Country
Portugal

João Pinto

Nome completo
João Manuel Vieira Pinto
Número
8
Peso
69
Altura
174
Naturalidade
Bairro Falcão (Porto)
Data de nascimento
1971-08-19
Periodo no Benfica

1992 - 2000

Primeiro jogo

Tirsense 1 x 2 SL Benfica

Domingo, Agosto 30, 1992 - 01:00

Estádio Abel Aves de Figueiredo, em Santo Tirso ,

SL Benfica: Neno, José Carlos, Hélder, William, Fernando Mendes, Schwarz, Vitor Paneira, Veloso (Kulkov [45m]), Isaías, Rui Águas, João Pinto (Pacheco [70m])
Coach: Tomislav Ivic
Golos: William (22), João Pinto (47)

Último jogo

Sporting CP 0 x 1 SL Benfica

Sábado, Maio 6, 2000 - 20:00

Estádio José Alvalade, em Lisboa , RTP1

Sporting CP: Schmeichel, Saber, Beto, André Cruz, Rui Jorge, Vidigal, Duscher, Pedro Barbosa, De Franceschi, Ayew, Acosta
Coach: Augusto Inácio
SL Benfica: Robert Enke, Andrade, Ronaldo, Sérgio Nunes, Rojas, Calado, Uribe (Chano [77m]), Kandaurov, Poborsky, João Pinto (Sabry [50m]), Nuno Gomes (João Tomás [85m])
Coach: Jupp Heynckes
Golos: Sabry (89)

12575 - Tópico: João Vieira Pinto, o Menino de Ouro  (Lida 432472 vezes)

nandao

  • Eusébio
  • ******
  • E Pluribus Unum
  • Mensagens: 6165
  • Desde 2002 no fórum Serbenfiquista
  • 07 de Novembro de 2006, 10:44

 
Nome Completo: JOÃO Manuel Vieira PINTO
Posição: Avançado Centro
Nacionalidade: Português (Internacional A)
Data de Nascimento: 19-08-1971
Número da Camisola: 8
Pé Preferido: Direito



Épocas ao serviço do Benfica: 8
Total de Jogos pelo Benfica: 302
Total de Golos pelo Benfica: 90
Títulos pelo Benfica:
1 Campeonato Nacional (1993/94)
2 Taças de Portugal (1992/93, 1995/96)


1992/1993
Jogos: 32
Golos: 9 (7 na Liga)

1993/1994
Jogos: 46
Golos: 18 (15 na Liga)

1994/1995
Jogos: 39
Golos: 7 (4 na Liga)

1995/1996
Jogos: 42
Golos: 23 (18 na Liga)

1996/1997
Jogos: 42
Golos: 16 (7 na Liga)

1997/1998
Jogos: 30
Golos: 7 (6 na Liga)

1998/1999
Jogos: 36
Golos: 7 (4 na Liga)

1999/2000
Jogos: 35
Golos: 3 (3 na Liga)
« Última modificação: 01 de Março de 2013, 15:22 por Shoky »

red_label

  • Eusébio
  • ******
  • "São coisas da natureza a pequena folha e a flor que vão crescer e ser mundo" Sócios - 46755 e 92685
  • Mensagens: 27170
  • 07 de Novembro de 2006, 10:45
João Manuel Vieira Pinto. Porto. 19 de Agosto de 1971. Médio.
Épocas no Benfica: 8 (92/00). Jogos: 301. Golos: 90. Títulos: 1 (Campeonato Nacional) e 2 (Taça de Portugal).
Outros clubes: Boavista, Atlético Madrileño, Sporting e Sporting de Braga. Internacionalizações: 81.



A precocidade sempre caracterizou João Pinto. Fez-se cedo homem, cedo foi pai, também cedo campeão de futebol, cedo ainda ícone do Benfica. Tudo tão cedo, tão cedo, que cedo abandonou o Benfica, apesar das oito épocas ininterruptas que fez, cinco das quais como capitão. E talvez mais cedo do que possa vaticinar-se, porque nele tudo acontece cedo, venha a ser reabilitado no gigantesco universo benfiquista. Não será tarde, mas muito menos cedo ainda.

