61428 - Tópico: Possível Criação Equipa Ciclismo Benfica  (Lida 17169 vezes)

Golaalta

  • Iniciado
  • *
  • Mensagens: 71
  • 03 de Janeiro de 2019, 14:33
Será um erro caso aconteça.
Mas o Benfica não se mete no ciclismo, a não ser com uma parceria com alguma empresa/estrutura .
Adorava ver o Benfica, com um conjunto forte capaz de honrar os pergaminhos que temos no ciclismo.

Infelizmente, não parece que vá acontecer nos próximos tempos.

pirolito1

  • Capitão
  • ****
  • Porto de Mós
  • Mensagens: 3619
  • Não vou para ver o Benfica ganhar, vou para apoiar
  • 03 de Janeiro de 2019, 21:49
Isso é bom para enganar o público em geral, leigos neste tipo de assuntos, fazem a festa mas quem realmente ganha e é o único oficialmente a ganhar, são por exemplo o W52 na vitória da Volta a Portugal, o resto é conversa para enganar o povinho.
Eu acho inviável.
É uma modalidade que basicamente só sobrevive com um grande patrocinador.
Não faz sentido gastar uns 1M/2M para ficar na 2ª ou 3ª divisão do ciclismo.
O retorno é mínimo. Se houvesse retorno (financeiro e desportivo) porque que não se vê grandes clubes a apostar no ciclismo (o Barcelona tem equipas de tudo menos no ciclismo...)?
Não o faz mas podia fazê-lo. Facilmente o Barcelona criava uma equipa e arranjava grandes patrocínios. Mas além de dar muito trabalho, o ciclismo é um risco enorme para a reputação de um clube como o Barcelona.

No início do século criaram uma equipa amadora, com o nosso Melchor Mauri a director desportivo, mas esse projecto foi abaixo devido a dificuldades financeiras. O Barça entrar em projectos amadores é estranho, mas podia ter sido um teste.

O ciclismo é um risco para a reputação de qualquer clube que não goste de jogo sujo
Desculpa mas NÃO existe um desporto de alta competição limpo, respeito a tua opinião mas discordo linearmente.

Tu defendes a entrada do Benfica no ciclismo?!
Defendo mas não com parcerias com clubes/Associações, como o SCP e FCP actualmente têm, até porque quando ganham alguma coisa colectivamente, de facto quem realmente ganha são os W52 e Taviras, os nossos rivais apenas patrocinam-os, é como as nossas parcerias aberrantes com pilotos de desportos motorizados etc, isso sou contra.

Estás sempre a dizer que as medalhas olímpicas são dos atletas, aqui no ciclismo é igual, todos os triunfos individuais são dos atletas.
Obviamente, mas não sou eu quem determinou isso...

Os atletas ganham, mas vitórias colectivas nunca são atribuídas a FCP ou SCP...

Há uma coisa que estamos de acordo todas as parcerias deviam acabar no SLB

Não descartaria uma parceria com a Huawei o com a Emirates, para o ciclismo.
O ponto deles não é esse tipo de parcerias. São parcerias em que o Benfica é o patrocinador e não o patrocinado.

_Huji_

  • Iniciado
  • *
  • Mensagens: 1098
  • 03 de Janeiro de 2019, 23:50
Por mim vinha uma equipa independente do clube mas que fosse apenas do Benfica.
Tipo o Râguebi .

Do que sei a por ai uns 3 o 4 projectos para irem para a Estrada.

