SL Benfica 2 - 3 Real Madrid

  • Futebol
  • Juniores A
  • 2019/2020
  • Youth League Sub-19
Competição
Data
Ter, 25 Agosto, 2020, 17:00
Estado
Realizado
Transmissão televisiva
BTV

 

DESFECHO IMERECIDO, MAS HONRARAM A CAMISOLA ATÉ AO FIM!

 

O Benfica lutou com todas as forças, mas o Real Madrid venceu a final da UEFA Youth League.

 

 

A equipa do Sport Lisboa e Benfica, liderada por Luís Castro, saiu derrotada pelo Real Madrid na final da UEFA Youth League. As águias foram superiores ao longo dos 90 minutos, mereciam outro desfecho, mas a sorte bafejou os merengues que triunfaram por 2-3.

 

O desafio de todas as emoções começou com o Benfica a tomar a iniciativa de jogo e a efetuar uma pressão bastante subida quando não tinha a posse do esférico. O Real Madrid, mais recuado, tentava aguentar a pressão efetuada pelas águias, contudo, não conseguia sair da sua zona defensiva nestes minutos iniciais. 

 

Aos 9'Filipe Cruz foi preponderante a conseguir travar aquele que poderia ter sido o primeiro golo dos merengues. Rodriguez, isolado, já se preparava para rematar, todavia, o lateral-direto encarnado foi bastante veloz e antecipou-se ao dianteiro no interior da área.

 

Benfica Real Madrid Futebol UEFA Youth League

 

equipa liderada por Luís Castro continuava em alta rotação e aos 16' foi a vez de Umaro Embaló tentar visar a baliza contrária. O extremo canhoto desferiu um potente remate de pé direito, mas o esférico passou um pouco ao lado da baliza à guarda de Luis López. 

 

À passagem do minuto 25 era notório o abrandamento do ritmo da partida. O Real Madrid posicionou-se melhor dentro das quatro linhas e aos 26' chegou mesmo ao golo inaugural. Na sequência de um lançamento executado de forma rápida, Arribas cruzou com grande qualidade para o interior da área. Rodríguez antecipou-se a Tomás Araújo e cabeceou para o fundo das redes (0-1).

 

Apesar do golo marcado, os blancos não baixavam a guarda e continuavam à procura de dilatar a vantagem. As águias continham as investidas espanholas como podiam, mas não estavam a conseguir penetrar no bloco defensivo do Real Madrid. Os passes longos para a frente de ataque e o futebol apoiado não estavam a surtir efeito

 

Benfica Real Madrid Futebol UEFA Youth League

 

Aos 45' o Real Madrid fez o segundo da partida. Arribas, um dos melhores do lado espanhol e dotado de um pé esquerdo de alta qualidade, partiu para o contra-ataque. Já dentro da área, cruzou rasteiro para um companheiro de equipa. Na tentativa de intercetar o lanceHenrique Jocu acabou por colocar o esférico na própria baliza, traíndo Leo Kokubo (0-2). 

 

Até ao final da primeira parte o Clube da Luz tentou aproximar-se da baliza adversária, mas não obteve sucesso. 

Ao intervalo: 0-2.

 

Para o início da segunda parte, Luís Castro decidiu mudar duas peças do seu xadrez tático. Rafael Brito e Ronaldo Camará entraram para os lugares de Filipe Cruz e Henrique Jocu

 

Aos 49', Gonçalo Ramos fez o golo do Benfica!! Umaro Embaló trabalhou bem pelo flanco esquerdo e cruzou para o interior da área. Gonçalo Ramos, na passada, rematou para a defesa do guardião encarnado. Na recarga, Henrique Araújo atirou para nova defesa e foi mesmo Gonçalo Ramos, à terceira, que atirou para o fundo da baliza (1-2).

 

Benfica Real Madrid Futebol UEFA Youth League

 

Na jogada seguinte (50') o Real Madrid voltou a dilatar a vantagem... Park centrou pelo lado direito, nenhum jogador das águias cortou o lance e a bola sobrou para Gutíerrez. O lateral-esquerdo apareceu no sítio certo e rematou rasteiro. Kokubo ainda tentou impedir o tento, mas sem sucesso... (1-3).

 

Os encarnados não baixaram os braços e foram à procura da sorte! Aos 57', Tiago Araújo bateu o pontapé de canto do lado direito e Gonçalo Ramos, subindo mais alto que todos os adversários, cabeceou com tudo para o segundo do Benfica e o seu bis na partida (2-3).

 

Benfica Real Madrid Futebol UEFA Youth League

 

Aos 63', Luís Castro viu-se obrigado a voltar a mexer no conjunto encarnado após lesão muscular de Umaro EmbalóLuís Lopes entrou para o seu lugar. As investidas benfiquistas não abrandavam e aos 68'Tiago Dantas teve uma oportunidade fulcral para empatar. Henrique Araújo foi derrubado no interior da área e o árbitro não teve dúvidas, apontando para a marca de grande penalidade. Tiago Dantas rematou com tudo, mas Luis López estirou-se para o sítio certo e negou o empate.

