Country
Portugal

Rui Costa

Nome completo
Rui Manuel César Costa
Número
10
Peso
74
Altura
180
Naturalidade
Lisboa
Data de nascimento
1972-03-29
Periodo no Benfica

1991 - 2008

Primeiro jogo

SL Benfica 2 x 2 Estoril Praia

Domingo, Setembro 22, 1991 - 01:00

Estádio da Luz, em Lisboa ,

SL Benfica: Neno, José Carlos (Rui Costa [70m]), William, Paulo Madeira, Veloso, Vitor Paneira, Paulo Sousa (Isaías [57m]), Pacheco, César Brito, Rui Águas, Magnusson
Coach: Eriksson
Golos: Pacheco (51), Rui Águas (78)

Último jogo

SL Benfica 3 x 0 Vitória FC

Domingo, Maio 11, 2008 - 20:45

Estadio da Luz, Lisboa ,

SL Benfica: Quim, Nélson (Maxi Pereira [46m]), Edcarlos, Luisão, Léo, Katsouranis, Nuno Assis (Di María [64m]), Cristián Rodríguez, Rui Costa (Binya [86m]), Nuno Gomes, Cardozo
Coach: Fernando Chalana
Vitória FC: Eduardo, Janício, Hugo, Robson, Léo Bonfim, Sandro, Ricardo Chaves, Elias, Filipe Gonçalves, Bruno Gama, Cláudio Pitbull
Golos: Katsouranis (26), Cardozo (40), Nuno Gomes (88)

Títulos

Notícias relacionadas

Título Criado em Fonte
Rui Costa no banco durante ausência de Lourenço Coelho Sex, 11/20/2015 - 10:14 renascença
Elogios de Jesus pressionam Rui Costa no Benfica Sex, 10/30/2015 - 10:34 correio manhã
Rui Costa: «Este homem é de um País inteiro» Seg, 01/06/2014 - 01:02 ABOLA
Banco para Rui Costa Sex, 09/27/2013 - 02:52 Record

389 - Tópico: Rui Costa, o Maestro  (Lida 166280 vezes)

MANOCAS37

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 83827
  • 05 de Outubro de 2005, 20:50

 
Nome Completo: RUI Manuel César COSTA
Posição: Médio Ofensivo
Nacionalidade: Português (Internacional A)
Data de Nascimento: 29-03-1972
Número da Camisola: 10
Pé Preferido: Direito



Épocas ao serviço do Benfica: 5
Total de Jogos pelo Benfica: 178
Total de Golos pelo Benfica: 29
Títulos pelo Benfica:
1 Campeonato Nacional (1993/94)
1 Taça de Portugal (1992/93)


1991/1992
Jogos: 32
Golos: 4 (4 na Liga)

1992/1993
Jogos: 32
Golos: 4 (4 na Liga)

1993/1994
Jogos: 47
Golos: 10 (5 na Liga)

2006/2007
Jogos: 22
Golos: 1 (0 na Liga)

2007/2008
Jogos: 45
Golos: 10 (5 na Liga)
« Última modificação: 02 de Março de 2013, 00:31 por Shoky »

angelred

  • Iniciado
  • *
  • Lisboa
  • Mensagens: 196
  • 06 de Outubro de 2005, 22:31
Rui Manuel César Costa. Lisboa, 29 de Março de 1971. Médio.
Épocas no Benfica: 5 (91/94 e 06/08). Jogos: 178. Golos: 29. Títulos: 2 (1 Campeonato Nacional e 1 Taça de Portugal).
Outros clubes: Fafe, Fiorentina e Milan. Internacionalizações: 94.



Ele é o príncipe encantado, que benfiquistas desencanta por um regresso sempre adiado. Ele é Rui Costa, o número 10 dos tempos já não tão românticos da bola. Tempos mais geométricos. Com a etiqueta rigor.

