Country
Hungria

Lajos Baroti

Nome completo
Lajos Baroti
Data de nascimento
1914-08-19
Data de morte
2005-12-23
Periodo no Benfica

1980 - 1982

Primeiro jogo

Altay 0 x 0 SL Benfica

Quarta, Agosto 20, 1980 - 00:00

SL Benfica: Bento, Veloso (Shéu [45m]), António Bastos Lopes, Laranjeira, Humberto Coelho, Pietra, Carlos Manuel, Chalana, João Alves, Nené, César (Vital [67m])
Coach: Lajos Baroti

Último jogo

SL Benfica 2 x 0 Boavista

Domingo, Maio 23, 1982 - 00:00

Estádio da Luz ,

SL Benfica: Bento, Veloso, Humberto Coelho, António Bastos Lopes, Frederico, Shéu, José Luís, Chalana (Reinaldo [45m]) (Reinaldo [45m]), Carlos Manuel (Filipovic [59m]) (Filipovic [59m]), Jorge Gomes, Nené
Coach: Lajos Baroti
Golos: Jorge Gomes (3), Nené (28)

Títulos

Notícias relacionadas

Nenhum item encontrado

38301 - Tópico: Lajos Baroti  (Lida 6353 vezes)

Slb-Ag

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 37716
  • 13 de Dezembro de 2009, 20:28



Nome Completo: LAJOS BAROTI
Nacionalidade: Húngaro
Data de Nascimento: 19-08-1914
Data de Falecimento: 23-12-2005
Cargo: Treinador

Épocas ao serviço do Benfica: 2
Total de Jogos pelo Benfica: 91
Total de Vitórias pelo Benfica: 63
Títulos pelo Benfica:
1 Campeonato Nacional (1980/81)
1 Taça de Portugal (1980/81)

1 Supertaça de Portugal (1980/81)

1980/1981
Jogos: 49
Vitórias: 35 (22 na Liga)


1981/1982
Jogos: 42
Vitórias: 28 (20 na Liga)
« Última modificação: 01 de Março de 2013, 23:13 por Shoky »

Menino do Côro

  • Iniciado
  • *
  • Mensagens: 10403
  • Citius, Altius, Fortius
  • 14 de Dezembro de 2009, 03:03
Campeão pelo Benfica. Logo no ano em que nasci.

 :slb2:

raf0man

  • Júnior
  • ***
  • Viseu/Coimbra
  • Mensagens: 659
  • Carrega Benfica
  • 14 de Dezembro de 2009, 03:11
ai esta um senhor que não vi treinar, mas o meu pai diz-me maravilhas sobre ele...

_Benfiquista_

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 33797
  • 14 de Dezembro de 2009, 03:13
 :pray: :bow2: :slb2: :flagglorioso: :bandeiraslb2:

Bola7

  • Eusébio
  • ******
  • San Sebastian
  • Mensagens: 122158
  • Perdido no limbo do serbenf
  • 16 de Dezembro de 2009, 11:44
seleccionador da Hungria em...1966...eheheh...já veio velhote mas pôs a equipa a jogar mt bem...excelente epoca...com dobradinha e meias na taça das taças....ingloriamente perdidas com o Carl Zeiss yena...um futebol mt bonito na velha tradição magiar...grande eleiminatória com o Dusseldorf dos irmão Allofs...na epoca sguinte perdeu um ppouco a mão nos jogadores...as lesões tb nada ajudaram...depois apareceu um estranho scp de Allison...mesmo asim perdemos a o campeonato por pouco...foi nessa altura que Fernando martins disse a Toni para deixar de jogar ae passar a adjunto...facto que deu bons resultado e então a seguir...

lcferreira

  • Iniciado
  • *
  • Lisboa
  • Mensagens: 2146
  • Benfica - Inflamavel, reagente e explosivo
  • Sócio: 6184
  • 16 de Dezembro de 2009, 19:40
Pois é meus amigos, ainda me lembro bem de como o Benfica jogava à bola com este Sr, aquilo não era futebol, era uma orquestra do melhor que já vi, com Baroti o Benfica fez golos em jogadas de 8 a 9 toques e tudo jogado ao 1º toque, era um futebol espectacular, o problema era mesmo o sector defensivo que com Baroti sempre achei algo permeável apesar das grandes vedetas que a compunham.

