogo para cobrir o espaço de 2 jogadores.
Quando tinhas o Semedo era outra loiça porque o Semedo mete em sentido o extremo adversário ;)

Parabéns pela lucidez.
É o que penso da equipa.

Acrescentaria que para a lateral esquerda se for necessário o Franco Cervi desenrasca muito bem.
Mas preferia uma alternativa para Grimaldo que diga-se, teve uma época muito abaixo da anterior. Não foi o mesmo jogador depois de vir de lesão.

Eu gosto muito do Jonas mas a sua inclusão torna-se um problema para a equipa jogar no seu melhor sistema 433 e se vais jogar em 442 para o Jonas jogar vais ter de apostar no Pizzi ou no Krovinovic sozinhos, que é outro problema para a equipa.
Jonas tem 34 anos... É uma das incógnitas que tenha em relação ao que RV vai fazer nesta nova época.



SLBStars

  • Iniciado
  • *
  • Lisboa
  • Mensagens: 134
  • E Pluribus Unum
  • Hoje às 21:07
Claro que isto é tudo opiniões.
Mas para mim tenho uma visão do que correu mal na época passada.

Acho que o nosso arranque em 442 com o Seferovic foi muito enganador.
Foi uma aposta errada porque nem o Seferovic era jogador para ser titular do Benfica, nem o Jonas estava com a capacidade de movimentação de anos anteriores. Isto aliado à má dinâmica do Pizzi abria-nos uma cratera gigantesca. Tinhas ainda um outro problema que era o Luisão e a forma como o Luisão te obrigava a ter bloco mais baixo. Ora....teres uma equipa com sectores mais distantes, ainda por cima com 2 avançados com pouca capacidade de pressão e mais 1 médio que pouco fazia sem bola.......buraco total.

Depois houve 2 correções super importantes.
A entrada do Ruben Dias veio dar capacidade de subir um pouco o bloco. Primeiro ao lado do Luisão, o que ainda não era ideal. Mas depois com a entrada do Jardel podemos finalmente subir as linhas e encurtar espaços.
O Krovinovic vem preencher muito bem o espaço central e a simples troca de Seferovic por Krovinovic significa um upgrade gigantesco em capacidade de pressão alta e controle do jogo.

Com a lesão do Krovinovic, a alternativa Zivkovic foi bom mas não ofereceu a mesma capacidade de ocupar espaços centrais que o Krovi oferecia.
E finalmente, com a lesão do Sálvio, entra o Rafa que te parte completamente a equipa. É bom jogador, tem as suas qualidades. Mas no momento que entrou acabou com o que restava de organização da equipa. Voltou a ser uma equipa com sectores muito partidos e com imenso espaço entre linhas para os adversários jogarem.

Agora se é possível incluir o Rafa e o Zivkovic? Provavelmente é! O que é que o nosso modelo de jogo (que existe ao contrário do que muitos dizem) não estava minimamente preparado para isso.

E claro, há o gigantesco elefante no meio da sala que foi a performance do Pizzi.
Ok que pode ter sido um bocado sobrevalorizado no ano anterior. Mas o homem teve uma quebra monumental de forma depois daquela misteriosa lesão no início da época. E nunca mais encontrou regularidade.

Também há o elefante mais pequeno que foi fazermos a época toda sem um lateral direito capaz de transportar bola e ameaçar no ataque. O Almeida foi desenrascando mas, uma vez mais, não é o que o nosso sistema de jogo pede. De todo! Está muito bem para desenrascar mas.......falta um titular que saiba atacar e transportar a bola.

P.S.:
Vou acrescentar isto que não estava inicialmente.
A má forma do Pizzi até pode estar relacionada com o lateral menos ofensivo do lado dele.
É que em reações à perda de bola, se o lateral não está a pressionar tão alto, fica ali o extremo adversário solto. E o Pizzi fica a ter de cobrir um médio e o extremo adversário, que facilmente fazem 2 para 1 em cima dele se o Almeida estiver mais atrás.
É que isto quando não pressiona toda a gente ao mesmo tempo dá bronca.....
E o Pizzi não tem propriamente pulmão ou leitura de jogo para cobrir o espaço de 2 jogadores.
Quando tinhas o Semedo era outra loiça porque o Semedo mete em sentido o extremo adversário ;)

O Krovinovic quando entrou já estavamos a jogar num 4-3-3 e não no 4-4-2 , a primeira e maior correcção foi táctica para poder-mos encaixar o Krovinovic na mesma e dar outra energia aquele meio campo , mas , contudo o treinador não abdicou do Pizzi jogando bem ou mal , corrigindo o meu dito , jogando mal ou mal , porque o encaixar de um Krovinovic num 4-4-2 não iria corrigir nada , e tirar o Pizzi também não iria resultar por falta de opções no meio campo e só tendo Samaris e Keaton Parks , foi uma época com falta de opções de qualidade para o meio campo obrigando o treinador a mudar de táctica para poder-mos ter mais opções ofensivas e disfarçar a lacunas no meio campo e a falta de qualidade devido a péssima época de Pizzi , como aconteceu faltou Krovinovic tivemos Zivkovic .

francisco

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 75097
  • Sócio: 143532
  • Hoje às 21:16


Oiçam a partir dos 3:06

AHAHAHA ,QUE LAVAGEM CEREBRAL
Que vergonha. "Ahmm... não no sentido negativo... no sentido positivo... ahm..."