Treinador, 43 anos
Portugal
Stats: 2 épocas, 29 jogos ( minutos), golos
Títulos: Campeonato Nacional (1), Supertaça (1)

63040 - Tópico: Bruno Lage, Treinador do Benfica  (Lida 1258196 vezes)

A®

  • Sénior
  • ****
  • Mensagens: 1110
  • Hoje às 10:38
Reza para que ninguém se lesione, a treta de dois jogadores de qualidade por posição passou te depressa, mais um treinador que é autêntica marioneta do Vieira, nao contratar um lateral direito e um avançado, é de rir

O Porto e Scp estão fartos de torrar dinheiro em laterais e só lhes sai furado, nós tb já tentámos vezes sem conta substituir o Almeida e nunca conseguimos.

Aqui no fórum há mtos que acham que ir ao mercado é tipo FM, um gajo vê o rating dos jogadores, ordena, vê o preço e compra e o gajo rende pq aquilo é matemático.

A probabilidade de ires ao mercado torrar dinheiro por um gajo que depois seria pior que o Almeida era elevada, dado o historial recente, além de que tapavas o puto

Argumento zero.

Então como há registo e passado de incompetência na compra de laterais é melhor tar quieto?

Vocês têm o Benfica que merecem.
A direção do Benfica tem os adeptos que precisa.

fabioLupi

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 7448
  • Veterano
  • Hoje às 10:40
Considero-o um treinador de excelência mas não é por isso que deixo de fazer reparos.

- Está a atrasar em muito as substituições. Em parte percebo que a ideia seja consolidar nos jogadores a capacidade de fazer 90 minutos ou perto disso quando ainda estamos numa fase embrionária da época, porém quando os jogadores estão completamente de rastos têm de sair mesmo que ainda não se tenha atingido os 75 minutos.

- Taarabt devia ter sido testado no lugar do Gabriel depois da pré-temporada que fez. O jogo ideal para o ter lançado era com o Paços, agora tão cedo não haverá oportunidade.

- O Seferovic está completamente fora de forma e tem de sair do onze. Chiquinho pelo que tem feito merece ser titular.

Temos uma oportunidade histórica no próximo sábado de colocar o Porto a 6 pontos e com desvantagem no confronto directo à 3ª jornada. Seria tão bom que estou a achar bom demais para ser verdade, espero que não seja.
Não concordo nada com o Taarabt a 8. Não me parece que seja o lugar ideal para ele, ainda para mais a jogar com 2 pontas de lança (não avançados). Quanto ao jogo com o Porto, é jogo de tripla, e nem eles são tão fracos como dizem nem nós estamos tão fortes como dizem. Ganhamos bem os nossos jogos, mas apresentamos alguma debilidades na pressão, a defender e na eficácia. Vivemos muito do Rafa, e estamos claramente piores que no ano passado, porque não temos o Félix, que de repente podia resolver um jogo. Apesar de tudo, jogamos em casa e temos de ganhar, assim como aconteceu o ano passado, em que ganhamos na luz.

Muito se tem questionado algumas opções do Lage e bem, o treinador do Benfica é humano, vive numa pressão constante para obter resultados permanentes e para isso precisar de tomar algumas decisões que acredito que inclusive suscitem duvidas ao mesmo.

A verdade é que o futebol são resultados e inegavelmente temos conseguido esses resultados. Se por acaso conseguirmos vencer o FCP vem o endeusamento desmedido ao Mister. Neste momento é preciso calma.

Acredito numa alteração estratégica que pode passar pela inclusão do Chiquinho no lugar do Raul.

O FCP vai jogar com 3 médios mas acredito que o plano não passe por ter muita bola.
Vão apostar numa pressão alta na fase de construção do Benfica baixando gradualmente os blocos em conjunto em constante pressão ao portador.

Vão aproveitar as subidas dos laterais para atacar a profundidade lançando o Diaz e o Marega em diagonais, sendo que estes dois vão partir muito de dentro para fora fincando o Alex Teles e o Baró por fora. O Corona deve ficar numa marcação mais incisiva ao Rafa.

Com isto vejo que somos obrigados a criar alguma assimetria no nosso processo defensivo. Pizzi terá sempre e acompanhar o Teles deixando o Diaz só para o Nuno. Ferro e Grimaldo têm que criar momentos de superioridade numérica para aproveitar o posicionamento exterior do Baró e aqui na transição ofensiva Rafa que fica sempre mais subido para segurar Corona e Uribe vai atacar mais por dentro.