No Bairro do Falcão, na cidade do Porto, começou a subir-lhe a temperatura da bola, do jogo. “Só imaginava uma coisa na vida: ser jogador de futebol. Se não o fosse seria, certamente, um frustrado. Era um puto reguila, vivia num bairro de gente pobre, jogava futebol, fazia algumas patifarias. As maiores? Sei lá, roubar fruta nos pomares vizinhos, subindo árvores, desafiando o perigo. E, vivendo num bairro camarário, apesar de não ser de barracas ou de casas degradadas, percebi muito cedo como a pobreza dói. Mas, nunca me faltou uma bola de futebol e com uma bola de futebol eu sentia-me a criança mais feliz do Mundo”. Aos oito anos, apresentou-se nas Antas com a esperança de aprender, na escola de Oliveira e Gomes, o mesmo que Chalana ou mais tarde Futre, o quarteto nacional que sempre o deixou atónito. “Alguém olhou para mim com desconfiança, dizendo, quase em jeito de gozo, que voltasse mais tarde”. Jamais o fez.

Ainda que entuchado, prosseguiu viagem. Optou pelo Águias da Areosa e um belo dia fez, em Pedrouços, três golos ao FC Porto, que a sede de vingança, essa, torturava-o. Aproximou-se o Boavista, com passe social e dinheiro para os estudos. Respondeu afirmativamente. Dois dias depois, à investida portista, o não foi rotundo.

Na frutuosa oficina do Bessa, João Pinto amadureceu. Dele não prescindia a Selecção Nacional, qualquer que fosse o escalão etário. À fama chegou ao sagrar-se campeão do Mundo em Riade, na Arábia Saudita. Também cedo, como tudo o resto, tinha apenas 18 anos, partiu para Madrid, com a fixação de jogar ao lado de Paulo Futre, no clube do polémico Jesus Gil e Gil. Acabou por ir parar ao Atlético Madrileño, para pouco depois ser devolvido à procedência. No Boavista só ficou uma temporada, mas a tempo de ainda bater o FC Porto, em 91/92, na final da Taça de Portugal. E de bisar no Campeonato do Mundo de juniores, feito único no panorama do futebol internacional.



Por 500 mil contos, Jorge de Brito convenceu Valentim Loureiro a desfazer-se da jóia da coroa axadrezada. Já no Benfica, conquistou de pronto mais uma Taça, uma vez que o Nacional se escapou num dos derradeiros suspiros. Com o ídolo Paulo Futre ao seu lado. Mais Veloso, Mozer, Vítor Paneira. Mais dois jovens em franca ascensão, Paulo Sousa e Rui Costa.

No inicio do Verão de 93, uma onda de autoflagelo abateu-se sobre a Luz. Antes não passasse de uma rábula, mas a coisa foi mesmo séria. Sem ver a cor do papel, Pacheco e Sousa rescindiram os contratos e passaram-se para o eterno rival. João Pinto também denunciou o contrato e comprometeu-se com o Sporting. Em Torremolinos, ande se encontrava de férias, foi resgatado por um convincente Jorge de Brito. Regressou. Na Sala de Imprensa do parque de jogos benfiquista teve uma recepção apoteótica… como se novel recruta fosse. “Burlão”, chamar-lhe-ia Sousa Cintra.



Porque não há duas sem três, ele que já antes de ingressar no Benfica tão próximo esteve do Sporting, desfeita maior haveria de fazer no Maio seguinte. Com Carlos Queiroz no comando, Alvalade ardia na esperança de pôr termo a longo jejum no Campeonato. Ao Benfica só a vitória interessava, sinónimo era da conquista do titulo. Começaram melhor os donos da casa, 1-0 e 2-1 (já golo do João) foram vantagens registadas. Sublime, arrancou para a mais fulgurante de quantas exibições fez. Antes do intervalo, já era de júbilo o ambiente nas hostes rubras. Mais dois golos marcou, invertendo os números do placar. Triságio fez. O Benfica bateu o Sporting, por 6-3. Era, finalmente, campeão nacional.

O génio de João Pinto, continuou a deslumbrar. Diziam os críticos, não poucas vezes, que às costas carregava a equipa. Até que um dia, num daqueles absurdos que a negro pintam a História, do Benfica receberia guia de marcha. O Menino de Ouro. Cedo, muito cedo, demasiado cedo.


Tópico: Memorial Benfica, Glórias
Autor: Ednilson
Link: http://serbenfiquista.com/forum/index.php?topic=22362.90
« Última modificação: 20 de Abril de 2013, 18:38 por Shoky »

Hugors

  • Iniciado
  • *
  • Lisboa
  • Mensagens: 398
  • 07 de Novembro de 2006, 10:46
por mim o JVP nunca será assobiado e será sempre lembrado como um grande jogador e grande capitão do Sport Lisboa e Benfica.

moderador

  • Administrator
  • *
  • Mensagens: 1042
  • 07 de Novembro de 2006, 10:47
o jvp ja disse por diversas vezes que o seu clube do coração é o boavista, da minha parte, só merece desprezo.

