56097 - Tópico: Judo  (Lida 50115 vezes)

FaithNoMore

  • Eusébio
  • ******
  • Benfica - Lisboa
  • Mensagens: 14332
  • Quanto maiores somos,mais inveja criamos
  • Sócio: 10.356
  • 08 de Outubro de 2019, 12:37
Excelente contratação a confirmar-se

Slb23

  • Moderador
  • *
  • Até Sempre REI!!
  • Mensagens: 110365
  • 08 de Outubro de 2019, 15:09
A confirmar-se é uma grande contratação.

Não devíamos ter permitido a saída dos outros judocas, para mim foi incompreensível.

TeamRocket37

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 29244
  • Team Rocket à velocidade da luz vai atacar o 38!
  • 08 de Outubro de 2019, 15:19
A confirmar-se é uma grande contratação.

Não devíamos ter permitido a saída dos outros judocas, para mim foi incompreensível.

A saída do Martinho, Saraiva e o Mansinho era inevitável.
Eles queriam ir para melhor equipa europeu de judo, queriam dar um novo a sua carreira, não estavam satisfeitos com o grupo de treino do Benfica e o Benfica bem deixou-os o ir.
Resultados internacionalmente de todos ultimamente de todos eram fraquissimos. 

Até agora esta provado que o Benfica esta certo, até agora 1 ano se passou e zero resultados de relevo.

Benfica tem é atacar a Catarina Costa e a Patrícia Sampaio, a Telma em 2021 retira-se no Europeu em Lisboa, e precisamos de novas caras no Judo do Benfica.

Anri é o 2º melhor judoca masculino português de mais relevo internacional.
« Última modificação: 08 de Outubro de 2019, 15:21 por TeamRocket37 »

Slb23

  • Moderador
  • *
  • Até Sempre REI!!
  • Mensagens: 110365
  • 08 de Outubro de 2019, 15:24
A confirmar-se é uma grande contratação.

Não devíamos ter permitido a saída dos outros judocas, para mim foi incompreensível.

A saída do Martinho, Saraiva e o Mansinho era inevitável.
Eles queriam ir para melhor equipa europeu de judo, queriam dar um novo a sua carreira, não estavam satisfeitos com o grupo de treino do Benfica e o Benfica bem deixou-os o ir.
Resultados internacionalmente de todos ultimamente de todos eram fraquissimos. 

Até agora esta provado que o Benfica esta certo, até agora 1 ano se passou e zero resultados de relevo.

Benfica tem é atacar a Catarina Costa e a Patrícia Sampaio, a Telma em 2021 retira-se no Europeu em Lisboa, e precisamos de novas caras no Judo do Benfica.

Anri é o 2º melhor judoca masculino português de mais relevo internacional.
Mas essas saídas acabaram com a nossa equipa masculina, não consigo defender isso em momento algum.

E este se vier é porque entrou em litigio com o Sporting, o nosso projecto continua a ser menos atrativo.

E sim sei da dificuldade que é apresentar um projecto melhor, o Sporting tem um grande patrocinador que domina a modalidade desde a formação.

TeamRocket37

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 29244
  • Team Rocket à velocidade da luz vai atacar o 38!
  • 08 de Outubro de 2019, 15:29
A confirmar-se é uma grande contratação.

Não devíamos ter permitido a saída dos outros judocas, para mim foi incompreensível.

A saída do Martinho, Saraiva e o Mansinho era inevitável.
Eles queriam ir para melhor equipa europeu de judo, queriam dar um novo a sua carreira, não estavam satisfeitos com o grupo de treino do Benfica e o Benfica bem deixou-os o ir.
Resultados internacionalmente de todos ultimamente de todos eram fraquissimos. 

Até agora esta provado que o Benfica esta certo, até agora 1 ano se passou e zero resultados de relevo.

Benfica tem é atacar a Catarina Costa e a Patrícia Sampaio, a Telma em 2021 retira-se no Europeu em Lisboa, e precisamos de novas caras no Judo do Benfica.

Anri é o 2º melhor judoca masculino português de mais relevo internacional.
Mas essas saídas acabaram com a nossa equipa masculina, não consigo defender isso em momento algum.

E este se vier é porque entrou em litigio com o Sporting, o nosso projecto continua a ser menos atrativo.

E sim sei da dificuldade que é apresentar um projecto melhor, o Sporting tem um grande patrocinador que domina a modalidade desde a formação.

