SL Benfica 2 x 2 E. Amadora

  • Futebol
  • Juniores A
  • 2006/2007
  • campeonato nacional - 1ª fase
  • Futebol
  • Juniores A
  • 2006/2007
  • Futebol
  • Juniores A
  • Futebol
Date
Domingo, Setembro 10, 2006 - 18:00
Estado
Realizado
Assistência
1000

Tarde de sol no centro de estágio do seixal. A equipa de Juniores entrava em campo para mais uma jornada, desta vez a 3ª do campeonato nacional. A equipa escolhida pelo técnica Bruno Lage foi: - Daniel Casaleiro na baliza, Magalhães como lateral-direito, Miguel Vitor e Ferreira como centrais. Na esquerda actuou Rúben Lima. Como trinco jogou Balazic, apoiado pela organização de jogo de Miguel Rosa que actuou como nº10. Nas alas jogaram Dalibor e Romeu Ribeiro, esquerda e direita respectivamente. André Carvalhas jogou no apoio directo ao ponta-de-lança Milan Jeremic. O Benfica entrou bem no jogo a tomar conta dos acontecimentos, a trocar a bola, e a procurar chegar com condições de golo à baliza do Estrela. Até à meia-hora assitiu-se a um Benfica pensador, com o seu cérebro a intervir pouco no encontro. Miguel Rosa estava desinspirado e a equipa ressentiu-se disso.

O Estrela numa toada de contra-ataque tentava chegar com perigo à baliza até que num remate de longe, a bola ressaltou no defesa benfiquista e traiu o guarda-redes Casaleiro abrindo assim o marcador para a equipa visitante. A equipa do Benfica acabou a 1ª parte com cerca de 2 ou 3 remates à baliza. Na segunda parte o técnico mexeu na equipa e tirou Romeu Ribeiro para a entrada de Sami. O Benfica passava a jogar com 3 homens no ataque. A equipa trocava bastante a bola e sem qualquer tipo de imaginação e objectividade ofensiva. Até que numa falha do guarda-redes do estrela, Jeremic cruzou para a área e Carvalhas com um pontapé à meia volta empatou o jogo. Um golo merecido daquele que me pareceu ser o melhor jogador em campo. O Estrela ficou reduzido a 10 unidades pela expulsão do seu nº10 por palavras ao árbitro.

O Benfica continuava sem soluções e entrou ainda Carlitos para a saída de Milan Jeremic. Já perto do final do encontro o Estrela através de um pontapé livre chega ao 1-2, golo muito festejado pelos jogadores. Incrível como com 10 unidades a equipa da reboleira conseguiu o empate. Até que já mesmo em cima da hora uma desatenção da defesa do Estrela fez com que Miguel Vítor rematasse para o ponto conquistado no jogo.

Onze Inicial

Banco

Treinador

Momentos

61 André Carvalhas
63 Sami
72 Nuno Ferreira
90 Daniel Casaleiro
90 Miguel Vitor

Onze Inicial

Banco

Treinador

Momentos

Coming soon

Notícias relacionadas

Nenhum item encontrado