223 - Tópico: Troféu dos Campeões em Coimbra  (Lida 6134 vezes)

Manuel Costa

  • Iniciado
  • *
  • Marquês de Pombal em 2005
  • Mensagens: 22440
  • 30 de Setembro de 2005, 23:29
A Ovarense bateu esta noite o Benfica, por 78-62, em jogo referente aos quartos-de-final do Troféu dos Campeões em basquetebol disputado no Pavilhão Multidesportos de Coimbra.


« Última modificação: 01 de Outubro de 2005, 10:46 por Manuel Costa »

Shoky

  • Colaborador
  • ******
  • Mensagens: 191208
  • 01 de Outubro de 2005, 13:51
01/10/2005 11:08 Basquetebol: Benfica 62-78 Ovarense
Maldito 4º período!
O Benfica ficou pelo caminho nos quartos-de-final do IV Torneio dos Campeões. A equipa comandada por Norberto Alves sucumbiu diante da Ovarense, por 62-78. O jogo realizado na noite de sexta-feira, no Pavilhão Multidesportos de Coimbra, e apitado por António Coelho, Fernando Rezende e Pedro Costa, ficou marcado pelo equilíbrio existente entre as duas equipas ao longo de... três períodos.

De facto, foram os últimos 10 minutos da partida que ditaram a derrota do Benfica, já que até então a Ovarense nunca conseguira distanciar-se no marcador. Conduzida pela mestria de Heshimu Evans (80 por cento de lançamentos duplos), Ben Reed (15 pontos), Jarrett Stephens (sete em nove tentativas de dois pontos) e Ike Nwanko (10 ressaltos) a turma de Ovar mostrou ser um “osso difícil de roer”, tendo decidido a contenda num último período onde marcou 21 pontos e sofreu apenas 10.

Kabba certeiro... não bastou
Já o Benfica, com Sheiku Kabba em destaque, ao converter quatro em cinco tentativas de lançamentos triplos, teve ainda em Abdel Boukar e Josh Almanson (oito ressaltos cada) os guardiães das bolas aéreas. Ricardo Powell, com 10 pontos, é que esteve um pouco mais discreto.

Desta forma, o Benfica vai disputar o 5º e 6º lugar com a Oliveirense, que perdeu no primeiro jogo da noite com o FC Porto por 68-81. O reencontro entre as duas equipas ocorrerá no sábado, às 12 horas.

Texto: Ricardo Soares




www.slbenfica.pt

Manuel Costa

  • Iniciado
  • *
  • Marquês de Pombal em 2005
  • Mensagens: 22440
  • 01 de Outubro de 2005, 18:19
Em jogo hoje disputado a Oliveirense assegurou o 5º lugar ao bater o Benfica por 73 a 62.

Shoky

  • Colaborador
  • ******
  • Mensagens: 191208
  • 01 de Outubro de 2005, 18:20
Tamos mal... :'(
A ver vamos se as coisas melhoram daki pa frente... ???

Manuel Costa

  • Iniciado
  • *
  • Marquês de Pombal em 2005
  • Mensagens: 22440
  • 01 de Outubro de 2005, 19:51
Se o Ben Davis vem ajudar a resolver o jogo perto do cesto, quer-me parecer que, exceptuando os bases, Kabba, Tavares e Mota, não temos nenhum extremo que meta triplos, o Carlos Powell é do tipo explosivo, arrancadas imparáveis para o cesto, culminadas com afundanços ou assistências para os postes. É muito importante ter triplistas numa equipa, com eles "mata-se" o jogo a nosso favor ou é possível recuperar grandes desvantagens num ápice.

Preacher

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 17501
  • 01 de Outubro de 2005, 21:34
Aquele Norberto Alves por vezes dá a ideia que é o Jose Peseiro do basket..  :knuppel2:

antonioli

  • Eusébio
  • ******
  • Abrantes
  • Mensagens: 12054
  • Everybody Lies…
  • 01 de Outubro de 2005, 22:15
Aquele Norberto Alves por vezes dá a ideia que é o Jose Peseiro do basket..  :knuppel2:

lol  :2funny:

Polaco

  • Eusébio
  • ******
  • Lisboa
  • Mensagens: 6619
  • Treinador de Futebol das Novas Oportunidades
  • Sócio: 7578
  • 02 de Outubro de 2005, 10:22
Eu acho que se vamos continuar a mudar de equipa todos os anos nunca mais ganhamos nada. Nesta modalidade é extraordinariamente importante a mecanização entre os jogadores.
Se não há dinheiro para todas as modalidades, reduzam o número daquelas que são prioritárias.
E como o basket deve ser a mais cara de todas, mantenham-se a um nível médio até poderem fazer um investimento sustentável.
Já não me agradou ver saír tantos jogadores importantes no Vólei, por falta de dinheiro, mas por outro lado assistir a um lançamento do Andebol.
Corremos o risco de começar a dividir o dinheiro por tantas modalidades que não chega para nenhuma.
Espero que a excelente gestão das Modalidades Amadoras que foi feita nos últimos anos não se venha a degradar ao tentar investir em demasiadas frentes !