CelsoMedeiros

  • Eusébio
  • ******
  • 7 esmolas ao POBRE bola
  • Mensagens: 6171
  • 07 de Novembro de 2006, 10:48
O jogo nao e em Braga? 8) qto ao J.Pinto nunca o vou assobiar...foi com ele que vive mtos bons momentos do Benfica.... :angel:

nandao

  • Eusébio
  • ******
  • E Pluribus Unum
  • Mensagens: 6165
  • Desde 2002 no fórum Serbenfiquista
  • 07 de Novembro de 2006, 10:49
O Benfica vai ter 4 jogos seguidos em casa, como fez um só terá mais 3.
Se é do Boavista, tudo bem, pois foi o clube que o formou, é normal que sinta grande admiração, não me digam que ele não é Benfiquista...
Foi, tenho a certeza que sim, mas depois do que lhe fizeram... é natural que ele agora não o assuma.

SirRik

  • Eusébio
  • ******
  • I don't drink water because fish fuck there... I only drink beer!!!
  • Mensagens: 13473
  • 07 de Novembro de 2006, 10:49
O JVP já era, deixem o Homem em paz e agradecam o que ele deu ao Benfica.

Nuno Lino

  • Eusébio
  • ******
  • Mem Martins
  • Mensagens: 10346
  • 07 de Novembro de 2006, 10:54
esse de benfiquista nao tem muito....

nandao

  • Eusébio
  • ******
  • E Pluribus Unum
  • Mensagens: 6165
  • Desde 2002 no fórum Serbenfiquista
  • 07 de Novembro de 2006, 10:56
"nfsl" já ca faltavas tu com a tua voz contra :)
Porque dizes que ele de Benfiquista nao tem nada? Só porque o BENFICA o deixou ir a custo zero embora e ter assinado pelo Sportng? Até podia ter ido para o FCPorto.
Agradeçam mas é o que ele fez pelo nosso clube, é só isso que estava a pedir aos adeptos, que mostrassem a estima que têm por ele, pois deu-nos muitas alegrias.

Royal_Flush

  • Eusébio
  • ******
  • Mensagens: 16502
  • Dos fracos não reza a História.
  • 07 de Novembro de 2006, 10:59
Assobiar o JVP??? PQ???

Porra este homem foi o nosso menino d'ouro durante anos, e saiu pq foi mandado embora, desde que saiu nunca nos desrespeitou...finix...de mim só merece palmas.

ngomes_slb

  • Júnior
  • ***
  • "Quando estou a jogar, estou a respirar pelos pulmões de todos os adeptos" DL 23
  • Mensagens: 587
  • Força Benfica
  • 07 de Novembro de 2006, 11:01
Assobiar o JVP??? PQ???

Porra este homem foi o nosso menino d'ouro durante anos, e saiu pq foi mandado embora, desde que saiu nunca nos desrespeitou...finix...de mim só merece palmas.

nem mais :o
o vale e azevedo devia ter sido logo irradido do futebol depois disso :police: :knuppel2: :knuppel2:

Zalo

  • Iniciado
  • *
  • Quarteira - Algarve
  • Mensagens: 430
  • "Temos Equipa"
  • 07 de Novembro de 2006, 11:02
Se pensares em assobiar na luz,tens de assobiar alto pra se ouvir bem em braga!!!

ednilson

  • Eusébio
  • ******
  • Luis Filipe Vieira e os 83%
  • Mensagens: 39030
  • 07 de Novembro de 2006, 11:03
Foi simplesmente o meu idolo de infância!!!

Até me dói o coração quando vejo benfiquistas a assobiarem-no quando se desloca ao Estádio da Luz.

ngomes_slb

  • Júnior
  • ***
  • "Quando estou a jogar, estou a respirar pelos pulmões de todos os adeptos" DL 23
  • Mensagens: 587
  • Força Benfica
  • 07 de Novembro de 2006, 11:03
Se pensares em assobiar na luz,tens de assobiar alto pra se ouvir bem em braga!!!

 ;D ;D ;D ;D

VALEBEM

  • Eusébio
  • ******
  • Charneca de Caparica
  • Mensagens: 70542
  • 07 de Novembro de 2006, 11:03
 Fez pior ao Benfica, minando muitas vezes o balneário (Donizete, Paulo Nunes), enquanto representava o nosso clube, do que depois de ter saído...
 Sempre achei que aquela era a altura certa para ele sair do Benfica, mas nunca oferecido... Mas aí aqueles sócios que não o deixaram ir para o Deportivo da Corunha tiveram alguma culpa...