 

As emoções estavam à flor da pele! Os jogadores do Real Madrid aproveitavam todas as oportunidades para ganhar alguns segundos, enquanto o Benfica, balanceado para o ataque, tentava a todo o custo chegar ao golo. Aos 90', e depois do árbitro auxiliar mostrar a placa com os minutos de compensação (sete), Luís Castro fez entrar Martim Neto para o lugar de Tomás AraújoEra o tudo por tudo!

 

Benfica Real Madrid Futebol UEFA Youth League

 

Aos 90'+4' as águias estiveram muito perto do golo! Gonçalo Ramos rematou para uma excelente defesa do guardião merengue. No seguimento do lance, Henrique Araújo teve no seu pé direito a oportunidade de ouro para empatar. À entrada da pequena área, rematou sem preparação após cruzamento de Luís Lopes, mas o esférico bateu com estrondo na barra da baliza.

 

Benfica continuou a tentar, mas já não havia tempo para mais. Na segunda parte os encarnados foram nitidamente superiores, todavia, o Real Madrid triunfou e venceu a UEFA Youth League – a primeira do seu palmarés. Resultado final: 2-3.

 

Benfica Real Madrid Futebol UEFA Youth League

 

Informação do Jogo: https://www.slbenfica.pt/pt-pt/agora/noticias/2020/08/25/direto-futebol-benfica-real-madrid-final-uefa-youth-league

 

Mensagem do Presidente Luís Filipe Vieira

 

Pela forma como honraram a camisola e o prestígio do Sport Lisboa e Benfica, quero felicitar todos os dirigentes, equipa técnica e jogadores envolvidos nesta extraordinária campanha na Youth League, que nos levou à terceira final desta prova nas últimas sete épocas.

 

O espírito de entreajuda e o esforço com que lutaram até ao último minuto são motivos de orgulho para todos os benfiquistas, e como jovens jogadores, apesar da final perdida, merecem da nossa parte o mais justo reconhecimento e incentivo.

 

Luís Filipe Vieira

 

Declarações

 

LUÍS CASTRO

 

Só pecou no resultado: "Entrámos mal na primeira parte. O Real estava mais expectante e aproveitou transições e ataques rápidos, pois sabia que nós somos uma equipa que gosta de ter bola e gosta de estar no meio-campo ofensivo. Sabíamos o que eles iam tentar fazer e cometemos um ou outro erro, que não é normal na equipa. Ao intervalo retificamos. Penso que foi uma segunda parte de luxo, só pecou no resultado. Marcámos dois, tivemos a oportunidade de marcar mais, mas infelizmente o resultado não foi o melhor, contudo, em termos de exibições, penso que esta equipa foi excelente."

 

A mensagem: "Disse-lhes que tenho muito orgulho neles. Em Portugal, infelizmente, estamos com problemas para treinar, não podíamos fazer jogos-treino, estes jogadores não fazem 90 minutos há mais de cinco meses. Estava com receio no primeiro jogo, chegaram ao jogo cansados, mas deram tudo, como em todos os jogos. Se pensarmos no que eles fizeram aqui hoje nem parece que estiveram parados tanto tempo [COVID-19], até ao último minuto deram tudo. Nenhum deles falhou naquilo que é a entrega e o amor a esta camisola."

 

GONÇALO RAMOS

 

Análise ao jogo: "Fizemos um excelente jogo, tentámos sempre impor o nosso futebol. Ao intervalo houve uma mudança na estratégia e acabou por correr bem. Muito mérito para a equipa do Real Madrid, que fez um grande jogo. A nós também nos faltou um pouco de sorte no fim para conseguir ganhar a Youth League."

 

O que faltou a este Benfica: "A prestação e os resultados da equipa são sempre mais importantes que os resultados individuais, seja meu ou de qualquer colega. O pensamento é ajudar a equipa e o principal objetivo era ganhar. Faltou sorte e talvez um pouco de sangue-frio."

 

TIAGO DANTAS

 

Final perdida: "É um sentimento de tristeza, como é óbvio. Tudo fizemos para vencer esta final, era um marco importante na história do Clube, mas não conseguimos. Não fomos suficientemente competentes para fazê-lo e não converter as oportunidades paga-se caro numa competição como esta."

 

Oportunidades desperdiçadas: "Não só essa bola [à barra já nos instantes finais], como o penálti falhado… Foram várias as oportunidades que tivemos, mas também não fomos competentes em não deixar o adversário marcar golos. Marcaram três golos e não podemos sofrer três golos numa final destas, a este nível. De realçar, no entanto, o excelente empenho de toda a equipa. Não foi nada fácil chegar até aqui… Mas o principal objetivo não foi alcançado e estamos muito tristes."

 

Reagir e olhar para o futuro: "Agora é levantar a cabeça, não paramos aqui, a vida continua. Todos temos uma carreira brilhante à nossa frente e há que continuar a trabalhar todos os dias para termos muito êxito no futuro, que é algo que eu acredito que teremos todos, os que estão aqui e todos os que ficaram em Lisboa. Todos têm muita qualidade."

 

Onze Inicial

Banco

Treinador

Momentos

Onze Inicial

Banco

Treinador

Momentos

Coming soon

Notícias relacionadas

Nenhum item encontrado