Treinador, 1917-01-09 - 1986-09-04)
Brasil
Stats: 8 épocas, 32 jogos ( minutos), golos
Títulos: Campeonato Nacional (4), Taça de Portugal (5)

37214 - Tópico: Otto Glória  (Lida 13805 vezes)

força Benfica

  • Eusébio
  • ******
  • Paris, Guimarães
  • Mensagens: 58350
  • SLB!
  • Sócio: 82913
  • 16 de Setembro de 2012, 18:23
 :bow2:

Fake Blood

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 28776
  • 15 de Maio de 2014, 20:56

pcssousa

  • Colaborador
  • ******
  • Até sempre!
  • Mensagens: 75822
  • 25 de Dezembro de 2014, 21:07

RedVC

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 9204
  • Todos por um!
  • 08 de Janeiro de 2015, 00:26


Vai uma voltinha de bicicleta?

ps: vi agora que o Rodolfo Dias já colocou esta fotografia aqui neste tópico. Bom gosto ;)
« Última modificação: 08 de Janeiro de 2015, 23:06 por RedVC »

Gottschalk

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 46999
  • 26 de Dezembro de 2015, 23:19

RED_1904

  • Velha Glória
  • *****
  • Mensagens: 4868
  • 26 de Janeiro de 2016, 17:05
Ajax x SL Benfica, 1969


Theroux

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 66703
  • Opré Chavalé
  • 04 de Maio de 2016, 09:34
Enquanto procurava informação sobre outro assunto tropecei nestas pérolas relativas à sua saída do Benfica, em 1959 (retiradas do Diário de Lisboa):




Matateu à direita.

Uma magnífica mensagem de despedida aos benfiquistas:



Pouco tempo após sair do Benfica (que nessa altura ainda não tinha decidido contratar Guttmann) assinou um chorudo contrato com o Belenenses (muitos contos!), e eles naturalmente ficaram radiantes, pois era um treinador muito conceituado.

Um adeus de um dos maiores senhores que já passaram pelo futebol português, que na prática foi apenas até já.

Obrigado, Otto!
_______________

« Última modificação: 09 de Julho de 2017, 17:12 por Theroux »

Rodolfo Dias

  • Sénior
  • ****
  • Museu Rodolfo Dias, à cata de fotos e recortes.
  • Mensagens: 2102
  • Sport Vieira e Benfiquinha? Não, obrigado!
  • 12 de Abril de 2018, 18:01
"Não nego que sou um ditador"


Josef Vierine

  • Iniciado
  • *
  • Tíflis
  • Mensagens: 1805
  • Bigode tricolor.
  • 15 de Janeiro de 2019, 17:24
Cada vez que leio e revejo o contexto deste treinador mais me convenço que foi dos maiores, senão o grande obreiro dos êxitos do Benfica nos anos 50/60.

Treinador de ruptura, um dos poucos na nossa história.


Entra aqui em 54/55 com um tetracampeonato sportinguista: limpa o campeonato e a TdP no mesmo ano.
Segue-se, depois, uma luta contra os rivais até 59, mas ainda faz a dobradinha em 56/57 e conquista a taça em 58/59.

5 épocas muito boas que, no entanto, segundo os critérios de hoje seriam qualificadas de fracas visto que perdeu os últimos 2 campeonatos. Mas os princípios estavam lá e o nosso mestre húngaro aplicou-os com o êxito que se sabe.

Depois ainda regressou a meio da temporada 67/68 para limpar mais um campeonato e se redimir do passado sportinguista e ainda chegar à final da LC; seguiu-se o bi-campeonato e ainda uma TdP no seu último ano.

Um bem-haja ao treinador que profissionalizou o nosso Benfica.






keivy

  • Velha Glória
  • *****
  • Mensagens: 5420
  • 04 de Abril de 2019, 11:06
Uma pergunta. Em 1969/70, não foi o José Augusto a orientar a equipa na campanha na Taça de Portugal?

Sendo assim o Otto Glória não tem este título no seu currículo, right?

asiludênciasaparudem

  • Iniciado
  • *
  • Lisboa
  • Mensagens: 84
  • Avante p'lo Benfica. Sempre!
  • 04 de Abril de 2019, 11:30
Certo: "(…)foi despedido cinco dias antes de ter inicio a edição da Taça de Portugal 1969/70 que o Benfica conquistaria brilhantemente frente ao Sporting CP com todas as equipas a serem treinadas e orientadas por José Augusto, sucessor de Otto Glória."

Resposta neste artigo: https://em-defesa-do-benfica.blogspot.com/2015/06/de-por-os-cabelos-em-pe.html