Amigo das modalidades

  • Moderator
  • *
  • Mensagens: 18035
  • 02 de Outubro de 2005, 12:21
Eu acho que se vamos continuar a mudar de equipa todos os anos nunca mais ganhamos nada. Nesta modalidade é extraordinariamente importante a mecanização entre os jogadores.
Se não há dinheiro para todas as modalidades, reduzam o número daquelas que são prioritárias.
E como o basket deve ser a mais cara de todas, mantenham-se a um nível médio até poderem fazer um investimento sustentável.
Já não me agradou ver saír tantos jogadores importantes no Vólei, por falta de dinheiro, mas por outro lado assistir a um lançamento do Andebol.
Corremos o risco de começar a dividir o dinheiro por tantas modalidades que não chega para nenhuma.
Espero que a excelente gestão das Modalidades Amadoras que foi feita nos últimos anos não se venha a degradar ao tentar investir em demasiadas frentes !

Bom, as saídas no basket, sobretudo do Pearson e do Bangura, foram devidas a esse equilibrio financeiro. Quanto ao volei, não foi bem por falta de dinheiro, foi mais falta de ética de alguns dos que saíram... o André França pediu o dobro para renovar e quanto ao Renato, arranjámos 2 centrais melhores.

O investimento nas modalidades é sério e rigoroso. Cada modalidade tem um bom orçamento tendo em conta os orçamentos-tipo dos principais concorrentes.

Lembra-te que as modalidades ainda estão num período de "renascimento" depois da razia iniciada pelo Vale e Azevedo e continuada pelo Vilarinho.

Polaco

  • Eusébio
  • ******
  • Lisboa
  • Mensagens: 6619
  • Treinador de Futebol das Novas Oportunidades
  • Sócio: 7578
  • 02 de Outubro de 2005, 14:17
Eu acho que se vamos continuar a mudar de equipa todos os anos nunca mais ganhamos nada. Nesta modalidade é extraordinariamente importante a mecanização entre os jogadores.
Se não há dinheiro para todas as modalidades, reduzam o número daquelas que são prioritárias.
E como o basket deve ser a mais cara de todas, mantenham-se a um nível médio até poderem fazer um investimento sustentável.
Já não me agradou ver saír tantos jogadores importantes no Vólei, por falta de dinheiro, mas por outro lado assistir a um lançamento do Andebol.
Corremos o risco de começar a dividir o dinheiro por tantas modalidades que não chega para nenhuma.
Espero que a excelente gestão das Modalidades Amadoras que foi feita nos últimos anos não se venha a degradar ao tentar investir em demasiadas frentes !

Bom, as saídas no basket, sobretudo do Pearson e do Bangura, foram devidas a esse equilibrio financeiro. Quanto ao volei, não foi bem por falta de dinheiro, foi mais falta de ética de alguns dos que saíram... o André França pediu o dobro para renovar e quanto ao Renato, arranjámos 2 centrais melhores.

O investimento nas modalidades é sério e rigoroso. Cada modalidade tem um bom orçamento tendo em conta os orçamentos-tipo dos principais concorrentes.

Lembra-te que as modalidades ainda estão num período de "renascimento" depois da razia iniciada pelo Vale e Azevedo e continuada pelo Vilarinho.


Desculpa , mas continuo a não entender várias coisas, assumindo que este ano deverá haver ainda mais dinheiro que no ano passado :

1) Porque temos de reduzir o investimento este ano em relação ao ano passado no Basket ? Deduzo que se investiu demais o ano passado, coisa que me deixa admirado

2) Se não há dinheiro que chegue porque se está a relançar o Andebol ?

Quanto ao França,, se não fosse ele o ano passado naqueles momentos em que tudo estava a correr mal...... como não conheço os valores, não sei mas que ele era meia equipa, lá isso era .....

Eu penso que se deve investir o suficiente para ser campeão, como se fez no Vólei e no Futsal, e só se chegar para outras modalidades, então sim avançar !!!!



Amigo das modalidades

  • Moderator
  • *
  • Mensagens: 18035
  • 02 de Outubro de 2005, 19:29
Eu acho que se vamos continuar a mudar de equipa todos os anos nunca mais ganhamos nada. Nesta modalidade é extraordinariamente importante a mecanização entre os jogadores.
Se não há dinheiro para todas as modalidades, reduzam o número daquelas que são prioritárias.
E como o basket deve ser a mais cara de todas, mantenham-se a um nível médio até poderem fazer um investimento sustentável.
Já não me agradou ver saír tantos jogadores importantes no Vólei, por falta de dinheiro, mas por outro lado assistir a um lançamento do Andebol.
Corremos o risco de começar a dividir o dinheiro por tantas modalidades que não chega para nenhuma.
Espero que a excelente gestão das Modalidades Amadoras que foi feita nos últimos anos não se venha a degradar ao tentar investir em demasiadas frentes !

