Avançado, 47 anos
Brasil
Stats: 1 época, 13 jogos (1165 minutos), 6 golos

30127 - Tópico: Valdir  (Lida 15262 vezes)

Marafado

  • Iniciado
  • *
  • A liberdade de cada um termina onde começa a liberdade do próximo!
  • Mensagens: 24511
  • AKA LOUCO POR TI
  • 11 de Julho de 2012, 12:32
Era goleador.

Mas não tinha vida para o futebol europeu.

slbenfica_croft

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 67301
  • 11 de Julho de 2012, 13:23
não gostava dele nem um bocadinho.

aliás por esta altura já eu estava numa valente depressão que durou mais de uma década.

Juvelacio

  • Sénior
  • ****
  • Mensagens: 1720
  • "Todos por um!", eis a divisa
  • 12 de Julho de 2012, 01:02
O Valdir jogava de bigode?...



Mítico.

Continuo a defender que os jogadores do Benfca deviam jogar todos de bigode.

Bento, Humberto Coelho, Veloso, Pietra, Álvaro, Carlos Manuel, João Alves, Chalana...

Aquando da apresentação da camisola SL Bigodes referiram que ele foi o último jogador do Benfica a jogar de bigode.

Shoky

  • Colaborador
  • ******
  • Mensagens: 193661
  • 15 de Julho de 2013, 14:47
Benfica 2-0 Porto | Taça de Portugal 1996/97 - Meia Final



sardao

  • Eusébio
  • ******
  • Para sempre Benfiquense
  • Mensagens: 58173
  • Moderador à paisana
  • 20 de Janeiro de 2015, 00:41
era excelente jogador, muito rapido, remate facil, nao era mau de cabeça

fez excelente meia época e depois o damasio e o manuel jose nao quiseram dar 500 mil contos para o comprar ao sao paulo

preferiram pagar uns 800mil contos pelo Paulo Nunes...

O Valdir era realmente um jogador competente, mas tinha o mesmo defeito que aponto ao Cardozo... era lento, lento, lento...

 ;D

JackWhite

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 7929
  • 20 de Janeiro de 2015, 00:42
Entre 2008 e 2011 perdeu muita velocidade.

Solid

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 15352
  • 06 de Janeiro de 2016, 17:47
1996/1997 > Campeonato Nacional > SL Benfica 1 X 0 Sporting CP


Holmesreis

  • Eusébio
  • ******
  • Braga
  • Mensagens: 15366
  • Um simples benfiquista lutando contra a corrupção!
  • 02 de Abril de 2016, 15:43
Ainda hoje falei neste Valdir porque numa tertúlia de amigos, ao almoço, cada um relembrou os cepos que passaram pelos seus respetivos clubes. E eu fui obrigado a repreender um chavalo de 23 anos, benfiquista, que se atreveu a colocar Valdir na categoria dos cepos.

A nossa equipa de 1996-97 não era tão má quanto se vai apregoando na blogosfera. Tinha sim um plantel desequilibrado com uma dezena de bons e muitos bons jogadores (Preud'Homme, Bermudez, Hélder, Dimas, Amaral, Valdo, Edgar, Glenn Helder, Donizete, João Pinto e este Valdir). O problema é que as segundas linhas eram extremamente más, confrangedoras mesmo e esse foi um ano similar a este com muitos problemas físicos, visto que o Paulo Autuori fazia treinos de competição e obrigando os jogadores a usar caneleiras. E quando um dos titulares se lesionava, o brasileiro tinha que recorrer a um Akwá, a um Paulão, a um Iliev, a um Mauro Airez, etc,etc, jogadores sem a mínima qualidade para envergar a nossa camisola.

E no mercado de janeiro veio este Valdir que tinha uma forte presença na área, era um exímio cabeceador, mal servido pois os nossos flanqueadores eram horríveis. Quantas e quantas vezes era o JVP quem tinha de ir buscar a bola ao grande círculo e ir penetrando pelo campo fora porque o magnífico Manuel Damásio decidiu que não havia dinheiro para contratar extremos.

A prova de que Valdir não era cepo, foi dada nos anos seguintes a ter abandonado o Benfica em que foi duas vezes vice-melhor marcador no Brasileirão, em 1997 e 1998. Ainda hoje é um ídolo na torcida do Atlético Mineiro.

Se Poborsky tivesse vindo mais cedo e se o Damásio não tivesse dado ouvidos ao Manuel José que achava Valdir demasiado caro para o retorno que apresentava, estaríamos a falar de um jogador que poderia ter chegado à meia centena de golos nas duas épocas seguintes. A lógica do Manel Zé era a de investir no Nuno Gomes e resultou, mas o Valdir era um jogador de características muito diferentes e não foi à toa que, aquando da chegada do Souness, este solicitou um ponta de lança com um perfil diferente do do Nuno. E aí veio Brian Deane. 

Pancho Lopes 67

  • Sénior
  • ****
  • Mensagens: 1154
  • 20 de Fevereiro de 2019, 13:38
Ainda hoje falei neste Valdir porque numa tertúlia de amigos, ao almoço, cada um relembrou os cepos que passaram pelos seus respetivos clubes. E eu fui obrigado a repreender um chavalo de 23 anos, benfiquista, que se atreveu a colocar Valdir na categoria dos cepos.

Também tenho de fazer isso muitas vezes com imbecis que falam de supostos "flops" que nem viram jogar, o Valdir é um dos que defendo. Também tem-se mania de meter os britânicos na era Souness todos no mesmo saco, e aí obrigam-me sempre a defender a qualidade do Brian Deane e o Scott Minto. Bruno Caires é outro que também não percebo quando o chamam de flop, para mim era dos melhores na sua pequena passagem na equipa sénior. Glenn Helder ainda chegou a mostrar qualidade mas depois lesionou-se e tem aí muita gente a chama-lo de flop, quando na verdade era alguém que podia ter acrescentado muito a equipa.
« Última modificação: 20 de Fevereiro de 2019, 14:47 por Pancho Lopes 67 »