«Benfica quer mostrar que é forte»

Submetida por pica_foices em Sáb, 09/14/2013 - 00:22
Fonte
sapo
O treinador Costinha disse hoje estar à espera de um Benfica «forte», com ou sem Cardozo, considerando que o Paços de Ferreira tem de estar preparado para o «difícil» encontro da quarta jornada da I Liga de futebol. «O Benfica é uma excelente equipa, que está muito bem orientada e que muitos dizem estar sem confiança, mas jogam com o seu público e quer mostrar que é forte. Para nós, é mais um jogo, entramos em qualquer campo para tentar ganhar o jogo», disse Costinha. Na antevisão ao encontro no estádio da Luz, o técnico pacense reclamou para a sua equipa a capacidade de criar, defendendo a necessidade de os jogadores «serem honestos, trabalharem e serme ambiciosos». «Aquilo que produzimos e que nós temos não encaixa naquilo que se tem traduzido no campeonato», sublinhou Costinha, reconhecendo que tem faltado «concentração», na altura da marcação, do remate, na forma como os seus jogadores vivem o jogo. Apesar da série negativa de resultados, Costinha destacou a aplicação dos seus jogadores e disse ser uma «constatação evidente» os elogios de Jorge Jesus ao Paços de Ferreira, lembrando que, à exceção do jogo com o Sporting de Braga, a equipa tem tido «a infelicidade de não marcar e de sofrer de uma forma anormal». Insistindo nesta ideia, afirmou: «Tenho amigos que dizem que a minha equipa é romântica, porque quer jogar bem. Mas, se a minha equipa jogar bem, fica mais perto de ganhar». Firme nas suas ideias, o técnico da formação nortenha prometeu que o Paços não vai à Luz «aguentar» o resultado, «porque sofre certamente», contando com a motivação extra que é defrontar um clube «grande», desvalorizando o arranque «tremido» do Benfica. «(O Benfica) Tem grandes jogadores, teve quase um plantel fora nos trabalhos da seleção e, por vezes, acontece no início da temporada, ser um pouco mais difícil para as equipas», referiu Costinha, que confirmou a estreia de Bebé e uma equipa apenas focada no jogo da Luz. O técnico do Paços de Ferreira fez questão de lembrar que «uma coisa é o Benfica e outra é a Fiorentina», próximo adversário dos nortenhos na estreia da equipa na fase de grupos da Liga Europa, pedindo «uma aplicação a 200 por cento». «São equipas diferentes, formas de jogar diferentes e não podemos misturar as coisas, porque se o fizermos, vamos estragar os dois jogos», concluiu. O Paços de Ferreira, em zona de despromoção, sem qualquer ponto, defronta o Benfica, sétimo, com quatro, pelas 18:15 de sábado no Estádio da Luz, num encontro com arbitragem de Bruno Paixão, de Setúbal.