SL Benfica 9 x 0 Belenenses

  • Futsal
  • Seniores
  • 2020/2021
  • Campeonato Nacional
Competição
Data
Sáb, 27 Fevereiro, 2021, 15:00
Estado
Realizado
Transmissão televisiva
BTV

 

CAPÍTULO 9.0: A ARTE DE BEM JOGAR FUTSAL

 

O desafio desta tarde de sábado, entre Benfica e Belenenses, referente à 24.ª jornada da Liga Placard, teve de tudo. Jogadas simples, rendilhadas, de manual, eficácia apurada e ainda um golo que promete correr mundo...

 

 

Se na antevisão ao encontro a eficácia foi um tema debatido, no jogo deste sábado, referente à 24.ª jornada da Liga Placard, as águias deram uma lição de bem jogar futsal. Movimentações de elevado recorte técnico, jogadas que vêm nos manuais e golos de antologia... Tudo isto no Benfica-Belenenses (9-0) que decorreu no Pavilhão Fidelidade.

 

Jogo de futsal do Benfica sem um início fulminante já nem é habitual... Os comandados de Joel Rocha, que esta tarde ainda não podiam contar com Tayebi – afastado devido a lesão –, entraram a todo o gás e rapidamente capitalizaram o bom início. 40 segundos decorridos... golo a fazer jus à modalidade! Robinho, da linha lateral, picou para o lado direito. Chishkala, no flanco contrário, agradeceu o passe açucarado e, de primeira, atirou em direção ao segundo poste. Afonso Jesus, atleta formado no Clube da Luz, foi mais célere que o defesa contrário, não se fez rogado e colocou o pé para fazer o primeiro da partida (1-0).

 

As águias geriam as operações, contudo, não finalizavam tantas vezes no interior da área contrária como é seu apanágio. Coelho, do Belenenses, colocava em quadra a sua experiência e organizava o movimento defensivo do adversário. Aos 11', os encarnados aceleraram, executaram a jogada ao primeiro toque e alcançaram o sucesso. Chishkala, no meio-campo, adiantou a bola para Afonso Jesus, o jovem benfiquista, perto da linha de fundo, virou o jogo e Jacaré, sem preparação e à pivot, rematou debaixo para cima e fez o tento (2-0). 

 

 

Aos 12'golaço de Arthur! Foi à lei da bomba que o jogador brasileiro colocou o seu nome na lista dos marcadores. Chishkala, um dos mais interventivos, aguentou a pressão de dois adversários, deu de calcanhar e depois foi pura magia. Do meio da rua, Arthur disparou com tudo o que tinha e o remate fulminante só tinha um destino possível. O esférico foi direto ao ângulo superior esquerdo da baliza à guarda de Neto (3-0). 

 

O jogo fluía, a superioridade encarnada era notória e o avolumar do resultado era algo natural. Aos 15'Tiago Brito fez o gosto ao seu pé esquerdo. À entrada da área, o internacional português – novamente convocado por Jorge Braz para os jogos de qualificação para o Campeonato da Europa 2022 – rematou em arco. Neto estirou-se, ainda defendeu para o poste direito, mas o esférico acabou mesmo por entrar (4-0).

 

Até ao intervalo as redes ainda balançaram mais uma vez. Silvestre Ferreira avançou pelo flanco esquerdo, aguardou pelo momento certo, viu a movimentação de Nilson e colocou a bola no segundo poste. O camisola 9 do Clube da Luz ajoelhou-se e, com o peito, encostou para a mão-cheia de golos. Ao intervalo: 5-0.

 

 

A toada de jogo manteve-se... Mais Benficabom futsal em quadraFábio Cecílio avançou isolado, desferiu o remate, mas Neto opôs-se e defendeu para a frente. Chishkala apareceu para a recarga e rematou rasteiro para o sexto golo do encontro (6-0). Jogadas simples, todavia, de eficácia máxima

 

momento da tarde chegou aos 28'Arthur, descaído para o flanco direito, percebeu a saída do guarda-redes e fez um "cabrito" de alta nota artística. O movimento saiu na perfeição e a bola acabou por beijar as redes da baliza (7-0). Joel Rocha aproveitou a vantagem para dar minutos aos jovens atletas do plantel. Martim Figueira, Rafael Freire e Tomás Silva entraram ao longo da segunda parte. 

 

As águias, não satisfeitas com o resultado, aumentaram o score aos 37'. A carimbar uma exibição de luxo, Arthur, sempre em alta rotação,chegou ao hat-trickJacaré fez um passe de trivela desde o meio-campo, o camisola 7 deslocou-se até ao ponto de encontro com a bola e, de pé direito, atirou a contar (8-0). O último tento da partida ficou a cargo de Rafael Freire. O atleta, ainda júnior, acompanhou a jogada de Fits, movimentou-se para o segundo poste e encostou, depois da assistência do pivot, para selar o triunfo. Resultado final: 9-0.

 

No jogo da próxima jornada (25.ª), o Clube da Luz desloca-se ao reduto da ADCR Caxinas.

 

 

DECLARAÇÕES

 

Joel Rocha (treinador do Benfica): "Não podemos ser adversários de nós mesmos quando as coisas não correm tão bem. Como seres humanos que somos, por vezes temos dias, momentos, minutos em que não conseguimos estar nos limites das nossas capacidades e dos nossos talentos. Não ficamos satisfeitos quando jogamos menos bem, nem quando perdemos pontos pelo caminho. Estou extremamente satisfeito porque temos estado muito bem. Sentimos isso. Esta é uma equipa que deixa orgulhosos os adeptos e sócios do Benfica. Hoje era um jogo de orgulho próprio, de orgulho pelo colega do lado e de orgulho pelo Benfica. Durante os 40 minutos, todos os atletas que tiveram oportunidade de jogar, fizeram-no com um sorriso na cara e o resultado é justo."

 

FICHA DE JOGO

 

Local: Pavilhão Fidelidade

 

Cinco inicial do Benfica: Diego Roncaglio, Afonso Jesus, Robinho, Ivan Chishkala e Fits

 

Suplentes: Martim Figueira (J), Silvestre Ferreira (J), Fábio Cecílio (J), Tiago Brito (J), Arthur (J), Nílson Miguel (J), Rafael Freire (J), Tomás Silva (J) e Jacaré (J)

 

Ao intervalo: 5-0

 

Marcadores do Benfica: Afonso Jesus (1'), Jacaré (11'), Arthur (12', 28' e 37'), Tiago Brito (15'), Nílson Miguel (17'), Ivan Chishkala (24') e Rafael Freire (40')

 

Informação do Jogo: https://www.slbenfica.pt/pt-pt/agora/noticias/2021/02/27/futsal-benfica-belenenses-24-jornada-liga-placard

 

Onze Inicial

Banco

Treinador

Momentos

Onze Inicial

Banco

Treinador

Momentos

Coming soon

Notícias relacionadas

Nenhum item encontrado