Bom, as saídas no basket, sobretudo do Pearson e do Bangura, foram devidas a esse equilibrio financeiro. Quanto ao volei, não foi bem por falta de dinheiro, foi mais falta de ética de alguns dos que saíram... o André França pediu o dobro para renovar e quanto ao Renato, arranjámos 2 centrais melhores.

O investimento nas modalidades é sério e rigoroso. Cada modalidade tem um bom orçamento tendo em conta os orçamentos-tipo dos principais concorrentes.

Lembra-te que as modalidades ainda estão num período de "renascimento" depois da razia iniciada pelo Vale e Azevedo e continuada pelo Vilarinho.


Desculpa , mas continuo a não entender várias coisas, assumindo que este ano deverá haver ainda mais dinheiro que no ano passado :

1) Porque temos de reduzir o investimento este ano em relação ao ano passado no Basket ? Deduzo que se investiu demais o ano passado, coisa que me deixa admirado

2) Se não há dinheiro que chegue porque se está a relançar o Andebol ?

Quanto ao França,, se não fosse ele o ano passado naqueles momentos em que tudo estava a correr mal...... como não conheço os valores, não sei mas que ele era meia equipa, lá isso era .....

Eu penso que se deve investir o suficiente para ser campeão, como se fez no Vólei e no Futsal, e só se chegar para outras modalidades, então sim avançar !!!!




O basket teve um orçamento excessivo o ano passado, daí a redução.

o Andebol está programado à muito tempo e o orçamento não é assim muito grande.

Não falo em valores pq não os sei, mas o André França era dos mais bem pagos do plantel e pediu O DOBRO. faz as contas!!!!!! para o lugar dele veio o Manuel Silva, que é muito bom, e temos um quarteto de atacantes de luxo: Manuel Silva, Lukianetz, André Lopes e Fiúza. E só costumam jogar 2 de cada vez...

Polaco

  • Eusébio
  • ******
  • Lisboa
  • Mensagens: 6619
  • Treinador de Futebol das Novas Oportunidades
  • Sócio: 7578
  • 02 de Outubro de 2005, 21:32
Oxalá tenhas razão no que dizes, mas se bem me lembro de uns números que distribuiram numa AG, o Andebol está equiparado ás outras.
Eu não tenho nada contra essa modalidade ou outras em particular, mas temo que estejamos a entrar numa certa megalomania.
E relançar por relançar, a modalidade que eu penso que nós devíamos lançar era o Ciclismo porque traz muito mais adeptos e dá muito mais visisbilidade que qualquer das de pavilhão !!!
Mas esperemos que este ano e principalmente para o próximo haja bastante mais dinheiro com o aumento do número de novos sócios que adiram á quota das modalidades assim como da transferência da percentagem que vem das quaotas dos novos sócios.

Manuel Costa

  • Iniciado
  • *
  • Marquês de Pombal em 2005
  • Mensagens: 22440
  • 02 de Outubro de 2005, 22:05
Luis Filipe Vieira ainda há bem pouco tempo disse, que a sua Direcção tinha acabado de pagar as dívidas no valor de centenas de milhares de contos contraídas pela última equipa profissional do clube por Vale Tudo e que venceu a Volta a Portugal, portanto, a última experiência na modalidade não trouxe lucros mas sim prejuízos

Amigo das modalidades

  • Moderator
  • *
  • Mensagens: 18035
  • 02 de Outubro de 2005, 23:22
Oxalá tenhas razão no que dizes, mas se bem me lembro de uns números que distribuiram numa AG, o Andebol está equiparado ás outras.
Eu não tenho nada contra essa modalidade ou outras em particular, mas temo que estejamos a entrar numa certa megalomania.
E relançar por relançar, a modalidade que eu penso que nós devíamos lançar era o Ciclismo porque traz muito mais adeptos e dá muito mais visisbilidade que qualquer das de pavilhão !!!
Mas esperemos que este ano e principalmente para o próximo haja bastante mais dinheiro com o aumento do número de novos sócios que adiram á quota das modalidades assim como da transferência da percentagem que vem das quaotas dos novos sócios.

relança lá o ciclismo, para outro buraco financeiro como foi a última equipa.

Não há megalomanias, as coisas são bem feitas!

Se as pessoas não vão pavilhão, paciência, é pq não querem.

anos60

  • Iniciado
  • *
  • Lisboa
  • Mensagens: 17
  • 03 de Outubro de 2005, 15:06
Eu custa-me ver o basquetebol do Benfica tão mal servido, há mais de 3/4 anos que não conseguimos ter uma equipa competitiva como noutros tempos. Causas julgo que além da direcção técnica a secção está mal servida, Pedro Miguel foi um grande jogador, mas como dirigente não tem dado nenhuma prova de competência.