Suécia

Eriksson

Nome completo
Sven-Göran Eriksson
Naturalidade
Torsby
Data de nascimento
1948-02-05
Periodo no Benfica

1982 - 1992

Chegou ao Benfica pela mão de Fernando Martins, decorria o ano de 1982. Na altura, o jovem Eriksson já tinha conquistado a Taça UEFA ao serviço do IFK de Gottemburgo. À chegada à Luz, começaria por dar um aviso à navegação: “Os jogadores do Benfica terão de trabalhar duramente”. A verdade é que, na época de 1982/83, o clube da Luz sagrou-se Campeão Nacional, venceu a Taça de Portugal e chegou à final da Taça UEFA. A turma de Eriksson deixaria, no campeonato, o F.C. Porto a quatro pontos e o Sporting a nove, perdendo apenas um jogo em 30 realizados. Eriksson treinou o Benfica ainda em 1983/84, assegurando mais um título, mas de imediato rumou para Itália, onde o calcio falou mais alto ao coração do jovem treinador nórdico. Eriksson regressaria seis anos mais tarde ao Benfica, desta feita pela mão de João Santos. Na altura, Eriksson teve então como adjunto o seu grande amigo, Toni. A equipa da Luz voltaria então a ser campeã nacional, em 1990/91. Mas muitos outros factores marcaram a carreira de Eriksson no Benfica, que recentemente voltou a ser apontando como um possível sucessor de Jesualdo Ferreira. Os adeptos benfiquistas sentem por ele um grande carinho.

Primeiro jogo

SL Benfica 3 - 0 Amora

Sex, 23 Julho, 1982

SL Benfica: Delgado, Pietra, Humberto Coelho, António Bastos Lopes, Veloso, José Luís, Carlos Manuel, Shéu, João Alves, Nené, Filipovic
Treinador: Eriksson
Golos: João Alves (), João Alves (), Nené ()

Último jogo

Blackhawks 0 - 2 SL Benfica

Qua, 27 Maio, 1992

Spartan Stadium ,

SL Benfica: Silvino, José Carlos, Valido (Paulinho [64m]), Rui Bento (Mauricio [64m]), Veloso, Abel Silva (João Pires [77m]), Mário Jorge, Paiva, Paulo Sousa, Sanchéz, Isaías
Treinador: Eriksson
Golos: Mário Jorge (10), Paiva (80)