O feminino é atrativo, com a nossa participação em Odivelas na TCCE, ainda vai ser mais uma presença vincada no feminino.
Por isso defendo a contratação da Catarina Costa e a da Patrícia Sampaio.

Equipa Masculina não chegou acabar, aliás passou de 2018 de um 0-5 na final para um 1-4 em 2019 contra o Sporting.
Foi apenas uma reinvenção, com a chegada do Rodrigo Lopes e do Anri (se confirmar) estamos mais fortes em 2020 no nacional que em 2018 com esses 3 atletas. 

Slb23

  • Moderador
  • *
  • Até Sempre REI!!
  • Mensagens: 110365
  • 08 de Outubro de 2019, 15:33
A confirmar-se é uma grande contratação.

Não devíamos ter permitido a saída dos outros judocas, para mim foi incompreensível.

A saída do Martinho, Saraiva e o Mansinho era inevitável.
Eles queriam ir para melhor equipa europeu de judo, queriam dar um novo a sua carreira, não estavam satisfeitos com o grupo de treino do Benfica e o Benfica bem deixou-os o ir.
Resultados internacionalmente de todos ultimamente de todos eram fraquissimos. 

Até agora esta provado que o Benfica esta certo, até agora 1 ano se passou e zero resultados de relevo.

Benfica tem é atacar a Catarina Costa e a Patrícia Sampaio, a Telma em 2021 retira-se no Europeu em Lisboa, e precisamos de novas caras no Judo do Benfica.

Anri é o 2º melhor judoca masculino português de mais relevo internacional.
Mas essas saídas acabaram com a nossa equipa masculina, não consigo defender isso em momento algum.

E este se vier é porque entrou em litigio com o Sporting, o nosso projecto continua a ser menos atrativo.

E sim sei da dificuldade que é apresentar um projecto melhor, o Sporting tem um grande patrocinador que domina a modalidade desde a formação.

O feminino é atrativo, com a nossa participação em Odivelas na TCCE, ainda vai ser mais uma presença vincada no feminino.
Por isso defendo a contratação da Catarina Costa e a da Patrícia Sampaio.

Equipa Masculina não chegou acabar, aliás passou de 2018 de um 0-5 na final para um 1-4 em 2019 contra o Sporting.
Foi apenas uma reinvenção, com a chegada do Rodrigo Lopes e do Anri (se confirmar) estamos mais fortes em 2020 no nacional que em 2018 com esses 3 atletas. 
Sim, no feminino estamos bem mas aí a iguarivarius não se mete tanto.

O Benfica precisa de um grande patrocinador para o Judo.

Jack Gonçalves

  • Iniciado
  • *
  • Mensagens: 181
  • 08 de Outubro de 2019, 16:33
A confirmar-se é uma grande contratação.

Não devíamos ter permitido a saída dos outros judocas, para mim foi incompreensível.

A saída do Martinho, Saraiva e o Mansinho era inevitável.
Eles queriam ir para melhor equipa europeu de judo, queriam dar um novo a sua carreira, não estavam satisfeitos com o grupo de treino do Benfica e o Benfica bem deixou-os o ir.
Resultados internacionalmente de todos ultimamente de todos eram fraquissimos. 

Até agora esta provado que o Benfica esta certo, até agora 1 ano se passou e zero resultados de relevo.

Benfica tem é atacar a Catarina Costa e a Patrícia Sampaio, a Telma em 2021 retira-se no Europeu em Lisboa, e precisamos de novas caras no Judo do Benfica.

Anri é o 2º melhor judoca masculino português de mais relevo internacional.
Mas essas saídas acabaram com a nossa equipa masculina, não consigo defender isso em momento algum.

E este se vier é porque entrou em litigio com o Sporting, o nosso projecto continua a ser menos atrativo.

E sim sei da dificuldade que é apresentar um projecto melhor, o Sporting tem um grande patrocinador que domina a modalidade desde a formação.

O feminino é atrativo, com a nossa participação em Odivelas na TCCE, ainda vai ser mais uma presença vincada no feminino.
Por isso defendo a contratação da Catarina Costa e a da Patrícia Sampaio.

Equipa Masculina não chegou acabar, aliás passou de 2018 de um 0-5 na final para um 1-4 em 2019 contra o Sporting.
Foi apenas uma reinvenção, com a chegada do Rodrigo Lopes e do Anri (se confirmar) estamos mais fortes em 2020 no nacional que em 2018 com esses 3 atletas. 

