SL Benfica 7 - 2 Eléctrico FC

  • Futsal
  • Seniores
  • 2020/2021
  • Campeonato Nacional
    Competição
    Data
    Dom, 14 Fevereiro, 2021, 19:00
    Estado
    Realizado
    Transmissão televisiva
    BTV

     

    JACARÉ OFERECEU UM HAT-TRICK EM DIA DE SÃO VALENTIM!

     

    Outra entrada fulminante permitiu ao Benfica alcançar um resultado robusto perante o Elétrico na 22.ª jornada do Campeonato Nacional de futsal.

     

     

    Dia de São Valentim é um dia especial e de emoções, mas a equipa de futsal do Benfica não mostrou misericórdia perante o Elétrico na 22.ª jornada da Liga Placard. Embaladas pelo hat-trick do predador Jacaré, as águias golearam o adversário desta ronda por 7-2.

     

    Não foi preciso esperar muito para se assistir ao primeiro golo do encontro. O Benfica, que está sedento por golos e por vitórias, rapidamente inaugurou o marcador. Jacaré executou muito bem o trabalho de pivot, recebeu de costas para a baliza, rodou, encarou a baliza adversária e colocou o esférico, com um remate rasteiro, por baixo das pernas de André Correia (1-0 aos 1'). A equipa de Ponte de Sor, atrevida no encontro, tentava atrapalhar as movimentações atacantes dos pupilos de Joel Rocha, contudo, o ascendente benfiquista permanecia e voltou a assistir-se a mais um remate certeiro. Fits trabalhou bem pelo flanco esquerdo, insistiu no slalom e foi feliz. Já sem ângulo, o camisola 19 efetuou o remate. O esférico saiu enrolado e o guarda-redes não conseguiu desviar (2-0 aos 7').

     

    bis do predador Jacaré chegou aos 11'Fábio Cecílio, internacional português, galgou vários metros pelo corredor esquerdo e, como sugerem as regras da modalidade, colocou a bola para o segundo poste. O número 5 sabia que iria estar um companheiro para finalizar e assim foi. Jacaré entrou de rompante e, com um toque de pé esquerdo, fez a bola beijar as redes adversárias (3-0 aos 11'). Se aos 11' havia sido Fábio Cecílio a apontar os holofotes para o golo de Jacaré, aos 13' entrou para o papel de protagonista e encarregou-se de capitalizar (4-0). Nilson (ex-SC Braga) colocou a bola em zona adiantada, Fábio Cecílio recebeu com a sola, conduziu, tirou André Correia do caminho e, já em desequilibro, rematou para a baliza deserta. 

     

     

    As jogadas saíam ao Benfica com muita naturalidade e a vantagem começava a dilatar-se cada vez mais. Com Roncaglio as águias podiam optar por jogar no 5x4 sem colocar um homem de campo na posição de guarda-redes avançado. O Elétrico ficava atrapalhado com as movimentações e o Clube da Luz faturava. O guardião encarnado, descaído para o lado esquerdo, descobriu Nilson no flanco contrário. O camisola 9 colocou a bola para a profundidade e Chiskala atirou um "míssil russo" que tinha destino traçado para o interior da baliza (5-0). O rolo compressor permanecia e as jogadas eram cada vez mais açucaradas... Passe longo de Robinho, receção com o peito de Jacaré, remate cruzado contra a perna direita de André Correia e golo! Ao intervalo: 6-0.

     

    No recomeço da partida o ritmo abrandou gradualmente. O Benfica geria mais a posse do esférico, atacava com segurança, mas não conseguia bater Diogo Basílio – guarda-redes  que entrou para a segunda parte em troca com André Correia. Aos 26', o Elétrico aproveitou uma desconcentração de Robinho em zona proibida e reduziu. Na cara de Diego Roncaglio, Gustavo Rodrigues rematou rasteiro e fez o primeiro dos forasteiros (6-1).

     

     

    A equipa visitante moralizou-se e, aproveitando outra falha defensiva, fez o segundo golo. Luciano Andrade beneficiou com a desconcentração de Fábio Cecílio, antecipou-se a Roncaglio e desviou o esférico do guardião encarnado (6-2). Na resposta, Fits roubou o esférico, em zona adiantada, a Bruno Graça e não perdoou. Remate cruzado com a bola a entrar junto ao poste esquerdo (7-2).

     

    Os comandados de Joel Rocha controlaram as operações, não deram espaço a mais desatenções e carimbaram a vitória em Dia de São Valentim (14 de fevereiro). Resultado final: 7-2. No jogo da próxima jornada (23.ª), o Clube da Luz visita o reduto do Portimonense (Pavilhão Desportivo da Boavista).

     

    FICHA DE JOGO

     

    Local: Pavilhão Fidelidade

     

    Cinco inicial do Benfica: Diego Roncaglio, Fábio Cecílio, Tiago Brito, Arthur e Jacaré

     

    Suplentes: Martim Figueira, Afonso Jesus, Silvestre Ferreira, Nílson Miguel, Robinho, Ivan Chishkala, Rafael Freire, Fits e Tomás Silva

     

    Ao intervalo: 6-0

     

    Marcadores do Benfica: Jacaré (3), Fits (2), Fábio Cecílio e Ivan Chishkala

     

    Informação do Jogo: https://www.slbenfica.pt/pt-pt/agora/noticias/2021/02/14/futsal-benfica-eletrico-22-jornada-liga-placard

     

    Onze Inicial

    Banco

    Treinador

    Momentos

    Onze Inicial

    Banco

    Treinador

    Momentos

    Coming soon

    Notícias relacionadas

    Nenhum item encontrado