Dealer 88

  • Velha Glória
  • *****
  • Oliveira de Azemeis
  • Mensagens: 5811
  • AMO-TE BENFICA!!
  • 04 de Janeiro de 2019, 00:12
Isso é bom para enganar o público em geral, leigos neste tipo de assuntos, fazem a festa mas quem realmente ganha e é o único oficialmente a ganhar, são por exemplo o W52 na vitória da Volta a Portugal, o resto é conversa para enganar o povinho.
Eu acho inviável.
É uma modalidade que basicamente só sobrevive com um grande patrocinador.
Não faz sentido gastar uns 1M/2M para ficar na 2ª ou 3ª divisão do ciclismo.
O retorno é mínimo. Se houvesse retorno (financeiro e desportivo) porque que não se vê grandes clubes a apostar no ciclismo (o Barcelona tem equipas de tudo menos no ciclismo...)?
Não o faz mas podia fazê-lo. Facilmente o Barcelona criava uma equipa e arranjava grandes patrocínios. Mas além de dar muito trabalho, o ciclismo é um risco enorme para a reputação de um clube como o Barcelona.

No início do século criaram uma equipa amadora, com o nosso Melchor Mauri a director desportivo, mas esse projecto foi abaixo devido a dificuldades financeiras. O Barça entrar em projectos amadores é estranho, mas podia ter sido um teste.

O ciclismo é um risco para a reputação de qualquer clube que não goste de jogo sujo
Desculpa mas NÃO existe um desporto de alta competição limpo, respeito a tua opinião mas discordo linearmente.

Tu defendes a entrada do Benfica no ciclismo?!
Defendo mas não com parcerias com clubes/Associações, como o SCP e FCP actualmente têm, até porque quando ganham alguma coisa colectivamente, de facto quem realmente ganha são os W52 e Taviras, os nossos rivais apenas patrocinam-os, é como as nossas parcerias aberrantes com pilotos de desportos motorizados etc, isso sou contra.

Estás sempre a dizer que as medalhas olímpicas são dos atletas, aqui no ciclismo é igual, todos os triunfos individuais são dos atletas.
Obviamente, mas não sou eu quem determinou isso...

Os atletas ganham, mas vitórias colectivas nunca são atribuídas a FCP ou SCP...

Há uma coisa que estamos de acordo todas as parcerias deviam acabar no SLB

Não descartaria uma parceria com a Huawei o com a Emirates, para o ciclismo.
O ponto deles não é esse tipo de parcerias. São parcerias em que o Benfica é o patrocinador e não o patrocinado.

Ah ok não tinha lido bem, em relação a isso  estou de acordo.

graposo

  • Iniciado
  • *
  • Mensagens: 20
  • 08 de Janeiro de 2019, 00:11

Bombastic

  • Iniciado
  • *
  • Nice (França)
  • Mensagens: 2697
  • 08 de Janeiro de 2019, 08:51
http://jornalciclismo.com/?p=49259

Lembro-me tão bem dessa mítica Volta... Ao viver no estrangeiro, naquela época, só podia ver o Benfica em jogos europeus contra clubes franceses, ou lá de vez em quando na RTPI, e quando íamos passar o verão em Portugal, tentava apanhar qualquer transmissão dos jogos de pré-época, que via como se fossem finais decisivas para a história do clube.

Portanto, quando o Benfica regressou ao ciclismo naquele ano, para mim, foi fantástico, até porque também seguia o ciclismo internacional e que conhecia o Melcior Mauri pela sua grande façanha na Vuelta de 1991, quando ele corria ainda na ONCE e era apenas um "gregário". Vê-lo com a camisola do Benfica era algo surreal para mim.

Não tínhamos televisão em casa em Portugal, pois apenas vínhamos de férias, mas visitávamos a família constantemente e eu passava o tempo todo a chatear os meus primos e amigos para voltar da praia a tempo para poder apanhar a etapa do dia. Houve tanto mas tanto fervor e benfiquismo espalhado pelas estradas, nunca vi uma coisa tão épica. E a vitória do Plaza foi um momento de arrepio puro, embora eu fiquei um bocado chateado por não ter vencido o meu querido Mauri!

É verdade que, naquela época, o regresso do Benfica ao ciclismo permitiu compensar a frustração que se vivia no futebol e nas modalidades (admito que eu nem tinha consciência disso, ainda era puto e não dava para seguir a actualidade do Benfica no dia a dia naquela altura). Mas para mim, desde então, o Benfica ficou eternamente vinculado ao ciclismo.

