Carlos Martins rescindiu o contrato

Submetida por Diaboli em Sex, 09/19/2014 - 13:27
Fonte
Carlos Martins já não é jogador do Benfica, tendo rescindido o vínculo contratual que o ligava às águias até 2015/16 na última terça-feira, ou seja, no dia em que a equipa da Luz recebeu e perdeu com o Zenit, a contar para a primeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões. A SAD liderada por Luís Filipe Vieira acaba de resolver um dossiê que se encontrava pendente há largos meses, dado que o médio português não fazia parte dos planos de Jorge Jesus e estava a treinar-se com o grupo de trabalho do Benfica B. O processo que culminou com a rescisão do contrato de Carlos Martins foi mediado pelo Sindicato dos Jogadores. Após diversas rondas negociais, a situação conheceu finalmente fumo branco esta semana. A partir de agora, Carlos Martins é um futebolista livre, mas só poderá assinar contrato com outro clube a partir de 1 de janeiro, ou seja, por ocasião da reabertura do mercado. A situação é distinta da de Jonas, jogador que se encontrava sem clube e que se vinculou ao Benfica já após o encerramento do último período de transferências. O avançado brasileiro pôde fazê-lo porque já se encontrava desvinculado antes do fecho do mercado, ao contrário do que sucede agora com Carlos Martins. Como à data do encerramento do período de transferências ainda pertencia aos quadros do Benfica, o internacional português terá de aguardar pela abertura da próxima janela. Tem mercado O médio-centro vai procurar, no entanto, solucionar a questão do futuro profissional o mais rapidamente possível. Aos 32 anos, Carlos Martins tem algum mercado, tanto em Portugal como no estrangeiro (há equipas dos Estados Unidos que chegaram a sondar a SAD da Luz no defeso). A nível pessoal, Carlos Martins vive um momento um pouco atribulado, pois viu anteontem a sua casa vandalizada. Uma série de palavras ofensivas foram escritas nos muros da sua moradia, localizada em Birre, no concelho de Cascais. “Sai” – foi uma das palavras grafitadas. NÚMEROS 2. O vínculo com o Benfica era válido por mais duas épocas, ou seja, até 2015/16. Martins fora contratado a 1 de julho de 2008 (cinco anos) e renovara o contrato a 3 de agosto de 2012 20. Milhões de euros era a cláusula de rescisão inscrita no contrato do internacional português, contratado ao Recreativo em 2008/09, por 3 milhões 6. Foi neste dia do mês de maio de 2013 que efetuou o último jogo ao serviço da equipa principal do Benfica.A águia empatou (1-1) com o Estoril, ficando à mercê do FC Porto, que se sagraria campeão. O médio foi expulso aos 78 minutos
About player