Cedo se revelou fantasia. De início, com seis anos apenas, nos torneios de futebol de salão, era treinador o pai, presença tutelar que não prescinde. Depois, a partir dos nove anos, nas escolinhas do Benfica, para todo um percurso até ao escalão júnior. Quis a vida que o seu primeiro treinador fosse Eusébio, logo "a mais excepcional das pessoas, a minha maior referência, o maior motivo de orgulho", na sua dívida eterna de gratidão.



Já sénior, Rui Costa viajou para o Minho, fixou-se em Fafe. "Não foi uma equipa que me desse grande currículo nem um grande prestígio, mas, por se tratar de um clube humilde, foi-me possível trabalhar bem, com pessoas que me ajudaram e me ensinaram muito. Consegui sair de lá para o Campeonato do Mundo de Juniores, no qual tive a sorte das coisas me terem saído bem, e regressei ao Benfica."

Fez-lhe mesmo bem o tirocínio no distrito de Braga. Por lá começou a dar-se ao respeito. Sempre presente e dinâmico, talentoso e versátil, atlético e útil, era jogador para outras galáxias. Definitivamente.

No Portugal 91, naquela noite mágico de 26 de Junho, na sua Luz, um portento de pontapé colocou a turma lusitana na final da competição, vencendo a resistência teimosa de uma Austrália sempre rija nos momentos decisivos. Depois, foi a maior enchente que os arquivos registam na catedral benfiquista, na final, com o Brasil, vista ao vivo por 240 mil olhos. De esperança, de emoção, de alegria.

Venceu Portugal. Rui Costa marcou o penálti conclusivo. Conquistou o título, a juventude, o país. E ao Benfica voltou.



Fez a pré-temporada com Sven-Goran Eriksson, um dos treinadores que maior cartel deixaram no clube. O sueco enamorou-se do bálsamo daquele futebol irreverente, quase virginal, mas profundo.

Gradativamente, começou a entrar na equipa, até garantir a titularidade. Foram três anos excepcionais. Ganhou um Campeonato e uma Taça de Portugal. Percorreu uma avenida que sucesso poderia chamar-se. À Selecção A chegou, também, com naturalidade. Na retina ficou aquela memorável final do Jamor (5-2, ao Boavista), com Toni ao leme das operações, ao lado de Vítor Paneira, Paulo Sousa, Paulo Futre, João Pinto e Rui Águas, numa manifestação de gala. Como também o magistral desempenho no empate a quatro bolas, frente ao Bayer Leverkusen, no tal jogo impróprio para cardíacos, assim reza o cliché.



Pelas portas que o Benfica abriu, saiu também Rui Costa, em 94/95, com destino à Fiorentina, a troco de um milhão e 200 mil contos, a maior transferência mundial dessa temporada. Foi um balão de oxigénio para o Benfica, com as finanças depauperadas, mas uma baixa dificilmente suprível nos anos subsequentes. Ele que até queria ingressar no Barcelona, rendido aos cantos de sereia do grande Joan Cruyiff, na monumental cidade italiana se estabeleceu. Florença viria a estremecer, amiudadas vezes, com a sua elegância em campo, o seu saber, a sua arte. Até que chegou ao Milan e campeão europeu se fez. Um feito igual, haviam-lhe contado quando criança, àquele de Coluna, de José Augusto, de Eusébio, de Simões.

Pena não ter sido com a camisola do Glorioso, o clube que ama, do qual é sócio, tal qual o filho, que também inscreveu, "com apenas um dia de idade", no vasto rol da massa associativa do Benfica.

No Verão quente de 93, ainda na presidência de Jorge de Brito, o clube viveu uma das crises mais humilhantes. Com os cofres vazios e ordenados em atraso, jogadores houve que rescindiram os contratos, rumando até para a mais directa concorrência. Não foi o caso de Rui Costa, sem embargo de ter sido assediado como talvez nenhum outro. Manteve-se irredutível na defesa do et pluribus unum. A sua divisa.


Mais tarde, a 13 de Agosto de 1996, pela Fiorentina jogou frente ao Benfica. Profissionalismo oblige, um golo fez. Assim como quem ficou apoderado pelo complexo de Édipo, não comemorou. Antes, chorou. E, sobre esse episódio enternecedor, também poderia escrever Eugénio de Andrade: "É juventude. Juventude ou claridade. É um azul puríssimo, propagado. Isento de peso e crueldade."