O regresso do Benfica ao ciclismo está no nosso ADN. É apenas questão de tempo!!!  :slb2:

_Huji_

  • Iniciado
  • *
  • Mensagens: 1098
  • 09 de Janeiro de 2019, 23:02
Espero bem que volte já para o Ano.

Nao e por falta de orçamento mas sim por falta de vontade.!



hugoPT92

  • Iniciado
  • *
  • Mensagens: 167
  • 10 de Janeiro de 2019, 00:41
Não sou fã de ciclismo mas faz todo o sentido o regresso da modalidade ao clube por razões históricas óbvias, tem é de ser um projecto com pés e cabeça para durar e não algo que ao fim de 1 ano ou 2 acabe novamente como já aconteceu.

Nate

  • Juvenil
  • **
  • Campo de Ourique
  • Mensagens: 215
  • 10 de Janeiro de 2019, 07:06
Se o dinheiro não é problema para o Benfica há que honrar a história do nosso clube e construir uma equipa de ciclismo.

_Huji_

  • Iniciado
  • *
  • Mensagens: 1098
  • 08 de Fevereiro de 2019, 00:31
Tem que Voltar na Proximo Ano!

Sr.Viera e preciso o que para abrir a Reabrir a Modalidade ?

Benfiquista Crítico

  • Iniciado
  • *
  • Mensagens: 239
  • fb.com/obenfiquistacritico/
  • 26 de Março de 2019, 21:15
in https://www.facebook.com/821118178071220/posts/1112534588929576/

O Benfiquista Crítico
Agora mesmo ·

Sou um entusiasta por ciclismo. Posto isto, é enorme tristeza que escrevo sobre o facto de, hoje em dia, não se praticar a modalidade com o símbolo do Benfica ao peito.

Historicamente, o Benfica tem uma grande ligação ao ciclismo. Tudo começou em 1906, era fundado o Grupo Sport Benfica. Este clube desportivo era eclético, mas o seu principal foco era o ciclismo, tanto é que no símbolo constava uma roda de bicicleta. A fusão entre o GS Benfica e o Sport Lisboa, dois anos volvidos, manteria o ciclismo como uma das principais modalidades do clube, sendo esta praticada até à década de 40, destacando-se José Maria Nicolau (duas vezes vencedor da Volta a Portugal) como grande lenda do Benfica na modalidade.

Não sou ingénuo, tenho plena noção que o ciclismo português, na actualidade, está longe de ser um desporto totalmente puro. Pelo menos, a fama existe. Somos o "Irão Europeu". Porém, mesmo respeitando muito a opinião de pessoas como o senhor Alberto Miguéns, sou da opinião que ciclismo é uma das modalidades obrigatórias para um clube eclético como o nosso.

Sejamos francos, poucas são as corridas nacionais de relevo. Eu diria que, fora a Volta ao Algarve e a Volta a Portugal (e mesmo a segunda, apenas tem muito relevo para nós, portugueses) e, no limite, a Volta ao Alentejo, não há nenhuma corrida verdadeiramente relevante. O Troféu Joaquim Agostinho, o GP Beiras e Serra da Estrela, a Clássica das Aldeias do Xisto, a Clássica da Arrábida ou o GP Nacional 2 são corridas giras mas sem grande expressão internacional, muito embora tenham estatuto .2 para cima. Desse modo, um projecto mais internacional valorizar-nos-ia muito mais e não nos expunha tanto ao problema supramencionado. Na verdade, tal não seria inédito, pois tal não seria muito diferente do que assistimos em 2007 e 2008. Nesse curto regresso à estrada, o nosso projecto envolvia uma componente internacional considerável, com corridas não só em Espanha (como é costume nas equipas nacionais) mas também no Luxemburgo ou na Alemanha, onde aliás obtivemos os nossos melhores resultados em termos de prestígio. Posto isto, apostar no Benelux, França, Suiça ou Alemanha, onde existem grandes comunidades portuguesas, seria sempre algo a ter em conta.

