Vítor Oliveira: "Não vamos à Luz com autocarros nem camiões"
Sex, 09/08/2017 - 09:50
Fonte
sapo.pt

Vítor Oliveira, treinador do Portimonense, espera um embate difícil esta sexta-feira frente ao Benfica, mas assegura que a sua equipa não vai adotar uma estratégia mais defensiva na Luz.

 

"Vai ser um jogo muito difícil para nós. Vamos tentar que seja muito difícil para o Benfica também. Benfica é o favorito, mas vamos jogar na percentagem pequena que nos cabe. Vamos encontrar um grande Benfica", afirmou o treinador dos algarvios em conferência de imprensa.

 

"Em sua casa, o Benfica vai querer ganhar como faz naturalmente. Sabemos as dificuldades e sabemos que temos potencial. Não há resultados por antecipação. Não iremos fazer grandes alterações em relação ao que tem sido o nosso comportamento fora de casa. Vamos jogar com o tetracampeão e tentar fazer uma boa exibição, e discutir o resultado dentro do que nos for possível", assegurou.

 

Para Vítor Oliveira, defrontar o Benfica é sempre motivador, “o que faz com que os jogadores estejam fortemente motivados, ao querem ter um bom desempenho e realizar um bom jogo”, reconhecendo, contudo, que “a experiência é importante e tem sido determinante nos jogos já disputados”.

 

“Temos perdido jogos nos pormenores e fundamentalmente por falta de experiência. Com pouco mais de experiência poderíamos ter mais um ou dois pontos. Estes jogos também nos ajudam a crescer e de engrandecimento em termos de experiência, porque não é todos os dias que jogamos com uma equipa do nível do Benfica diante de cerca de 50 mil pessoas”, sublinhou.

 

O técnico acrescentou que já transmitiu aos jogadores que é muito importante que joguem sem medo: “A responsabilidade também é nossa, mas a maior é efetivamente do Benfica”.

 

Vítor Oliveira disse ainda que para o confronto com o Benfica, vai ter de fazer alterações no lado esquerdo da defesa da equipa, pois não pode contar com Lumor, Inácio e Tabata, jogadores que estão impedidos devido a lesão: “Vamos tentar apresentar jogadores que possam corresponder e que deem uma boa resposta àquilo que vai acontecer durante o jogo”.

 

“São três baixas mais importantes para nós do que cinco ou seis que possam acontecer no Benfica, porque a diferença de potencial é muito grande”, concluiu.

 

Por seu turno, o médico Fabrício reconheceu que as dificuldades “vão ser grandes, mas jogar com o Benfica, é sempre motivador”, acrescentando que o Portimonense “tem capacidade para fazer golos, se jogar com coragem, humildade e muito trabalho”.

 

“O Benfica tem muita qualidade, mas temos que colocar em campo os pontos fortes que têm sido trabalhados ao longo da semana. Se dermos o nosso melhor e colocarmos em campo o que temos treinado, é um passo para sairmos da Luz com um bom resultado”, frisou.

 

Depois do triunfo em casa diante do Boavista (2-1) na estreia e das derrotas fora com o Sporting de Braga (2-1), Rio Ave (2-0) e em casa com o Marítimo (2-1), os algarvios procuram a segunda vitória da temporada, diante do Benfica, equipa que não foi além de um empate na última jornada com o Rio Ave (1-1).

 

O encontro entre Benfica e Portimonense está marcado para esta sexta-feira, às 21 horas.

 

https://desporto.sapo.pt/futebol/primeira-liga/artigos/vitor-oliveira-nao-vamos-a-luz-com-autocarros-nem-camioes