José Silva: “Ajudar o Benfica a continuar a ganhar”
Seg, 07/17/2017 - 17:26
Fonte
slbenfica.pt

Começa a ganhar forma a equipa de basquetebol do Sport Lisboa e Benfica. Depois de algumas saídas, o anúncio do novo treinador, José Ricardo, e a renovação de Nuno Oliveira, os encarnados chegaram a acordo com o internacional português.

José Carlos Vilhena da Silva tem 28 anos e foi formado no Barreirense, de onde se transferiu em 2012 para o V. Guimarães.

Após três épocas a bom nível na cidade berço, foi recrutado pelo FC Porto.

Capitão de Seleção Nacional, José Silva chega ao Benfica depois de ter rejeitado a proposta de renovação dos azuis e brancos.

Na apresentação, o extremo prometeu trabalho e profissionalismo.

“As minhas expetativas como jogador, por todo o sítio em que eu passo, são ajudar a equipa a ganhar títulos. Sempre fui bastante profissional na minha carreira e vou continuar a ser. Na minha carreira nunca dei nada como garantido, sempre quis trabalhar o meu espaço, ganhar o meu tempo de jogo e isso mostra-se nos treinos. Sempre quis dar mais de mim”, referiu à Comunicação Social.

Questionado sobre as condições que pensa encontrar nos pavilhões da Luz, não tem dúvidas que são as indicadas para continuar a vencer.

“O Benfica tem grandes condições de trabalho e excelentes profissionais na sua estrutura. Conheço a maior parte dos jogadores da equipa, jogo com eles na Seleção. Acho que temos todas as condições para continuarmos a ganhar títulos e eu sou mais um elemento para ajudar a equipa”, vincou.

Fotos: João Paulo Trindade / SL Benfica

“Atleta de inequívoco valor”

O vice-presidente das águias, Domingos Almeida Lima, congratulou-se com a aquisição de José Silva.

“É um atleta que há muito estava nas nossas cogitações, de inequívoco valor, um dos melhores jogadores nacionais e para nós, Benfica, é uma honra podermos contar com um atleta de tal valia. Vem acrescentar valor à nossa equipa e esperamos com ele atingir os objetivos que nos propomos, que nesta casa são sempre ganhar”, explicou.

À margem da apresentação do novo atleta, o dirigente encarnado aproveitou para informar que “um ou dois jogadores farão a Proliga e trabalharão ao mesmo tempo com a equipa principal”, concluiu.