A maior dificuldade de as contratar... mais do a Cidade (pois a Patricia já passa muito tempo em Lisboa) é elas certamente quererem manter os treinadores...

TeamRocket37

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 29244
  • Team Rocket à velocidade da luz vai atacar o 38!
  • 08 de Outubro de 2019, 16:50
A confirmar-se é uma grande contratação.

Não devíamos ter permitido a saída dos outros judocas, para mim foi incompreensível.

A saída do Martinho, Saraiva e o Mansinho era inevitável.
Eles queriam ir para melhor equipa europeu de judo, queriam dar um novo a sua carreira, não estavam satisfeitos com o grupo de treino do Benfica e o Benfica bem deixou-os o ir.
Resultados internacionalmente de todos ultimamente de todos eram fraquissimos. 

Até agora esta provado que o Benfica esta certo, até agora 1 ano se passou e zero resultados de relevo.

Benfica tem é atacar a Catarina Costa e a Patrícia Sampaio, a Telma em 2021 retira-se no Europeu em Lisboa, e precisamos de novas caras no Judo do Benfica.

Anri é o 2º melhor judoca masculino português de mais relevo internacional.
Mas essas saídas acabaram com a nossa equipa masculina, não consigo defender isso em momento algum.

E este se vier é porque entrou em litigio com o Sporting, o nosso projecto continua a ser menos atrativo.

E sim sei da dificuldade que é apresentar um projecto melhor, o Sporting tem um grande patrocinador que domina a modalidade desde a formação.

O feminino é atrativo, com a nossa participação em Odivelas na TCCE, ainda vai ser mais uma presença vincada no feminino.
Por isso defendo a contratação da Catarina Costa e a da Patrícia Sampaio.

Equipa Masculina não chegou acabar, aliás passou de 2018 de um 0-5 na final para um 1-4 em 2019 contra o Sporting.
Foi apenas uma reinvenção, com a chegada do Rodrigo Lopes e do Anri (se confirmar) estamos mais fortes em 2020 no nacional que em 2018 com esses 3 atletas. 

A maior dificuldade de as contratar... mais do a Cidade (pois a Patricia já passa muito tempo em Lisboa) é elas certamente quererem manter os treinadores...

Jack e trazer os treinadores tb para Benfica.

TeamRocket37

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 29244
  • Team Rocket à velocidade da luz vai atacar o 38!
  • 08 de Outubro de 2019, 17:20
https://www.ojogo.pt/modalidades/noticias/interior/pelo-nosso-percurso-nao-ha-ninguem-que-diga-nao-a-arriscar-se-a-ser-campeao-europeu-11383422.html

Pelo nosso percurso, não há ninguém que diga não a arriscar-se a ser campeão europeu

Pedro Soares já inscreveu a equipa leonina que vai tentar revalidar o título de campeã europeia no próximo mês, em Odivelas. O holandês De Wit rende Saeid Mollaei, iraniano que se refugiou na Alemanha e neste momento não tem passaporte. Verdes e brancos contam com 15 judocas

Apanhado no meio de uma guerra política - durante o último Mundial recebeu ordens para perder de forma a evitar lutar com um rival israelita, algo que motivou a suspensão da federação iraniana -, Saeid Mollaei não vai representar o Sporting na Liga dos Campeões de judo, que decorrerá em Odivelas a 16 de novembro.

Para o lugar do iraniano, os leões recrutaram o holandês Frank de Wit, número 4 do ranking mundial em -81 kg. "Estava acordado que o judoca iraniano iria lutar pela nossa equipa e estava entusiasmado, mas após o Mundial pediu asilo político à Alemanha e neste momento não tem passaporte", explica o treinador Pedro Soares a O JOGO.

Mollaei até podia ser inscrito, mas a opção foi outra e justificada pelo técnico que levou o Sporting ao título europeu em 2018. "Não temos capacidade para trazer ambos, nem necessidade para ter dois estrangeiros nesta categoria de peso, porque temos os atletas da casa João Martinho e o Miguel Alves, também bastante competitivos", acrescenta.

Campeões em título e com um passado de medalhas na prova, Pedro Soares dá conta da facilidade em convencer judocas a alinharem pelos verdes e brancos. "O atleta holandês respondeu prontamente e vem porque neste momento, pelo nosso percurso na Europa, não há ninguém que diga não a arriscar-se a ser campeão da Europa. Estou relativamente à vontade com estrangeiros que estejam livres", diz.

