Sporting CP 3 - 1 SL Benfica

  • Volei
  • Seniores
  • 2020/2021
  • Taça de Portugal
    Competição
    Data
    Dom, 7 Março, 2021, 16:00
    Estado
    Por realizar
    Transmissão televisiva
    SPORT.TV 5

     

    DETALHES DECIDEM DÉRBI DE EMOÇÕES E INCERTEZA ATÉ AO FIM

     

    O Sporting foi mais eficaz e, perante um Benfica que acreditou sempre, acabou por vencer o jogo (3-1) e conquistar a Taça de Portugal em voleibol. Duelo de altíssimo nível!

     

     

    Domingo de dérbi! SL Benfica e Sporting CP discutiram a grande final da Taça de Portugal em voleibol. No Pavilhão Municipal de Santo Tirso, embate espetacular, com os leões, mais eficazes e felizes nos pormenores, a triunfarem por 3-1.

     

    É o dérbi dos dérbis! Depois de duas caminhadas imaculadas até o derradeiro desafio, SL Benfica e Sporting CP mediram forças neste domingo para conhecer o vencedor da edição 2020/21 da Taça de Portugal.

     

    Atingida a final eight, após triunfo sobre o SC Espinho (0-3), a formação comandada por Marcel Matz eliminou a AA São Mamede (0-3) e a Fonte do Bastardo (3-1). Do outro lado da barricada, os verdes e brancos deixaram para trás V. Guimarães (0-3), AA Espinho (0-3) e Leixões (0-3).

     

    Dois históricos, duas equipas que se conhecem, com poucos segredos por desvendar, numa partida repleta de emoções, paixão e onde tanta falta fez o público…

     

     

    Equipas alinhadas e A Portuguesa a soar bem alto! Momento sempre arrepiante... 

     

    Quinto encontro entre as equipas (o Benfica venceu os quatro anteriores), com os verdes e brancos a entrarem melhor e a cavarem um 4-1. Resposta encarnada, empate a cinco pontos, com as águias a saltarem para a dianteira após dois serviços espetaculares de Rapha (5-7). E que grande jogo, como se perspetivara, com o 10.º ponto das águias a ser um hino ao voleibol por parte de todos os intervenientes! Altíssimo nível em quadra! Com 10-14, Gersinho parou o jogo, perante um Benfica cada vez mais dominador. Empate a 20-20, agora com Marcel Matz a pedir time out para reorganizar o coletivo. Embalados pela recuperação, mais eficazes, os leões saltaram para a frente na reta final (20-22), o Benfica ainda contrariou quatro bolas de set, empatou, mas, já nas vantagens, o Sporting acabou por confirmar o 1-0 (29-27). 1.º set espetacular!

     

     

    Muito equilíbrio em quadra, empates e alternâncias no marcador sucessivas, com o Sporting a conseguir três pontos de vantagem (8-5)Desconto de tempo pedido de imediato e a surtir efeito: empate a 8-8. Com os níveis de eficácia no serviço a baixarem, os verdes e brancos conseguiram nova vantagem de quatro pontos (18-14), obrigando Marcel Matz a nova paragem. Várias alterações na equipa do Benfica, no tudo por tudo de inverter a marcha do 2.º set. Apesar da tentativa de aproximação das águias, que conseguiram anular duas bolas de set, o side out do Sporting acabou por fazer a diferença: 25-22, e 2-0 no jogo.

     

     

    E foi um Benfica determinado e aguerrido aquele que entrou no 3.º set! Decididos a reentrar na disputa pela vitória, os encarnados foram com tudo e colocaram-se na frente. Conseguidos três pontos à maior (12-15), momento de o banco do Sporting parar a partida. O Benfica não tirava o pé do acelerador e, com 14-19, nova paragem! Serviço forte, bloco aguerrido, side out eficaz com as águias a descolarem (16-24) e a voarem para a vitória no 3.º set (16-25), reduzindo para 2-1 no jogo.

     

     

    Resposta imediata do outro lado da rede, com o Sporting a fazer um 3-0 inicial. Num 4.º set de emoções e decisões, equipas a equipararem-se, taco a taco, muita entrega, qualidade, sem que nenhuma conseguisse descolar de forma significativa. Benfica sempre a correr atrás do prejuízo, com Marcel Matz a chamar os jogadores aos 14-10. Reação e aproximação (16-14), num jogo de raça e superação (19-18). Na ponta final, aguenta coração, com o side out de ambos os lados a ser rei e senhor. Empate a 22 pontos e tudo em aberto! Resiliência pura e salto para a frente, com o Benfica a conseguir o 22-24, numa recuperação incrível. Novo empate a 24-24... Nas vantagens, mais eficaz e feliz, o Sporting fechou o 4.º set (28-26) e o jogo: 3-1. Enorme desafio de voleibol a merecer, sem qualquer dúvida, a presença de público nas bancadas...

     

    Agora, foco total no Campeonato Nacional, com o primeiro jogo das meias-finais a acontecer já no próximo fim de semana. Novo dérbi entre as equipas, numa eliminatória à melhor de cinco.

     

     

    DECLARAÇÕES

     

    Marcel Matz (treinador do Benfica): "Saio insatisfeito, queríamos muito ganhar, mas saio satisfeito pela dedicação dos jogadores. Foi um jogo equilibrado e difícil, bom de ver, fico triste e chateado por termos perdido. Parabéns ao Sporting. Vai começar o play-off, agora é levantar a cabeça e seguir na luta pelo Campeonato."

     

     

    FICHA DE JOGO

     

    Pavilhão: Pavilhão Municipal de Santo Tirso

     

    Formação inicial do Benfica: Raphael de Oliveira, Zelão, Théo Lopes, Tiago Violas, Peter Wohlfahrtstätter, Japa e Ivo Casas (L)

     

    Suplentes: Bernardo Silva (L), André Lopes, Hugo Gaspar, Marc Honoré, Afonso Guerreiro, Miguel Sinfrónio e Nuno Pinheiro

     

    Parciais: 29-27, 25-22, 16-25 e 28-26

     

    Informação do Jogo: https://www.slbenfica.pt/pt-pt/agora/noticias/2021/03/07/voleibol-direto-jogo-sporting-benfica-final-da-taca-de-portugal

     

    Notícias relacionadas

    Nenhum item encontrado