Na óptica de ter um elemento mais participativo em todos os momentos de jogo vejo a inclusão do Chiquinho no lugar do Raul como muito provável. Daria apoio aos dois médios quer em fase de construção, transição e momento defensivo. Seferovic deve ficar no 11 para atacar a profundidade arrastando os centrais do Porto para a sua área ficando a sobrar espaço nas suas costas para o Benfica trabalhar em jogadas de ruptura pelo centro do terreno.
Tirar um ponta de lança para meter o chiquinho vai dar mensagem de medo. Não me parece que vá fazer isso, embora talvez seja a melhor opção.

tulio_slb

  • Capitão
  • ****
  • Mensagens: 3544
  • Hoje às 10:44
Considero-o um treinador de excelência mas não é por isso que deixo de fazer reparos.

- Está a atrasar em muito as substituições. Em parte percebo que a ideia seja consolidar nos jogadores a capacidade de fazer 90 minutos ou perto disso quando ainda estamos numa fase embrionária da época, porém quando os jogadores estão completamente de rastos têm de sair mesmo que ainda não se tenha atingido os 75 minutos.

- Taarabt devia ter sido testado no lugar do Gabriel depois da pré-temporada que fez. O jogo ideal para o ter lançado era com o Paços, agora tão cedo não haverá oportunidade.

- O Seferovic está completamente fora de forma e tem de sair do onze. Chiquinho pelo que tem feito merece ser titular.

Temos uma oportunidade histórica no próximo sábado de colocar o Porto a 6 pontos e com desvantagem no confronto directo à 3ª jornada. Seria tão bom que estou a achar bom demais para ser verdade, espero que não seja.
Não concordo nada com o Taarabt a 8. Não me parece que seja o lugar ideal para ele, ainda para mais a jogar com 2 pontas de lança (não avançados). Quanto ao jogo com o Porto, é jogo de tripla, e nem eles são tão fracos como dizem nem nós estamos tão fortes como dizem. Ganhamos bem os nossos jogos, mas apresentamos alguma debilidades na pressão, a defender e na eficácia. Vivemos muito do Rafa, e estamos claramente piores que no ano passado, porque não temos o Félix, que de repente podia resolver um jogo. Apesar de tudo, jogamos em casa e temos de ganhar, assim como aconteceu o ano passado, em que ganhamos na luz.

Muito se tem questionado algumas opções do Lage e bem, o treinador do Benfica é humano, vive numa pressão constante para obter resultados permanentes e para isso precisar de tomar algumas decisões que acredito que inclusive suscitem duvidas ao mesmo.

A verdade é que o futebol são resultados e inegavelmente temos conseguido esses resultados. Se por acaso conseguirmos vencer o FCP vem o endeusamento desmedido ao Mister. Neste momento é preciso calma.

Acredito numa alteração estratégica que pode passar pela inclusão do Chiquinho no lugar do Raul.

O FCP vai jogar com 3 médios mas acredito que o plano não passe por ter muita bola.
Vão apostar numa pressão alta na fase de construção do Benfica baixando gradualmente os blocos em conjunto em constante pressão ao portador.

Vão aproveitar as subidas dos laterais para atacar a profundidade lançando o Diaz e o Marega em diagonais, sendo que estes dois vão partir muito de dentro para fora fincando o Alex Teles e o Baró por fora. O Corona deve ficar numa marcação mais incisiva ao Rafa.

Com isto vejo que somos obrigados a criar alguma assimetria no nosso processo defensivo. Pizzi terá sempre e acompanhar o Teles deixando o Diaz só para o Nuno. Ferro e Grimaldo têm que criar momentos de superioridade numérica para aproveitar o posicionamento exterior do Baró e aqui na transição ofensiva Rafa que fica sempre mais subido para segurar Corona e Uribe vai atacar mais por dentro.

Na óptica de ter um elemento mais participativo em todos os momentos de jogo vejo a inclusão do Chiquinho no lugar do Raul como muito provável. Daria apoio aos dois médios quer em fase de construção, transição e momento defensivo. Seferovic deve ficar no 11 para atacar a profundidade arrastando os centrais do Porto para a sua área ficando a sobrar espaço nas suas costas para o Benfica trabalhar em jogadas de ruptura pelo centro do terreno.
Tirar um ponta de lança para meter o chiquinho vai dar mensagem de medo. Não me parece que vá fazer isso, embora talvez seja a melhor opção.
[/quote
Considero-o um treinador de excelência mas não é por isso que deixo de fazer reparos.