Ele não perdeu um pouco a mão nos jogadores, perdeu por completo porque Baroti era um coração de manteiga.


Shoky

  • Colaborador
  • ******
  • Mensagens: 188530
  • 25 de Fevereiro de 2011, 23:44



Nome Completo: LAJOS BAROTI
Nacionalidade: Húngaro
Data de Nascimento: 19-08-1914
Cargo: Treinador

Épocas completas no Benfica: 2
Total de Jogos pelo Benfica: 91
Total de Vitórias pelo Benfica: 63
Títulos pelo Benfica:
1 Campeonato Nacional (1980/1981)
1 Taça de Portugal (1980/1981)

1 Supertaça de Portugal (1980/1981)

1980/1981
Jogos: 49
Vitórias: 35 (22 na Liga)


1981/1982
Jogos: 42
Vitórias: 28 (20 na Liga)


O único treinador em Portugal a vencer Campeonato, Taça e Supertaça na mesma época.
O Benfica é até agora a única equipa a ter conseguido vencer as 3 provas na mesma época desportiva. Em 2003/2004 impedimos que o Porto conseguisse esse feito ao vencer a Taça de Portugal, por exemplo.
Na Europa chegou às meias finais da Taça das Taças, eliminado pelo Carl Zeiss Jena (borrego alemão)

Em 1981/1982 foi uma desilusão e começou logo com a derrota na Supertaça. 2-0 na primeira mão...1-4 nas Antas, quando aos 58 minutos tinhamos empatado a 1. Sofremos 3 golos num quarto de hora.
Para a Taça, fomos eliminar o Porto nos quartos de final, nas Antas. 1-0, Nené após prolongamento. Apenas para sermos eliminados nas meias pelo Braga, 2-1.
No Campeonato ficamos em 2º a apenas 2 pontos do Sporting.

Foi uma época de quase.
Saiu para dar lugar a Sven Goran Eriksson, mas deixou a sua marca.

Slb-Ag

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 37716
  • 26 de Fevereiro de 2011, 00:08
Creio que na segunda época houve problemas de balneário devido à sua excessiva bonomia, por isso o falhanço.

Shoky

  • Colaborador
  • ******
  • Mensagens: 188530
  • 26 de Fevereiro de 2011, 00:12
Mesmo assim...quase que ganhavamos tudo outra vez.

piratas15

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 9199
  • 26 de Fevereiro de 2011, 00:41
lembro-me da estreia de filipovic e tambem o jogo de apresentaçao do benfica em 80-81 que marcamos um golo com TRES toques! bento-alves-néné ,foi o delirio para um puto como eu!

piratas15

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 9199
  • 26 de Fevereiro de 2011, 00:47
seleccionador da Hungria em...1966...eheheh...já veio velhote mas pôs a equipa a jogar mt bem...excelente epoca...com dobradinha e meias na taça das taças....ingloriamente perdidas com o Carl Zeiss yena...um futebol mt bonito na velha tradição magiar...grande eleiminatória com o Dusseldorf dos irmão Allofs...na epoca sguinte perdeu um ppouco a mão nos jogadores...as lesões tb nada ajudaram...depois apareceu um estranho scp de Allison...mesmo asim perdemos a o campeonato por pouco...foi nessa altura que Fernando martins disse a Toni para deixar de jogar ae passar a adjunto...facto que deu bons resultado e então a seguir...
contra o carl-zeis na 2: mao o sacana do REINALDO falhou só a conta dele praí umas 14 ou 15 golos! ficou zero -a zero  ou ganhamos 1-0 ,nao  me recordo, penso que o arbitro anulou-nos um golo penso que do chalana!

