CS Marítimo 2 - 3 SL Benfica

  • Futsal
  • Seniores
  • 2021/2022
  • Taça de Portugal
    Competição
    Fase
    Meia-Final
    Data
    Qui, 19 Maio, 2022, 21:00
    Estado
    Realizado
    Transmissão televisiva
    Canal 11

     

    NA FINAL DA TAÇA DE PORTUGAL!

     

    Nas meias-finais, o Benfica teve de puxar dos galões para superar um Marítimo bem estruturado. Sábado há dérbi no Pavilhão Multiusos de Sines. 

     

     

    A equipa de futsal do Benfica está na final da Taça de Portugal após bater o Marítimo, por 2-3, no Pavilhão Multiusos de Sines. No jogo decisivo, as águias medem forças com o Sporting.

     

    Benfica chegou à semifinal após ter eliminado o Caxinas (3-1); o Marítimo deixou o Eléctrico pelo caminho nos quartos de final. Bancadas, uma vez mais, bem compostas, com adeptos das duas equipas, mas com os Benfiquistas em clara maioria.

     

    Na quadra, primeira parte animada, com ascendente das águias, como seria de esperar, mas com a turma insular a dar boa réplica. Foi, aliás, o Marítimo o primeiro conjunto a alvejar a baliza, aos 3', por Josué para defesa de André Sousa com os pés. Respondeu o Benfica por Jacaré, de costas para a baliza, de calcanhar, e viu o seu remate sair a centímetros do golo.

     

    Bola cá, bola lá, com as duas formações a tentarem a sorte e a colecionarem oportunidades. A bola andava perto das balizas e o golo antevia-se... Surgiu aos 8', num lance de bola parada. Pontapé de canto de Rômulo e Tayebi, na área, a desviar para o 0-1. Motivado pelo golo, no minuto seguinte, o Benfica, através de Carlos Monteiro, disparou para defesa de Moreira. 

     

    Compacto no jogo, o Marítimo estava em Sines para vender cara a derrota. Aos 14', num remate de primeira do meio da rua, Cláudio viu a bola passar a centímetros da baliza defendida por André Sousa. Da ameaça ao golo passou um minuto. Cláudio recebeu na posição de pivô de costas para a baliza, rodou sobre si mesmo e atirou para o 1-1 (15'). Aos 18', Rocha rematou e Bruno Cintra, em cima da linha de golo, não conseguiu desviar. Ao intervalo, o placard assinalava um empate: 1-1.

     

    Para o segundo tempo veio um Benfica mais acutilante e pressionante, com as linhas subidas e sem deixar o Marítimo sair, que se remetia a uma defesa compacta e concentrada. Apesar de terem mais bola, os encarnados tinham pouco espaço para testar a atenção de Moreira. A exceção foi aos 23', por Tayebi. O Benfica estava melhor e o 1-2 apareceu aos 25'. Iniciativa de Robinho pela direita, assistência e Jacaré a encostar.

     

    O tento sofrido teve o condão de acordar os madeirenses e fazê-los subir no terreno. Todavia, os comandados por Pulpis mantinham o controlo do encontro com bola em busca de mais um golo, ainda que sem clamorosas oportunidades para finalizar. Não dava de bola corrida, apareceu de bola parada. Pontapé de canto das águias e Robinho, de primeira, a bater Moreira1-3 aos 34'. A cinco minutos do término da partida, o Marítimo apostou no 5x4... e ainda reduziu para 2-3, aos 39', por Cláudio, mas a final já não fugiu ao Benfica.

     

    No sábado, dia 21 de maio, às 20h00, o Pavilhão Multiusos de Sines recebe o dérbi da final da Taça de Portugal, que vai colocar frente a frente Benfica e Sporting.

     

    DECLARAÇÕES

     

    Pulpis (treinador do Benfica): "A nossa primeira parte foi desastrosa e não tem justificação, porque vínhamos avisados do que se passara com o Eléctrico. O nível de jogo apresentado pelo Marítimo não nos devia ter surpreendido. Na segunda parte estivemos muito melhor e só nos faltou materializar as oportunidades que tivemos. A diferença foi notória."

     

    Jacaré (pivô do Benfica): "Feliz por ter ajudado a equipa com o golo. O jogo foi bastante difícil, o Marítimo impôs-se, mas o Benfica também não esteve ao nível habitual. Na segunda parte colocámos mais intensidade no jogo e vencemos. O Marítimo tem ótimos jogadores."

     

    FICHA DE JOGO

     

    Local: Pavilhão Multiusos de Sines

     

    Cinco inicial do Benfica: André Sousa, Nílson Miguel, Bruno Cintra, Arthur e Jacaré

     

    Suplentes: Martim Figueira, Silvestre Ferreira, Rômulo, Afonso Jesus, Robinho, Hossein Tayebi, Carlos Monteiro e Rocha

     

    Ao intervalo: 1-1

     

    Golos Benfica: Hossein Tayebi (8'), Jacaré (25') e Robinho (34')

     

    Informação do Jogo: https://www.slbenfica.pt/pt-pt/agora/noticias/2022/05/19/futsal-jogo-maritimo-benfica-meias-finais-taca-de-portugal

     

    Onze Inicial

    Banco

    Treinador

    Momentos

    Onze Inicial

    Banco

    Treinador

    Momentos

    Coming soon

    Notícias relacionadas

    Nenhum item encontrado