O grande problema associado à nossa entrada no ciclismo, porém, é o dinheiro. Uma equipa de ciclismo é algo caro, tanto que entrar na modalidade sem um patrocinador forte é difíci. Mais ainda, é difícil encontrar um patrocinador que aceite entrar connosco suportando a maior parte dos custos, porque o Benfica é um nome demasiado forte que ofusca qualquer outra marca nacional. Desse modo, teríamos sempre de recorrer a multinacionais, e encontrar interessados não é fácil. Porém, para honrar a nossa história, enquanto não temos garantias financeiras, devíamos sempre ter uma equipa focada na formação. Aliás, o nosso projecto de 2007 envolvia uma grande aposta nos jovens. Na altura, Rui Costa foi a nossa figura de proa, com um excelente 2º lugar no Tour de l'Avenir de 2008, uma das mais importantes provas sub-23, senão a mais importante. Mas não era caso único. Entre outros jovens, destacavam-se José Mendes e Edgar Pinto, que também acabaram por fazer carreiras bastante interessantes desde então.

Com muita pena minha, acho difícil que o Benfica volte à estrada nos próximos tempos. Porém, o ciclismo devia ser daqueles desportos que, por decreto, devia ser sempre praticado no Sport Lisboa e Benfica. Até haver dinheiro, uma equipa de formação honraria a história. Com dinheiro, poderíamos fazer nós uma nova história!

_Huji_

  • Iniciado
  • *
  • Mensagens: 1098
  • 27 de Março de 2019, 22:05
Equipa de ciclismo cara ? apesar de ser assunto da Sad e do benfica , quem paga um Aranjo ou um Lema só porque sim , com esse dinheiro dava para ter uma equipa jeitosa por meia década.
Projecto só  se for internacional , este ano a Equipa do Porto  vai correr na Turquia prova WT  é na  China no Final do Ano .
Acho que até era interessante para o Benfica , e se o Benfica disse-se a "Comunidade" dos Adeptos da Modalidade que é a nossa primeira  modalidade do clube acredito que pelos os "fanaticos"menos começavam a pelo menos a apreciar o Clube , era interessante para o Clube  Puder se promover por exemplo na Bélgica e na Holanda paises "futebolísticos" e que tem um legião de Fá do desporto nesses paises.

Bombastic

  • Iniciado
  • *
  • Nice (França)
  • Mensagens: 2697
  • 27 de Março de 2019, 22:10
in https://www.facebook.com/821118178071220/posts/1112534588929576/

O Benfiquista Crítico
Agora mesmo ·

Sou um entusiasta por ciclismo. Posto isto, é enorme tristeza que escrevo sobre o facto de, hoje em dia, não se praticar a modalidade com o símbolo do Benfica ao peito.

Historicamente, o Benfica tem uma grande ligação ao ciclismo. Tudo começou em 1906, era fundado o Grupo Sport Benfica. Este clube desportivo era eclético, mas o seu principal foco era o ciclismo, tanto é que no símbolo constava uma roda de bicicleta. A fusão entre o GS Benfica e o Sport Lisboa, dois anos volvidos, manteria o ciclismo como uma das principais modalidades do clube, sendo esta praticada até à década de 40, destacando-se José Maria Nicolau (duas vezes vencedor da Volta a Portugal) como grande lenda do Benfica na modalidade.

Não sou ingénuo, tenho plena noção que o ciclismo português, na actualidade, está longe de ser um desporto totalmente puro. Pelo menos, a fama existe. Somos o "Irão Europeu". Porém, mesmo respeitando muito a opinião de pessoas como o senhor Alberto Miguéns, sou da opinião que ciclismo é uma das modalidades obrigatórias para um clube eclético como o nosso.