João Malheiro em Memorial Benfica, 100 Glórias.
« Última modificação: 23 de Dezembro de 2013, 00:58 por Shoky »

andrenet

  • Velha Glória
  • *****
  • benfica1904.pt
  • Mensagens: 4841
  • 08 de Outubro de 2005, 01:24
Prefiro de longe o RUI COSTA ao João Pinto, para além de ser melhor jogador, também o é como Homem.

ó RedSLB, sempre que leio esse excerto, arrepio-me e fico com umas saudades daquele momento.. de o ter por cá....  :'(


Como diziam o NN, "Por muitas mais que vistas esta será sempre a tua"

O Maestro, o eterno 10

Since1904

  • Sénior
  • ****
  • Sport Lisboa e Benfica
  • Mensagens: 1087
  • 08 de Outubro de 2005, 06:13
Penso q o Rui nunca poderá ser considerado o melhor jogador do Benfica dos anos 90,pois n jogou tempo suficiente pela equipa sénior para poder gozar desse estatuto...Sou um grande admirador do Rui Costa,tanto das suas qualidades futebolisticas como das suas qualidades como pessoa...Ainda acredito q um dia o Rui voltará ao Benfica,seja como membro da equipa técnica seja como dirigente,acho q seria uma politica bastante interessante os jogadores mais emblemáticos virem-se a tornar dirigentes,a classe iria mudar para bem melhor...

Já agora um aparte...Ninguém consegue disponibilizar o video do golo do Rui na Luz pela Fiorentina?Procuro esse videos à muito tempo mesmo  :(

rac

  • Sénior
  • ****
  • Estoril
  • Mensagens: 1259
  • Sócio: 49434
  • 08 de Outubro de 2005, 09:29
O Rui Costa tem um amor ao Benfica que é único! Muito poucos jogadores que por lá passaram, ou mesmo que lá nasceram, têm esse sentimento pelo clube.

No último jogo do SLB em casa fiquei a saber através de um dos meus companheiros de bancada, que ali ao pé de nós, umas filas acima, o Rui Costa comprou 6 titulos fundadores! 6  cadeiras no estádio onde está sempre o pai dele, os filhos qd cá estão e demais familiares! Já lá o tinha visto uma vez, mas nunca pensei que tivesse tantos lugares.

Com certeza é ele que paga as quotas de sócio a toda a familia!

Força Rui! Estarás sempre no nosso coração!

franciscoafonso

  • Eusébio
  • ******
  • Barreiro
  • Mensagens: 48208
  • 08 de Outubro de 2005, 09:54
Andrenet o João Pinto é mau como homem?? Porquê?? Por o terem dispensado e ele ter refeito a sua  vida e reafirmado o grande jogador que sempre foi?? 

Jon Prospar

  • Velha Glória
  • *****
  • Lisboa
  • Mensagens: 4929
  • 09 de Outubro de 2005, 15:09
Alguém tem o vídeo daquele jogo em que ele foi aplaudido quando marcou ao SLB?

andrenet

  • Velha Glória
  • *****
  • benfica1904.pt
  • Mensagens: 4841
  • 09 de Outubro de 2005, 16:29
franciscoafonso
o jpinto decepcionou-me mt, é certo que foi dispensado (e mal), mas um verdadeiro benfiquista nunca iria para o sporting, tinha tantos clubes interessados nele (dp daquele europeu) e até que lhe pagavam mais... agora ir para o sporting

ja não falando das suas atitudes menos proprias dentro do relvado, variadissimas agressões a jogadores e a arbitros... tem mt pouco fair play..

CorDeSang2

  • Velha Glória
  • *****
  • Mensagens: 5405
  • 09 de Outubro de 2005, 17:22
Se calhar muita gente aqui já só associa o JVP ao Sporting, mas eu não. E esse sim foi o melhor jogador do Benfica dos anos 90...

Concordo, foi o melhor português, um génio do futebol que se foi abaixo... o Futre já veio tarde.

