SL Benfica 3 - 0 Fonte Bastardo

  • Volei
  • Seniores
  • 2019/2020
  • Supertaça
Submetida por Ruud em Qui, 08/08/2019 - 22:56
    Competição
    Data
    Sáb, 12 Outubro, 2019, 17:00
    Estado
    Realizado
    Transmissão televisiva
    SportTV 1

     

    Benfica conquista 8.ª Supertaça de voleibol

     

    Cumprido o primeiro objetivo de 2019/20, os encarnados iniciam, no próximo sábado (19 de outubro), a defesa do título nacional, com uma receção ao Sporting de Espinho.

     

     

    O Benfica conquistou, neste sábado, a oitava Supertaça de voleibol do palmarés, depois de vencer, em Almada, a Fonte do Bastardo por 3-0.

     

    Frente a frente os dois protagonistas da finalíssima – que só ficou decidida na negra – do Torneio das Vindimas, partida onde reinou o equilíbrio e que fazia adivinhar um duelo muito disputado na discussão da 22.ª edição da Supertaça de voleibol, competição que abre a temporada 2019/20.

     

    Grande entrada da formação do Benfica – com o primeiro ponto da partida a pertencer a Marc Honoré – perante um conjunto açoriano com sérias dificuldades em organizar o seu jogo e a obrigar João Coelho a pedir, cedo, o primeiro time-out (7-2).

     

    Sob cânticos de incentivo, no Pavilhão do Complexo Municipal dos Desportos Cidade de Almada, os encarnados colocaram-se em – confortável – vantagem, cavando uma distância de 11 pontos (25-14 no 1.º set).

     

     

    Uma Fonte do Bastardo “renascida” foi a que entrou em jogo no 2.º set, depois da troca de distribuidor, colocando-se à distância de apenas 1 ponto por mais do que uma vez. Do outro lado, um Benfica seguro e concentrado, a mostrar-se capaz de travar a aproximação: 25-18 no 2.º set.

     

    O 3.º set foi o mais equilibrado. Perante um Benfica a apenas um parcial de levantar o troféu, a Fonte do Bastardo voltou a mexer na equipa e andou quase sempre lado a lado com o Campeão Nacional, colocando-se na frente do placard pela primeira vez no jogo aos 15-14.

     

    Uma aproximação, no entanto, já insuficiente para travar uma formação encarnada decidida em levantar o oitavo troféu do palmarés. Uma conquista confirmada no 3.º set (25-22).

     

    Cumprido o primeiro objetivo da época, o Benfica inicia, no próximo sábado (19 de outubro), a defesa do título nacional, com uma receção ao Sporting de Espinho.

     

     

    Ficha de Jogo

     

    Pavilhão: Complexo Municipal dos Desportos Cidade de Almada

    Formação inicial do Benfica: Raphael de Oliveira, André Lopes, Hugo Gaspar, Marc Honoré, Zelão, Tiago Violas e Ivo Casas (líbero)

    Suplentes: Peter Wohlfahrtstätter, Afonso Guerreiro, Théo Lopes, Miguel Sinfrónio, André Aleixo, Nuno Pinheiro e João Simões (líbero)

    1.º set: 25-14

    2.º set: 25-18

    3.º set: 25-22

     

    DECLARAÇÕES

     

    Domingos Almeida Lima (vice-presidente do Benfica): "Há que dar os parabéns aos jogadores e à equipa técnica pelo excelente desempenho. Queria deixar também uma palavra à equipa adversária que nos fez jogar nos limites e é sempre bom quando existe uma final com estas circunstâncias. É o primeiro título desta época e esperamos conquistar os mesmos títulos que conquistámos na época passada."

     

    Marcel Matz (treinador): "Estávamos preparados para um jogo difícil e muito duro. A Fonte do Bastardo causou-nos muitas dificuldades no Torneio das Vindimas porque é uma competição completamente diferente e foi mais complicado de estudar o adversário. Hoje foi diferente. A competência dos jogadores é muito grande, eles têm muita experiência, conhecem o jogo, são inteligentes e quando temos de nos organizar, normalmente eles respondem muito bem. Queremos ganhar tudo. Investimos para isso, temos uma ambição muito grande na Europa. Aí não temos o objetivo de ganhar. Temos de ser realistas porque há equipas muito fortes, mas nós queremos entrar na fase de grupos. Queremos trazer bons jogos para cá, fazendo com que a cultura do voleibol cresça um pouco mais."

     

    Hugo Gaspar (capitão): "Conseguimos o primeiro grande objetivo da época. Fizemos um grande jogo e demonstrámos que fomos melhor. Um nível extremamente elevado e queremos que continue assim ao longo desta longa época, onde ainda vamos ter cerca de 50 jogos. A Fonte do Bastardo é um grande candidato ao título e à vitória na Taça de Portugal. Eles investiram muito e certamente os jogos serão ainda mais equilibrados do que foi hoje."

     

    Tiago Violas (distribuidor): "Esperávamos um jogo muito disputado, com a Fonte do Bastardo a criar muitas dificuldades. Foi o que aconteceu, mas nós fomos mais fortes. Estamos muito contentes por ganhar a Supertaça. A nossa equipa tem sido praticamente a mesma ao longo dos anos e isso pode ter feito a diferença em certos aspetos. O Benfica joga sempre para ganhar em todas as competições em que está inserido. No ano passado ganhámos todas as competições [nacionais] em que estávamos inseridos e este ano vamos lutar para repetir esse feito. Uma competição já está. Faltam duas."

     

    Raphael Oliveira (zona 4): "Foi uma ótima conquista. Sabíamos que ia ser um jogo muito difícil, mas acabámos por impor o ritmo com que temos vindo a treinar e a conquistar diariamente. É mais um título para o Benfica, mais um título para este grupo. Um grupo que conquistou tudo a nível nacional no ano passado e espero que continuemos neste ritmo. Os títulos são aquilo que nos motiva. Quanto mais títulos conquistarmos para o Benfica, melhor. Os adeptos comparecem sempre e espero que continue assim o resto da temporada."

     

    Ivo Casas (líbero): "É sempre importante e especial entrar na época a ganhar. O público esteve em grande, apoiou-nos do início ao fim. Um apoio muito importante. Temos primado pela consistência e é de valorizar uma equipa que se tem mantido no topo e conquistado as provas em que entra. Temos estado em todas as finais e temos conseguido conquistar mais finais do que aquelas que perdemos."

     

    Zelão (central): "É emocionante. Começar a época assim é sensacional, sabendo que estamos no caminho certo para mais uma época espetacular. Vivemos de resultados e saber que eles estão a chegar devido ao trabalho que estamos a fazer é espetacular e dá uma motivação cada vez maior."

     

    André Lopes (zona 4): "Tentamos sempre contribuir como podemos e hoje as coisas, felizmente, correram bem. Toda a gente veio ajudar, quem jogou de início e quem veio do banco. Temos um grupo muito homogéneo, onde qualquer um pode jogar de início. Se tudo correr bem este é o primeiro troféu de um mínimo de três nesta época. É nisso que acreditamos e o que desejamos."

     

    Imagens do Jogo

     

     

     

     

     

     

    Informação do Jogo: https://www.slbenfica.pt/pt-pt/agora/noticias/2019/10/12/direto-voleibol-benfica-fonte-do-bastardo-supertaca-masculina

     

    Onze Inicial

    Banco

    Treinador

    Momentos

    Onze Inicial

    Banco

    Treinador

    Momentos

    Coming soon

    Notícias relacionadas

    Nenhum item encontrado