Académica 1 x 0 SL Benfica

  • Futebol
  • Equipa B
  • 2019/2020
  • Segunda Liga
Submetida por Ruud em Dom, 08/04/2019 - 12:16
Competição
Date
Sábado, Outubro 5, 2019 - 11:00
Estado
Realizado
Transmissão televisiva
SPORTTV1

 

Pontos ficaram em Coimbra

 

O Benfica B cedeu pela margem mínima em casa da Académica na 8.ª jornada da II Liga.

 

 

O quadro de jogos da 8.ª jornada da II Liga colocou frente a frente, no Estádio Cidade de Coimbra, a Académica e o Benfica B. O anfitrião ficou com os três pontos: 1-0 foi o resultado final.

 

A energia dos jogadores e o futebol positivo por parte de ambas as equipas, que se empenharam em construir, elaborar ataques, fazer aproximações às balizas e dar que fazer aos guarda-redes, foram aspetos que caracterizaram a primeira vintena de minutos desta partida.

 

Antes da meia hora, a Académica conseguiu ser mais incisiva nos últimos metros num par de lances e esteve perto de marcar aos 28', mas uma atenta intervenção do guardião Svilar (e o auxílio do poste direito) travou as intenções de Osei, que rompera pela direita da área, e conservou o 0-0.

 

Porém, ao minuto 38, a Briosa adiantou-se mesmo no marcador no seguimento de um canto cobrado à direita. O central Silvério, na zona do segundo poste, tirando proveito de um desvio no coração da área, tocou para as redes e assinou o 1-0.

 

O Benfica B, que contou com David Tavares (do plantel principal) no meio-campo, podia ter restabelecido a igualdade aos 40', mas, depois de uma arrancada de Rodrigo Conceição pelo flanco direito, a finalização de Pedro Henrique esbarrou na oposição do central Zé Castro, que evitou o 1-1. Os anfitriões saíram para intervalo na frente: 1-0.

 

 

Para a abordagem ao segundo tempo, Renato Paiva promoveu duas trocas no conjunto encarnado: saíram Rodrigo Conceição e Pedro Henrique, entraram Umaro Embaló e Gonçalo Ramos (46').

 

O propósito do Benfica B era discutir o resultado, e para isso teria de ser mais agressivo com bola e criar oportunidades de golo. Do outro lado, a Académica, em posse, não abdicou de desenhar ofensivas, executar remates e tentar o 2-0.

 

Tiago Dantas rendeu Vukotic aos 69', naquela que foi a derradeira aposta do treinador Renato Paiva para agitar a equipa benfiquista e levá-la para junto da baliza da Académica.

 

Uma desmarcação de Gonçalo Ramos sobre a direita, ao minuto 77, originou clara oportunidade de golo para as águias, mas, na conclusão do lance, David Tavares, num remate de pé esquerdo na área, falhou o alvo.

 

Aos 80' a Briosa introduziu a bola na baliza defendida por Svilar, mas a jogada de ataque foi anulada por posição de fora de jogo. O jogo caminhava para os últimos minutos, mas a Académica continuava esticada no relvado, complicando as intenções do Benfica B, que ainda pressionou na compensação, mas não mudou o 1-0 (resultado final).

 

Onze do Benfica B: Svilar; João Ferreira, Kalaica, Morato e Frimpong; Mendes, David Tavares e Vukotic; Rodrigo Conceição, Nuno Santos e Pedro Henrique.

Suplentes: Fábio Duarte, Pedro Álvaro, Rafael Brito, Tiago Dantas, Umaro Embaló, Csoboth e Gonçalo Ramos.

 

Boletim clínico: Ricardo Araújo "Jorginho" (lesão muscular na face posterior da coxa esquerda); Vinícius Ferreira (luxação da articulação galeno-umeral do ombro direito).

 

DECLARAÇÕES

 

Renato Paiva (treinador do Benfica B): "Gesto de fair play? [Nos últimos minutos, apesar da desvantagem, mandou os seus jogadores devolverem a bola ao adversário, depois de a Académica ter colocado o esférico fora de campo para que fosse prestada assistência médica a um jogador]. Temos de ter a noção do clube onde estamos, da sua história, dos seus pergaminhos e dos seus valores. Nós, jogando o futebol em si, não queremos ganhar de qualquer maneira; queremos ganhar com a nossa ideia e o nosso modelo, porque é isso que vai fazer crescer os jogadores. Ainda estamos a educar, não há aqui nenhum jogador que tenha uma carreira feita no futebol profissional. Temos de formar à Benfica, com elevação."

 

"Sobre o jogo, o que nos preocupa mais nesta altura não é a bola entrar ou não. Obviamente que temos a pressão dos resultados, porque somos Sport Lisboa e Benfica, mas a maior pressão que ponho em mim próprio e nos jogadores é na forma como jogamos e tentamos criar oportunidades de golo. Em Matosinhos fizemos uma primeira parte de qualidade, e o que pedi aos jogadores foi que a trouxéssemos para aqui e a prolongássemos no tempo. Não fomos capazes, fizemos um ou dois remates à baliza. A bola não chegou com qualidade ao último terço. Não foi tanto pelo bloqueio da Académica na nossa fase de construção, foi pelo jogo posicional. Posicionalmente os jogadores não estiverem bem. Os jogadores têm de crescer individualmente dentro do coletivo. Não podem andar posicionalmente como querem, porque a equipa tem um mapa mental de jogo, tem posições e dinâmicas a partir das mesmas. Se as posições não são preenchidas, vamos ter dificuldades. O que nos penaliza claramente é que não chegámos ao último terço com bola, não entrámos na área, fosse em cruzamentos ou em combinações. Nem sequer conseguimos criar situações numéricas, e isto tem claramente a ver com questões posicionais."

 

Tiago Dantas (médio do Benfica B): "Não foi dos nossos melhores jogos. Faltou-nos algum discernimento, para não dizer bastante, para chegarmos a zonas de criação e posteriormente a zonas de finalização com mais qualidade. Tivemos apenas um remate a acabar, do David [Tavares]. Temos de pensar no que não estamos a fazer de forma correta e voltar mais fortes do que nunca após a paragem para os jogos das seleções. Este grupo tem muita qualidade, trabalhamos muito forte todos os dias e temos de voltar às vitórias o mais rápido possível."

 

Informação do Jogo: https://www.slbenfica.pt/pt-pt/agora/noticias/2019/10/05/futebol-direto-jogo-academica-benfica-b-8-jornada-ii-liga-cronica

 

Onze Inicial

Banco

Treinador

Momentos

Onze Inicial

Banco

Treinador

Momentos

Coming soon

Notícias relacionadas

Nenhum item encontrado