A radiografia de 59 golos do Benfica na Liga NOS

Membro desde

7 anos 8 meses
Submitted by pica_foices on Qui, 02/22/2018 - 11:42

O Benfica contabiliza, até à entrada para a 24.ª jornada, um total de 59 golos marcados – além de ter em Jonas o melhor marcador da competição – e há para todos os gostos e por todos os caminhos, como se constata nesta radiografia do Site Oficial.

 

Golos madrugadores, nos últimos minutos, pelos três corredores, de laboratório… tem havido de tudo, fruto de boas combinações, jogadas individuais, disparos de fora da área, livres e penáltis.

 

39 GOLOS NA SEQUÊNCIA DE BOLA CORRIDA/ATAQUES RÁPIDOS 

59 golos na Liga NOS 2017/2018

 

Foi Haris Seferovic, de pé direito na pequena área, que apontou o primeiro dos 59 golos do Benfica até ao momento na Liga NOS. A 9 de agosto, na receção ao SC Braga na ronda inaugural do Campeonato Nacional, o reforço suíço marcou aos 14 minutos após um passe magistral de Jonas. A partir daí, foram faturados mais 38 golos de bola corrida ou ataque rápido (13 nascidos da esquerda, 17 da direita e 9 elaborados pelo centro).

 

20 GOLOS NO APROVEITAMENTO DE BOLAS PARADAS/ESQUEMAS TÁTICOS 

Esquemas táticos

 

O Benfica tem-se mostrado exímio no aproveitamento das situações de bola parada e das jogadas de laboratório (esquemas táticos). As águias somam um total de 20 golos resultantes deste tipo de lances, o que representa um peso de 33,9% no total dos 59 tentos apontados (2 livres diretos, 2 livres laterais, 11 cantos e 5 penáltis).

 

Esta época, os golos de livre direto tardaram, mas apareceram. Jonas foi o primeiro a ser bem-sucedido: ao cair do pano na deslocação ao Estádio do Restelo, acertou na baliza do Belenenses, na ronda 20 do campeonato. Depois foi a vez de Cervi se estrear a marcar dessa forma, em Portimão, fazendo o 1-2 num jogo que haveria de ter ainda mais uma bola no interior da baliza do conjunto algarvio (1-3).

 

Ressalte-se também a relevância da exploração dos pontapés de canto: ao todo são já 11 golos marcados por força dos esquemas táticos nestes lances.

 

ZONAS ONDE FORAM MARCADOS OS GOLOS

Zonas onde foram marcados os golos

 

A grande área é naturalmente a zona de eleição do toque final para golo. Ali, seja em casa ou no campo do adversário, o Benfica já marcou 37 golos. E o primeiro foi logo na receção ao SC Braga no jogo da ronda inaugural. Bola comprida de Pizzi para a área a partir da esquerda, Raul Silva tentou um corte, mas a bola saiu curta e Jonas estreou-se a marcar na Liga NOS 2017/18 (30').

 

Na pequena área, os encarnados contabilizam 14 golos e fora da área foram 8 os disparos que deram em golo (Salvio, Benfica-Belenenses; André Almeida, Benfica-Portimonense; Cervi, Benfica-P. Ferreira e Portimonense-Benfica; Samaris, V. Guimarães-Benfica; Jonas, Benfica-Chaves e Belenenses-Benfica; e Pizzi, Benfica-Chaves).

 

COMO FORAM MARCADOS OS GOLOS

A forma como o Benfica marcou 59 golos na Liga NOS

 

Em 23 jornadas, tem havido espaço para tentos para todos os gostos e feitios… De pé esquerdo (14), direito (36, contabilizando o autogolo de Henrique na receção ao Boavista) e até de cabeça (9). Foi aliás, com um cabeceamento que Jonas assinou o golo 100 ao serviço do Benfica na receção ao V. Setúbal (6-0).

 

 

Texto: Filipa Fernandes Garcia

https://www.slbenfica.pt/pt-pt/agora/noticias/2017_2018/02/20/futebol-radiografia-59-golos-benfica-liga-nos