Capitaneados pelo campeão mundial Jorge Fonseca, os leões mantêm na estrutura o mongol Kherlen Ganbold (5.º do ranking mundial em - 66 kg) e o espanhol Niko Sherazadishvili (líder em - 90 kg). "Temos uma equipa competitiva e a vitória no horizonte, algo que não será fácil. Aproveitando o facto de ser em Portugal, vamos com 15 atletas à altura para assumir esse compromisso. Estarão os 15 disponíveis para competir", sublinha o treinador leonino.

Com confiança nos judocas portugueses, Pedro Soares esclarece a ausência do azeri Rustam Orujov, outro número um mundial e que já no ano passado não competiu de verde e branco.

"Todos os anos me pergunta se estará connosco, mas tem que ver com gestão da equipa e emagrecimento de despesas. Neste momento não faz sentido vir, porque em - 73 kg temos o Nuno Saraiva, que luta pelo apuramento olímpico e o João Fernando, vice-campeão da Europa em juniores e ainda o Francisco Costa", afirma Soares, com outro paradigma e ambição para o futuro.

"Também tentamos caminhar no sentido de fazer uma Liga dos Campeões quase sem estrangeiros. Ao contrário de outras equipas, não faz sentido estarmos a inundar a equipa de estrangeiros, porque temos de começar a distribuir a responsabilidade pelos nossos e têm assumido muito bem. Daí chegarmos a campeões da Europa e o futuro, a longo prazo, passará por estar na Liga dos Campeões sem atletas estrangeiros, sendo candidatos a vencer", perspetiva.

Fora da equipa está Anri Egutidze que rescindiu com o Sporting. "O clube foi ressarcido do que tinha a receber e é livre para seguir vida dele. Sorte e sucesso para o futuro", conclui.

TeamRocket37

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 29244
  • Team Rocket à velocidade da luz vai atacar o 38!
  • 08 de Outubro de 2019, 17:53


Combate da medalha de Bronze do Anri a 1:30:00

Vejam a forma com ele festeja com o treinador do Benfica 1:40:00

MNascimento

  • Sénior
  • ****
  • Olhão
  • Mensagens: 2178
  • É ter na alma a chama imensa
  • 08 de Outubro de 2019, 22:06
https://www.ojogo.pt/modalidades/noticias/interior/pelo-nosso-percurso-nao-ha-ninguem-que-diga-nao-a-arriscar-se-a-ser-campeao-europeu-11383422.html

Pelo nosso percurso, não há ninguém que diga não a arriscar-se a ser campeão europeu

Pedro Soares já inscreveu a equipa leonina que vai tentar revalidar o título de campeã europeia no próximo mês, em Odivelas. O holandês De Wit rende Saeid Mollaei, iraniano que se refugiou na Alemanha e neste momento não tem passaporte. Verdes e brancos contam com 15 judocas

Apanhado no meio de uma guerra política - durante o último Mundial recebeu ordens para perder de forma a evitar lutar com um rival israelita, algo que motivou a suspensão da federação iraniana -, Saeid Mollaei não vai representar o Sporting na Liga dos Campeões de judo, que decorrerá em Odivelas a 16 de novembro.

Para o lugar do iraniano, os leões recrutaram o holandês Frank de Wit, número 4 do ranking mundial em -81 kg. "Estava acordado que o judoca iraniano iria lutar pela nossa equipa e estava entusiasmado, mas após o Mundial pediu asilo político à Alemanha e neste momento não tem passaporte", explica o treinador Pedro Soares a O JOGO.

Mollaei até podia ser inscrito, mas a opção foi outra e justificada pelo técnico que levou o Sporting ao título europeu em 2018. "Não temos capacidade para trazer ambos, nem necessidade para ter dois estrangeiros nesta categoria de peso, porque temos os atletas da casa João Martinho e o Miguel Alves, também bastante competitivos", acrescenta.

Campeões em título e com um passado de medalhas na prova, Pedro Soares dá conta da facilidade em convencer judocas a alinharem pelos verdes e brancos. "O atleta holandês respondeu prontamente e vem porque neste momento, pelo nosso percurso na Europa, não há ninguém que diga não a arriscar-se a ser campeão da Europa. Estou relativamente à vontade com estrangeiros que estejam livres", diz.

