Hóquei feminino: na Argentina para ganhar a Taça Intercontinental

Membro desde

8 anos 2 meses
Submitted by pica_foices on Qui, 12/13/2018 - 23:35
Fonte
slbenfica.pt

O hóquei em patins feminino do Benfica desloca-se à Argentina para disputar a Taça Intercontinental juntamente com o Club Gijón, o Talleres e o Concepción.

 

O primeiro embate – meia-final – é com as argentinas do Concepción, às 22h30 (horas portuguesas) de sábado. O treinador Paulo Almeida e Rute Lopes, uma das jogadoras do plantel, lançaram o jogo e a competição.

 

“Não há muito que possamos apanhar sobre as equipas sul-americanas. Temos visto uns vídeos. Conheço algumas jogadoras, as internacionais do Benfica também as conhecem da seleção da Argentina. Vai ser um jogo intenso. Vamos estar na Argentina, que é o país delas, mas o Benfica vai estar preparado. Vamos tentar chegar à final e depois pensar no jogo de domingo. O desafio de sábado é o mais importante”, referiu Paulo Almeida, em declarações à BTV.

 

Para o técnico só há um desfecho possível: conquistar a Taça Intercontinental. O objetivo foi assumido de viva voz.

 

“Nesta casa só há um resultado, que é o primeiro lugar. O Benfica entra sempre para ganhar e vamos à Argentina para vencer. Se assim não for, é uma má prestação”, considerou.

 

Rute Lopes: “Vamos lá para dar tudo”

 

Rute Lopes, jogadora do Benfica, apontou a presença na Taça Intercontinental como um dos momentos mais marcantes da época.

 

“Vai ser um momento marcante na temporada, porque é a primeira vez que se realiza a nível feminino. Estar lá já é motivo de orgulho, porque só estão as quatro melhores equipas do mundo. Vamos lá para dar tudo e trazer o troféu”, assegurou a capitã à BTV.

 

Rute Lopes revelou que conhece algumas jogadoras do Concepción, nomeadamente as que costumam ser convocadas para a seleção argentina.

 

“Conhecemos algumas jogadoras. O cinco-base faz quase todo parte da seleção da Argentina. Têm um bom cinco, temos de defender bem porque elas têm jogadoras com bom recorte técnico. Temos de ter muito atenção, sair rápido em contra-ataque e concretizar as oportunidades que tivermos. Tradicionalmente as equipas argentinas são boas”, analisou.

 

A prova decorre na Argentina, logo o Concepción joga em casa, aspeto que poderá beneficiar o adversário do Benfica na meia-final.

 

“Vão ter o apoio do público, o pavilhão vai estar cheio. Os argentinos vivem muito o hóquei em patins e vão puxar por elas e tentar levá-las à final”, avisou.

 

“A prova é complicada. Todas as equipas que apanharmos estão ao nosso nível. Temos de estar sempre concentradas e jogar a 100 por cento”, acrescentou.

 

 

Texto: Marco Rebelo

https://www.slbenfica.pt/pt-pt/agora/noticias/2018-2019/12/13/hoquei-feminino-benfica-paulo-almeida-rute-lopes-antevisao-taca-intercontinental