Mas o melhor melhor, meus amigos, foi o São Michel.

heroisdomar

  • Eusébio
  • ******
  • MACHO MAN OF THE YEAR 2010 ..HIT BARRY http://www.youtube.com/watch?v=x0I6mhZ5wMw
  • Mensagens: 23915
  • BENFICA ES O AMOR DA MINHA VIDA,
  • 10 de Outubro de 2005, 12:57
NUNCA MAIS ME ESQUECO DO JOGO DO RUI AQUI EM LONDRES CONTRA O ARSENAL, ESTAVA NA KAMONLANDIA A TRES DIAS E FUI LOGO VER O BENFICA DAR 3 BATATAS AOS INGLESES FOI UMA FESTA E UMA GRANDE EXIBICAO DE UM MIUDO DE 17 ANOS!! FUI UM FANTASTICO JOGADOR E ESTARA SEMPRE LIGADO AO NOSSO CLUBE

ES MUITO GRANDE RUI!!!

[email protected]

  • Iniciado
  • *
  • Mensagens: 53
  • 12 de Outubro de 2005, 19:13
A nação BENFIQUISTA está-te grata ...
Muito Obrigado Rui ...

Ser Benfiquista não se explica ... sente-se !!!

As tuas lágrimas naquele jogo ...
depois daquele golo ....
foram reconhecidas na forma como foste aplaudido ...
são poucos os que têm uma histórica idêntica para contar


Mais uma vez Muito Obrigado

diabo84

  • Iniciado
  • *
  • Mensagens: 2
  • 18 de Outubro de 2005, 11:23
Não querendo em nada beliscar ou por em causa o "benfiquismo" de Rui Costa, é com alguma mágoa que perante as movimentações no mercado deste defeso, Rui preferiu assinar um novo contracto com o milan, mesmo sabendo que as hipoteses de jogar seriam muitissimo poucas, ao invés de eventualmente poder terminar a sua carreira em portugal, jogando no BENFICA, assumindo um papel de destaque, sendo o nosso Nº10, e uma mais valia com a sua experiência para a champions. Mas enfim nós mortais adeptos, nunca saberemos todos os porquês!!! vivemos iludidos nos "ses", e as questões ficarão sempre no ar!! Terá sido dinheiro? Falta de vontade por parte do Rui? Falta de vontade da direcção? Política desportiva do clube? etc etc etc
SAUDAÇÕES BENFIQUISTAS

AGUIA FURIOSA

  • Iniciado
  • *
  • Praia da Rocha
  • Mensagens: 1769
  • 22 de Outubro de 2005, 07:32
Não querendo em nada beliscar ou por em causa o "benfiquismo" de Rui Costa, é com alguma mágoa que perante as movimentações no mercado deste defeso, Rui preferiu assinar um novo contracto com o milan, mesmo sabendo que as hipoteses de jogar seriam muitissimo poucas, ao invés de eventualmente poder terminar a sua carreira em portugal, jogando no BENFICA, assumindo um papel de destaque, sendo o nosso Nº10, e uma mais valia com a sua experiência para a champions. Mas enfim nós mortais adeptos, nunca saberemos todos os porquês!!! vivemos iludidos nos "ses", e as questões ficarão sempre no ar!! Terá sido dinheiro? Falta de vontade por parte do Rui? Falta de vontade da direcção? Política desportiva do clube? etc etc etc
SAUDAÇÕES BENFIQUISTAS


Talvez um pouco de tudo se calhar com um ressalva no que se refere á falta de vontade da direcção.

nikas

  • Eusébio
  • ******
  • Lisboa.
  • Mensagens: 18429
  • 22 de Outubro de 2005, 09:04
grande jogador
grande maestro
grande befiquista
grande "senhor"

RUI COSTA 4EVER
o eterno 10

_JoAniKA_

  • Iniciado
  • *
  • Mensagens: 142
  • 31 de Outubro de 2005, 21:13
Tal como alguem ja disse ai a tras, também gostava de ver esse golo do Rui..

se alguem conseguir arranjar.. que disponibilize aki..