Benfica relembra campeões europeus em cerimónia no Parlamento

Membro desde

8 anos
Submitted by pica_foices on Qui, 11/15/2018 - 23:25
Fonte
sapo.pt

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, esteve esta quinta-feira, na Assembleia da República, para uma homenagem da Associação de Benfiquistas no Parlamento aos campeões europeus do Benfica, com a presença de Ângelo Martins, António Simões, Artur Santos, Fernando Cruz, José Augusto e Mário João.

 

No discurso, o dirigente dos 'encarnados' falou do ciclo nos últimos anos e lembrou o números de treinadores que  para falar de estabilidade.

 

"Nos últimos anos, é reconhecido por todos o crescimento que o nosso clube tem tido em infraestruturas, património, consolidação financeira e resultados desportivos. Hoje, o Benfica é visto como um exemplo de gestão desportiva em termos internacionais. Esse reconhecimento só possível devido ao ciclo de estabilidade e crescimento que criámos. Na última década invertemos o ciclo de vitórias existente no futebol português, conquistando 17 títulos, mais do que qualquer outro clube. Para isso, muito contribuiu a estabilidade que imprimimos a este projeto, bem exemplificado pelo facto de o Benfica, nesse período, apenas ter tido dois treinadores", afirmou o presidente do Benfica.

 

"Entrámos agora num novo ciclo, com novos projetos e obras que são garantia de um Benfica ainda mais forte, sólido e ambicioso no futuro", acrescentou.

 

O presidente dos encarnados destacou ainda a importância de preservar e destacar a memória 'encarnada', e considerou que a homenagem aos campeões europeus do Benfica na década de 60 é totalmente "justa" pela "década de ouro".

 

"O Ângelo Martins, o António Simões, o Artur Santos, o Fernando Cruz, o José Augusto e o Mário João, aqui presentes e homenageados, representam juntos a conquista de 82 títulos de campeões nacionais e europeus. Feito absolutamente notável. Vocês, os seis, são os justos homenageados desta noite. Mas é justo que se recordem aqueles que, de igual forma, contribuíram para essas conquistas: Costa Pereira, Cavém, Germano, José Neto, Joaquim Santana, Mário Coluna, José Águas, capitão nas duas finais, e Eusébio, símbolo maior de todos nós e que aqui também já homenageámos. O treinador Béla Guttmann e os presidentes Vieira de Brito e Fezas Vital", referiu o dirigente encarnado.

 

"Portugal foi pioneiro da globalização, através dos descobrimentos. O Benfica foi pioneiro da globalização do futebol português. O Benfica é uma instituição que sempre soube projetar, dignificar e honrar o nome de Portugal. Quando pensamos sobre as instituições que mais se identificam com o país, que mais o representam, que maior ligação genuína tem ao seu povo, o nome do Benfica surge naturalmente à cabeça. Nos últimos anos é reconhecido por todos o crescimento que o nosso clube tem tido em infraestruturas, património, consolidação financeira e resultados desportivos. Hoje, o Benfica é visto como um exemplo de gestão desportiva em termos internacionais", acrescentou.

 

https://desporto.sapo.pt/futebol/primeira-liga/artigos/vieira-salienta-estabilidade-no-benfica-e-lembra-treinadores-que-foram-campeoes-nacionais