Sejamos francos, poucas são as corridas nacionais de relevo. Eu diria que, fora a Volta ao Algarve e a Volta a Portugal (e mesmo a segunda, apenas tem muito relevo para nós, portugueses) e, no limite, a Volta ao Alentejo, não há nenhuma corrida verdadeiramente relevante. O Troféu Joaquim Agostinho, o GP Beiras e Serra da Estrela, a Clássica das Aldeias do Xisto, a Clássica da Arrábida ou o GP Nacional 2 são corridas giras mas sem grande expressão internacional, muito embora tenham estatuto .2 para cima. Desse modo, um projecto mais internacional valorizar-nos-ia muito mais e não nos expunha tanto ao problema supramencionado. Na verdade, tal não seria inédito, pois tal não seria muito diferente do que assistimos em 2007 e 2008. Nesse curto regresso à estrada, o nosso projecto envolvia uma componente internacional considerável, com corridas não só em Espanha (como é costume nas equipas nacionais) mas também no Luxemburgo ou na Alemanha, onde aliás obtivemos os nossos melhores resultados em termos de prestígio. Posto isto, apostar no Benelux, França, Suiça ou Alemanha, onde existem grandes comunidades portuguesas, seria sempre algo a ter em conta.

O grande problema associado à nossa entrada no ciclismo, porém, é o dinheiro. Uma equipa de ciclismo é algo caro, tanto que entrar na modalidade sem um patrocinador forte é difíci. Mais ainda, é difícil encontrar um patrocinador que aceite entrar connosco suportando a maior parte dos custos, porque o Benfica é um nome demasiado forte que ofusca qualquer outra marca nacional. Desse modo, teríamos sempre de recorrer a multinacionais, e encontrar interessados não é fácil. Porém, para honrar a nossa história, enquanto não temos garantias financeiras, devíamos sempre ter uma equipa focada na formação. Aliás, o nosso projecto de 2007 envolvia uma grande aposta nos jovens. Na altura, Rui Costa foi a nossa figura de proa, com um excelente 2º lugar no Tour de l'Avenir de 2008, uma das mais importantes provas sub-23, senão a mais importante. Mas não era caso único. Entre outros jovens, destacavam-se José Mendes e Edgar Pinto, que também acabaram por fazer carreiras bastante interessantes desde então.

Com muita pena minha, acho difícil que o Benfica volte à estrada nos próximos tempos. Porém, o ciclismo devia ser daqueles desportos que, por decreto, devia ser sempre praticado no Sport Lisboa e Benfica. Até haver dinheiro, uma equipa de formação honraria a história. Com dinheiro, poderíamos fazer nós uma nova história!

Grande post.

lanceiro

  • Sénior
  • ****
  • Mensagens: 1554
  • SB since 2005
  • 28 de Março de 2019, 10:18
Esta modalidade deveria existir sempre;

IPASLB

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 10877
  • História e Futuro do SL&Benfica
  • 31 de Março de 2019, 13:01
Equipa de ciclismo cara ? apesar de ser assunto da Sad e do benfica , quem paga um Aranjo ou um Lema só porque sim , com esse dinheiro dava para ter uma equipa jeitosa por meia década.
Projecto só  se for internacional , este ano a Equipa do Porto  vai correr na Turquia prova WT  é na  China no Final do Ano .
Acho que até era interessante para o Benfica , e se o Benfica disse-se a "Comunidade" dos Adeptos da Modalidade que é a nossa primeira  modalidade do clube acredito que pelos os "fanaticos"menos começavam a pelo menos a apreciar o Clube , era interessante para o Clube  Puder se promover por exemplo na Bélgica e na Holanda paises "futebolísticos" e que tem um legião de Fá do desporto nesses paises.

Oficialmente o fcp é o patrocinador,  o clube é a União Ciclista do Sobrado,  quem fica na história como vencedor e participantes nas provas é só o clube patrocinado e não o patrocinador,  fcp e scp são os patrocinadores,  apenas...