OC Barcelos 3 - 2 SL Benfica

  • Hoquei
  • Seniores
  • 2020/2021
  • Campeonato Nacional
    Competição
    Data
    Sáb, 5 Dezembro, 2020, 11:00
    Estado
    Realizado
    Transmissão televisiva
    ABola TV

     

    MURALHA MINHOTA TRAVOU BENFICA

     

    Constantino Acevedo foi gigante na baliza do OC Barcelos e permitiu a vitória diante dos encarnados na 13.ª jornada do Campeonato Nacional.

     

     

    A equipa de hóquei em patins do Benfica saiu derrotada neste sábado na deslocação ao Minho para medir forças com o OC Barcelos. Na 13.ª jornada do Campeonato Nacional, os da casa ganharam, por 3-2.

     

    No Pavilhão Municipal de Barcelos encontraram-se duas equipas ofensivas, que têm nos seus plantéis alguns dos melhores marcadores da prova, como são Ordoñez do lado das águias, com 20 golos (nesta partida marcou mais dois), e Miguel Rocha, do lado minhoto, com 17. Com tanta propensão ofensiva, o jogo arrancou com bola cá, bola lá, com as duas formações a usarem as transições ofensivas como arma.

     

    Aos 5'Dário Giménez teve direito a um livre direto, mas não conseguiu desfeitear Pedro Henriques... em ambas as ocasiões, dado que a equipa de arbitragem mandou repetir. Em consequência da marcação do livre direto, o Benfica ficou a jogar com menos um, por cartão azul mostrado a Valter Neves. Aproveitou a equipa da casa para ser mais perigosa, com Pedro Henriques a corresponder com um punhado de boas intervenções na baliza encarnada. 

     

    Aos 10', foi a vez de Reinaldo Ventura ver o cartão azul. Para marcar o livre direto, Ordoñez não conseguiu bater Constantino Acevedo, guarda-redes do OC Barcelos. O 0-0 teimava em manter-se! A partir daqui, a partida continuou eletrizante, mas os ataques ficaram mais demorados e mais elaborados por parte das duas equipas. Aos 17', José Pedro inaugurou o marcador e fez o 1-0 para o OC Barcelos. Remate do meio da rua de Luís Querido, Pedro Henriques defendeu, mas, na recarga, o camisola 4 fez golo. 

     

    Aos 22', José Pedro sofreu falta de Nicolía, o argentino levou cartão azul e Dário Giménez voltava a ter possibilidade num livro direto. No frente a frente com Pedro Henriques, com uma excelente execução técnica, o atleta minhoto fez o 2-0. Antes do intervalo, o Benfica reduz por OrdoñezDiagonal do argentino da esquerda para dentro e isolado diante de Constantino Acevedo a não perdoar. Aos 24', era o 2-1 em Barcelos, resultado com que se chegou ao intervalo

     

    O segundo tempo começou como já havia iniciado a partida: a todo o gás, com as equipas a apostarem nas transições atacantes. Num desses contra-ataques, as duas formações ficaram a centímetros do golo. Miguel Rocha atirou à barra da baliza encarnada, aos 28'; no minuto seguinte foi a vez de Ordoñez acertar nos ferros da baliza do OC Barcelos

     

    A bola nos ferros dos minhotos galvanizou o Benfica, que, nos minutos seguintes, teve vários lances perigosos que só não deram em golo porque Constantino Acevedo esteve gigante na baliza dos nortenhos. Os da casa, por sua vez, estendiam os ataques organizados no tempo, através de muita circulação de bola. Aos 42', Danilo Rampulla viu cartão azul por falta sobre Tomás Pereira. No livre direto, Dário Giménez tentou a "picadinha", mas Pedro Henriques não permitiu. Na sequência do lance, Tomás Pereira, à boca da baliza, fez o golo e aumentou para 3-1

     

    Benfica respondeu com o golo aos 45'. Remate de Nicolía e Ordoñez, de forma oportuna, a desviar para fazer o 3-2. Volvidos dois minutos, aos 47', Nicolía carregou Miguel Rocha e fez a 10.ª falta das águias. Na hora de apontar o livre direto, Miguel Rocha stickou ao lado. Aos 48', foi o OC Barcelos a cometer a sua 10.ª falta. Na marcação do livre direto, Ordoñez desperdiçou. Os encarnados tentaram até ao último segundo, mas o resultado de 3-2 não mais se alterou.

     

    O Benfica, com vários jogos em atraso, segue com 20 pontos na tabela classificativa. O Campeonato Nacional vai parar. Joga-se agora a Taça 1947, prova que se disputa entre 9 e 13 de dezembro e cujo sorteio se realiza neste domingo. 

     

    FICHA DE JOGO

     

    Local: Pavilhão Municipal de Barcelos

     

    Cinco do Benfica: Pedro Henriques, Valter Neves, Diogo Rafael, Carlos Nicolía e Lucas Ordoñez 

     

    Suplentes: Marco Barros (NJ), Edu Lamas (J), Gonçalo Pinto (J), Miguel Vieira (J) e Danilo Rampulla (J)

     

    Resultado ao intervalo: 2-1 

     

    Marcadores do Benfica: Lucas Ordoñez (24' e 45') 

     

    Informação do Jogo: https://www.slbenfica.pt/pt-pt/agora/noticias/2020/12/05/hoquei-em-patins-direto-jogo-oc-barcelos-benfica-13-jornada-campeonato

     

    Onze Inicial

    Banco

    Treinador

    Momentos

    Onze Inicial

    Banco

    Treinador

    Momentos

    Coming soon

    Notícias relacionadas

    Nenhum item encontrado