- Está a atrasar em muito as substituições. Em parte percebo que a ideia seja consolidar nos jogadores a capacidade de fazer 90 minutos ou perto disso quando ainda estamos numa fase embrionária da época, porém quando os jogadores estão completamente de rastos têm de sair mesmo que ainda não se tenha atingido os 75 minutos.

- Taarabt devia ter sido testado no lugar do Gabriel depois da pré-temporada que fez. O jogo ideal para o ter lançado era com o Paços, agora tão cedo não haverá oportunidade.

- O Seferovic está completamente fora de forma e tem de sair do onze. Chiquinho pelo que tem feito merece ser titular.

Temos uma oportunidade histórica no próximo sábado de colocar o Porto a 6 pontos e com desvantagem no confronto directo à 3ª jornada. Seria tão bom que estou a achar bom demais para ser verdade, espero que não seja.
Não concordo nada com o Taarabt a 8. Não me parece que seja o lugar ideal para ele, ainda para mais a jogar com 2 pontas de lança (não avançados). Quanto ao jogo com o Porto, é jogo de tripla, e nem eles são tão fracos como dizem nem nós estamos tão fortes como dizem. Ganhamos bem os nossos jogos, mas apresentamos alguma debilidades na pressão, a defender e na eficácia. Vivemos muito do Rafa, e estamos claramente piores que no ano passado, porque não temos o Félix, que de repente podia resolver um jogo. Apesar de tudo, jogamos em casa e temos de ganhar, assim como aconteceu o ano passado, em que ganhamos na luz.

Muito se tem questionado algumas opções do Lage e bem, o treinador do Benfica é humano, vive numa pressão constante para obter resultados permanentes e para isso precisar de tomar algumas decisões que acredito que inclusive suscitem duvidas ao mesmo.

A verdade é que o futebol são resultados e inegavelmente temos conseguido esses resultados. Se por acaso conseguirmos vencer o FCP vem o endeusamento desmedido ao Mister. Neste momento é preciso calma.

Acredito numa alteração estratégica que pode passar pela inclusão do Chiquinho no lugar do Raul.

O FCP vai jogar com 3 médios mas acredito que o plano não passe por ter muita bola.
Vão apostar numa pressão alta na fase de construção do Benfica baixando gradualmente os blocos em conjunto em constante pressão ao portador.

Vão aproveitar as subidas dos laterais para atacar a profundidade lançando o Diaz e o Marega em diagonais, sendo que estes dois vão partir muito de dentro para fora fincando o Alex Teles e o Baró por fora. O Corona deve ficar numa marcação mais incisiva ao Rafa.

Com isto vejo que somos obrigados a criar alguma assimetria no nosso processo defensivo. Pizzi terá sempre e acompanhar o Teles deixando o Diaz só para o Nuno. Ferro e Grimaldo têm que criar momentos de superioridade numérica para aproveitar o posicionamento exterior do Baró e aqui na transição ofensiva Rafa que fica sempre mais subido para segurar Corona e Uribe vai atacar mais por dentro.

Na óptica de ter um elemento mais participativo em todos os momentos de jogo vejo a inclusão do Chiquinho no lugar do Raul como muito provável. Daria apoio aos dois médios quer em fase de construção, transição e momento defensivo. Seferovic deve ficar no 11 para atacar a profundidade arrastando os centrais do Porto para a sua área ficando a sobrar espaço nas suas costas para o Benfica trabalhar em jogadas de ruptura pelo centro do terreno.
Tirar um ponta de lança para meter o chiquinho vai dar mensagem de medo. Não me parece que vá fazer isso, embora talvez seja a melhor opção.

Neste momento tens o Chiquinho mais conotado como homem de desequilíbrios segundo avançado. Basta veres as capas dos jornais de hoje "Chiquinho aperta Avançados" ou " Chiquinho é o Segundo avançado que Lage queria".

Acredito que estratégicamente o Lage esteja a pensar fazer isso mas pode dar uma prova de confiança à dupla RDT- SEF