Capitaneados pelo campeão mundial Jorge Fonseca, os leões mantêm na estrutura o mongol Kherlen Ganbold (5.º do ranking mundial em - 66 kg) e o espanhol Niko Sherazadishvili (líder em - 90 kg). "Temos uma equipa competitiva e a vitória no horizonte, algo que não será fácil. Aproveitando o facto de ser em Portugal, vamos com 15 atletas à altura para assumir esse compromisso. Estarão os 15 disponíveis para competir", sublinha o treinador leonino.

Com confiança nos judocas portugueses, Pedro Soares esclarece a ausência do azeri Rustam Orujov, outro número um mundial e que já no ano passado não competiu de verde e branco.

"Todos os anos me pergunta se estará connosco, mas tem que ver com gestão da equipa e emagrecimento de despesas. Neste momento não faz sentido vir, porque em - 73 kg temos o Nuno Saraiva, que luta pelo apuramento olímpico e o João Fernando, vice-campeão da Europa em juniores e ainda o Francisco Costa", afirma Soares, com outro paradigma e ambição para o futuro.

"Também tentamos caminhar no sentido de fazer uma Liga dos Campeões quase sem estrangeiros. Ao contrário de outras equipas, não faz sentido estarmos a inundar a equipa de estrangeiros, porque temos de começar a distribuir a responsabilidade pelos nossos e têm assumido muito bem. Daí chegarmos a campeões da Europa e o futuro, a longo prazo, passará por estar na Liga dos Campeões sem atletas estrangeiros, sendo candidatos a vencer", perspetiva.

Fora da equipa está Anri Egutidze que rescindiu com o Sporting. "O clube foi ressarcido do que tinha a receber e é livre para seguir vida dele. Sorte e sucesso para o futuro", conclui.
É meu amigo e seria bem sacado. Mas nao estou a ve-lo abandonar as excelentes condições que tem no Sporting. Devia ter sido sacado quando veio da ACM de Coimbra.

Jack Gonçalves

  • Iniciado
  • *
  • Mensagens: 181
  • 16 de Outubro de 2019, 12:22
Entretanto, numa entrevista ao Jornal O Jogo, Patrícia Sampaio afirma que mão equaciona mudar para Benfica ou Sporting num futuro próximo.

Convocados - SLB - para Grand Slam Abu Dhabi:

Rodrigo Lopes - 60
(convocado pela primeira vez - obteve inclusão no projeto Olímpico com o seu resultado no GS Brasília)
Anri  -81
Telma - 57
Rochele +78

Jack Gonçalves

  • Iniciado
  • *
  • Mensagens: 181
  • 17 de Outubro de 2019, 15:28
Desoladora a participação portuguesa até agora no Campeonato do Mundo de Júniors.
6 Judocas até agora todos a perderem no primeiro combate...

Jack Gonçalves

  • Iniciado
  • *
  • Mensagens: 181
  • 17 de Outubro de 2019, 23:14
Entrevista da bola TV a Barbara Timo:


Revela que a -52 na Taça de Clubes campeões europeus o benfica vai apresentar a Italiana Odette Giuffrida, multimedalhada (Prata no Rio) e uma Holandesa (-63? - Thanks Rocket).

« Última modificação: 18 de Outubro de 2019, 11:45 por Jack Gonçalves »

TeamRocket37

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 29244
  • Team Rocket à velocidade da luz vai atacar o 38!
  • 24 de Outubro de 2019, 11:54
Grand Slam de Abu Dhabi

Catarina Costa vai disputar o Bronze contra a russa Giliazova nos -48kg.

Odette Guiffrida reforço do Benfica para TCCE de Judo vai disputar a final dos -52kg contra a kosovar Kelmendi.

Actualização:

Catarina Costa ganhou o Bronze.
(Ela e Patrícia Sampaio deviam aquisições obrigatórias para Projecto Olímpico, com o retirar da Telma Monteiro em 2021 no Europeu em PT).

Odette perdeu no ponto de ouro a final, após quase 9 minutos de combate.
(Reforço incrível para TCCE).

Nota: Daria Bilodid ganhou na categoria -48kg.
Medalha de ouro em Tóquio será quase certa para este fenómeno do Judo.
« Última modificação: 24 de Outubro de 2019, 16:47 por TeamRocket37 »