Mishkin

  • Sénior
  • ****
  • Mensagens: 2181
  • 26 de Fevereiro de 2011, 11:44
A beber conhecimento com este tópico. Sempre a aprender.  :bow2:

ednilson

  • Eusébio
  • ******
  • Luis Filipe Vieira e os 83%
  • Mensagens: 39028
  • 15 de Março de 2011, 15:42
Lajos Baroti. Szeged, Hungria. 19 de Agosto de 1914.
Épocas no Benfica: 2 (80/82). Jogos: 93, 63 vitórias, 17 empates e 13 derrotas. Títulos: 1 (Campeonato Nacional), 1 (Taça de Portugal) e 1 (Supertaça).
Outros Clubes: Gyor (Hungria), Postas (Hungria), Ujpest Dosza (Hungria), Vasas Budapeste (Hungria), SSW Innsbruck (Hungria). Seleccionador Nacional da Hungria e Peru.


 
À procura de inovação, o Benfica recebeu mais um ilustre visitante da credenciada escola húngara. Membro do Conselho Técnico da UEFA e com carreira feita na selecção húngara (participou nos mundiais de 58, 62, 66 e 78) e em clubes de sucesso como o Ujpest Dosza e o Vasas Budapeste, Lajos Baroti aventurou-se em Portugal, sucedendo a Mário Wilson. Baroti levou os magiares à conquista da medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Roma em 1960 e no Europeu de futebol de 1964, disputado em Espanha.

Com 66 anos, aterrou em Lisboa para ser o treinador mais bem sucedido de sempre no Benfica, numa só época. Aconteceu logo na estreia em 80/81, quando venceu as três provas nacionais: campeonato (dois pontos de avanço sobre o FC Porto e 13 sobre o Sporting), Taça (3-1 ao FC Porto) e Supertaça (2-2 e 2-1 ao Sporting). Na Taça das Taças, ficou-se pelas meias-finais, aos pés do Carl Zeiss Jena.

Na época seguinte, as coisas já não correram tão bem, com o segundo lugar no campeonato, atrás do Sporting, e as eliminações prematuras na Taça de Portugal (Braga nas meias-finais) e na Taça dos Campeões (Bayern Munique na segunda eliminatória).

Cansado, desmotivado e sem o apoio da Direcção, optou pela saída, regressando à base. Aqui fica o registo de Nené sobre Baroti: “Era um verdadeiro ‘gentleman’. Dava gosto falar e ser treinado por ele. Nas palestras, antes das partidas, dizia sempre a mesma frase: ‘Eu ter muito medo deste jogo’”

Lajos Baroti faleceu em 2005, com 91 anos, tendo o presidente da Federação húngara, na altura, a seguinte expressão: "o melhor treinador da nossa história". Como jogador, foi também internacional, mas para o presidente da federação o que o tornava verdadeiramente especial era "o seu amor pelo jogo".

Lajos Baroti fez o primeiro jogo como treinador do Benfica a 24 de Agosto de 1980, numa vitória com o Boavista (1-0), no Bessa, tendo disputado o último jogo, a 23 de Maio de 1982, numa vitória frente ao Boavista (2-0), na Luz.

franciscoafonso

  • Eusébio
  • ******
  • Barreiro
  • Mensagens: 48022
  • 15 de Março de 2011, 15:52
"Eu ter muito medo deste jogo" ;D

Tenho pena de nunca ter apanhado este tipo de treinadores no Glorioso.

fudim flan

  • Sénior
  • ****
  • tripoli
  • Mensagens: 2529
  • kadafi das cameras de ar
  • 16 de Março de 2011, 12:29
grande treinador,alguns jogadores foram maus profissionais.mesmo assim vejam o que ganhou em tao pouco tempo.